Different perceptions of safety culture from leadership to operation: a case in the logistics and storage area of a company in Paraná, Brazil / Diferentes Percepções da Cultura da Segurança do Trabalho da Liderança à Operação: estudo de caso na área de logística e armazenagem de uma empresa de economia mista no Paraná, Brasil

Fernanda Ostan, Cezar Augusto Romano, Rodrigo Eduardo Catai

Abstract


This present article is on the importance of safety culture as a factor which must be part of  the company's daily routine, from leadership to the operation, indeed a value that must be understood, respected and followed by everyone. For this, was analyzed the Logistics and Storage's area of a mixed capital company of Paraná into an environmental sanitation's branch. The main objective was to diagnose the perception of the safety culture of employees, managers, SESMT and the company itself. The methodology was based on field researches conducted through interviews applied to the employees. During the preparing of the questionnaire and interpretation of results was given emphasis on the dynamic and interactive relationship between environmental, personal and behavioral factors proposed by Geller (1994). The results indicated that there are differences in perception of safety culture among interviewees and the confrontation between the responses leads to conclude that the company is not efficient in promoting this culture. The culture of safety must be situated in the same level as the other items of company's business.


Keywords


Safety work. Safety culture. Organizational culture. Perception of safety culture. Open space. World coffee.

References


BARREIROS, D. et al. A cultura de segurança deve nascer nas altas gerências. Revista Proteção, edição 215, Novo Hamburgo, 2009. Disponível em: http://www.protecao.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=Any4 Acesso em: 05/01/2011.

BEMBEM, A. H. C.; COSTA, P. L. V. A. Inteligência coletiva: um olhar sobre a produção de Pierre Lévy. Perspectivas em Ciência da Informação, v.18, n.4, p.139-151, out./dez. 2013

CARDOSO, M. Cultura de prevenção: apostando na vida. Revista Proteção., edição 207 - número especial, Novo Hamburgo, 2009.

CARVALHO, J. A. B. de. Uma proposta de agrupamento de indicadores para avaliação da efetividade do gerenciamento da segurança de usinas nucleares. Dissertação (Mestrado em Engenharia Nuclear) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Nuclear, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.

MTE. Classificação Brasileira de Ocupações. Disponível em: http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/downloads.jsf Acesso em 24/01/2011.

DE CICCO, F.; FANTAZZINI, M. L. Tecnologias consagradas de gestão de riscos Risco: Série Risk Management. 2. ed. São Paulo: Risk Tecnologia Editora Ltda, 2003.

GELLER, E. S. Ten principles for achieving a total safety culture. Profissional Safety, Setembro, 1994.

GULDENMUND, F. W. The nature of safety culture: a review of theory and research. Safety Science, Netherlands, volume 34. p.215-257. 2000. Disponível em: http://academics.ewi.tudelft.nl/live/binaries/55e4afad-b4c5-4e33-b60c-68a9c6bcfc3c/doc/safetyscience2000.pdf Acesso em: 18/12/2010.

MARCHIORI, M. R. Mudança cultural e a responsabilidade das relações públicas. Revista Organicom: revista brasileira de comunicação organizacional e relações públicas, ano 1, n.1, p.84 – 95, São Paulo, 2004.

MELO, L. A., et al. A cultura de segurança como resultado de um processo de liderança eficaz. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 21, 2001, Salvador. Anais ABEPRO.

MOISEICHYK, A. E. Organizações enquanto cultura: um estudo de clima organizacional em uma empresa catarinense. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 20., 2000, São Paulo. Anais...São Paulo: Universidade de São Paulo; Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica, Fundação Vanzolini, 2000. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP2000_E0040.PDF Acesso em: 18/12/2010.

OLIVEIRA, M. J. dos S. Os comportamentos de segurança: o contributo da experiência de acidentes de trabalho e do clima de segurança. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Organizacional), Instituto Universitário de Lisboa, Lisboa, 2007.

OLIVEIRA, João Cândido de. Aspectos críticos da segurança no trabalho. Revista CIPA, v. 28, n. 330, São Paulo, SP, maio 2007b.

OLIVEIRA, João Cândido de. Segurança e saúde no trabalho: uma questão mal compreendida. Revista São Paulo em Perspectiva, vol. 17, n. 2, São Paulo, SP, Junho 2003.

QUELHAS, A. D.; RODRIGUEZ, M. V. R. y. Desenvolvimento de uma cultura de segurança total: um estudo de caso em indústria automotiva na região sul fluminense. Boletim Técnico Organização & Estratégia, v. 4, n. 1, p.173-197, Niterói, janeiro a abril de 2008.

RINALDI, A.; BARREIROS, D. A importância da comunicação de riscos para as organizações. Revista Organicom: revista brasileira de comunicação organizacional e relações públicas, ano 4, n.6, p. 136 – 147, São Paulo, 2007.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.