Implantação da coleção de amostras de madeira: características da madeira como material de estudo/ Implementation of the wood sample collection: wood characteristics as study material

Karoline Saturnino da Silva, Leonardo Vinicius Scain Zimmer, Eduarda Borges Rodrigues, Estéfany Abreu Roballo, Silviana Rosso, Bruna Denardin da Silveira, Cibele Rosa Gracioli, Maiara Talgatti

Abstract


Um montante de objetos ou itens que constituem um conjunto e são denominados de coleção. Uma coleção pode ser de diversos tipos, sendo um deles as coleções biológicas. A coleção biológica pode ser entendida como um conjunto de organismos, ou partes destes, preservados fora do ambiente natural, isto é, de seu sítio de coleta. Estas desempenham um papel de suma importância nos registros sobre a biodiversidade mundial da fauna e da flora. Sua sistematização que vem crescendo ao longo dos anos permite a produção de banco de dados acessíveis por pesquisadores e estudiosos de diversas partes do mundo, criando assim uma importante rede de informações sobre a biodiversidade. Na Engenharia Florestal, por exemplo, há a necessidade de uma coleção que demonstre o crescimento das árvores, espécies, gêneros, dentre outras características, e para isso preservar os exemplares é de suma importância. Nos cursos de ensino superior, para melhor compreensão de estudos, para auxiliar nas práticas de determinadas componentes curriculares e para o ensino e pesquisa o uso de coleções, herbários, xilotecas e acervos são fundamentais como por exemplo na Engenharia Florestal e demais áreas relacionadas a flora e a fauna. O objetivo deste trabalho é apresentar uma coleção de madeiras para implementar as aulas dos componentes curriculares da área de tecnologia da madeira, com amostras de troncos de madeira de algumas espécies. Estas amostras visam demonstrar os mais variados tipos de defeitos, com o propósito de proporcionar aos alunos mais uma fonte de informações.


Keywords


Acervo, Xiloteca, Biológica, Defeitos .

References


AMARAL, J. R. Gestão de Acervos: Proposta de Abordagem para a Organização de Reservas. Trabalho de Projecto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Museologia. Universidade Nova de Lisboa. 2011 Disponível em: Acesso em 05 set 2018.

ARANDA, A. T. Coleções Biológicas: Conceitos básicos, curadoria e gestão, interface com a biodiversidade e saúde pública. In: III SIMPÓSIO SOBRE A BIODIVERSIDADE DA MATA ATLÂNTICA. 2014. Disponível em:. Acesso em 11 set. 2018.

MELO JÚNIOR, J. C.; AMORIM, M. W.; SILVEIRA, E. R. A xiloteca (coleção Joinvillea ‒ JOIw) da Universidade da Região de Joinville. Rodriguésia, v.65, n. 4, p. 1057-1060. 2014.

http://rodriguesia.jbrj.gov.br

PEIXOTO, A.L., BARBOSA, M.R.V., CANHOS, D.A.L., MAILA, L.C. Coleções botânicas: objetos de dados para a ciência. Cultura Material e Patromônio de C&T. 2007. Pag. 315-326. Disponível em:< http://www.mast.br/projetovalorizacao/textos/livro%20cultura%20material%20e%20patrim%C3%B4nio%20de%20C&T/19%20COLE%C3%87%C3%95ES%20BOT%C3%82NICAS_Ariane%20Luna.pdf>. Acesso em 11 set 2018.

SILVA, L. B. da; ARAÚJO, S. S.; LOURENÇO, M, C.; BESSA, F. S.; FERREIRA, A. M. Brazilian woods in Portuguese xylarium. Brazilian Journal Of Development, [S.L.], v. 6, n. 7, p. 47151-47169, jul. 2020. Brazilian Journal of Development. http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n7-376. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/13241/11135. Acesso em: 23 set. 2020.

SOBRINHO. M. O QUE É UMA COLEÇÃO? Disponível em:< http://infoartsp.com.br/noticias/o-que-e-uma-colecao/>. Acesso em: 10 set. 2018.

TROPICAL, Instituto de Investigação Científica. Xiloteca: O que é uma Xiloteca. 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.




DOI: https://doi.org/10.38152/bjtv4n2-001

Refbacks

  • There are currently no refbacks.