Efeitos do treinamento resistido em idosos sarcopênicos e coadjuvante uso de substâncias ergogênicas como esteroides anabólicos e suplementos nutricionais / Effects of the resisted training approach in sarcopenic elderly and assistant use of ergogenic substances as anabolic steroids and nutritional supplements

Filipe Nathan dos Santos da Silva, João Rafael Mattoso Oliveira, Luiz Cassio Vitório, Reginaldo Lopes Pereira Junior, Anderson Martelli, Lucas Delbim

Abstract


Introdução: O envelhecimento é um processo comumente associado aos últimos anos de vida, no entanto é uma condição inerente a todos, até mesmo os mais jovens estão em processo de envelhecimento, processo este que causa alterações negativas na composição corporal ao passar dos anos, chamamos essa alteração de sarcopenia, assim é necessário intervenções físicas e farmacológicas que auxiliarão na promoção de qualidade de vida. Objetivos: Mensurar a capacidade de promoção de ganho de força e hipertrofia de tecido muscular em indivíduos idosos sarcopênicos através da abordagem do exercício resistido (ER) e uso de suplementos nutricionais e fármacos como coadjuvantes a proposta de treinamento.  Metodologia: O presente estudo trata-se de uma revisão de literatura sendo incluída a pesquisa de artigos e livros para complementação das informações. Resultados: Observou-se aumento significativo da força e da massa muscular esquelética nessa pesquisa mediante protocolos de ER e utilização coadjuvante de esteroides anabólicos e/ou suplementos nutricionais. Conclusão: Esta revisão sugere que com a abordagem de estratégias geradoras de stress mecânico e químico através do ER é possível inibir a ação da sarcopenia, sendo observado que a ministração de suplementos alimentares e esteroides anabolizantes potencializaram as adaptações hipertróficas, bem como promoveram significativa melhora na qualidade de vida e Atividades de Vida Diária.

 


Keywords


Envelhecimento, Exercício resistido, Sarcopenia.

References


ALLENDORF, D. B. et al. Idosos praticantes de treinamento resistido apresentam melhor mobilidade do que idosos fisicamente ativos não praticantes. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 24, n. 1, p. 134–144, 2015.

BARBOSA, A. S. Os benefícios do treinamento de força muscular para pessoas idosas. Ceará: ESPC, 2007.

BEARD, J. R. et al. The World report on ageing and health: a policy framework for healthy ageing. The lancet, v. 387, n. 10033, p. 2145–2154, 2016.

BERNARDI, D. F.; REIS, M. de A. S.; LOPES, N. B. O tratamento da sarcopenia através do exercício de força na prevenção de quedas em idosos: revisão de literatura. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde, v. 12, n. 2, p. 197–213, 2008.

BESTER, G. M.; MAITO, V. P. Inclusão Democrática de Passageiros Idosos no Brasil a Partir da Lei no 10.741/2003 e Efetividade do Novo Direito Fundamental ao Transporte InterestadualFaculdades Integradas Curitiba, , 2006.

CARDOSO, R. M. et al. Exercício resistido frente à sarcopenia: uma alternativa eficaz para a qualidade de vida do idoso. Revista Digital, Buenos Aires, v. 17, n. 169, 2012.

CERMAK, N. M. et al. Protein supplementation augments the adaptive response of skeletal muscle to resistance-type exercise training: a meta-analysis. The American journal of clinical nutrition, v. 96, n. 6, p. 1454–1464, 2012.

CHALÉ, A. et al. Efficacy of whey protein supplementation on resistance exercise–induced changes in lean mass, muscle strength, and physical function in mobility-limited older adults. Journals of Gerontology Series A: Biomedical Sciences and Medical Sciences, v. 68, n. 6, p. 682–690, 2013.

CIVINSKI, C.; MONTIBELLER, A.; DE OLIVEIRA, A. L. A importância do exercício físico no envelhecimento. Revista da UNIFEBE, v. 1, n. 09, 2011.

COELHO, B. dos S. et al. Comparação da força e capacidade funcional entre idosos praticantes de musculação, hidroginástica e não praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 17, n. 3, p. 497–504, 2014.

DA CUNHA, M. F. Suplementação com Whey em idosos como prevenção da sarcopenia. 2017.

DA ROSA, G. K. G. et al. Efeitos de vinte semanas de treinamento físico sobre a força e marcadores sanguíneos em mulheres idosas. RBPFEX-Revista Brasileira De Prescrição E Fisiologia Do Exercício, v. 13, n. 83, p. 523–530, 2019.

DE LIMA, A. P. et al. Grupo de convivência para idosos: o papel do profissional de educação física e as motivações para adesão à prática de atividade física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 2019.

DE SOUZA, C. G. Tratamento medicamentoso da sarcopenia. Revista Brasileira de Ortopedia, 2020.

DEVRIES, M. C.; PHILLIPS, S. M. Creatine supplementation during resistance training in older adults—a meta-analysis. Medicine & Science in Sports & Exercise, v. 46, n. 6, p. 1194–1203, 2014.

GAGO, L. C.; GAGO, F. C. P. Atualidades sobre o tratamento da Sarcopenia revisão de literatura. International Journal of Nutrology, v. 9, n. 04, p. 254–271, 2016.

GODOY, I. C. et al. Uso clínico de esteroides anabolizantes em idosos sarcopênicos. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, v. 6, n. 2, 2017.

GUCCIONE, A. A.; WONG, R. A.; AVERS, D. Fisioterapia geriátrica. In: Fisioterapia geriátrica. [s.l: s.n.]p. 468, 2013.

HAWERROTH, D.; KULKAMP, W.; WENTZ, M. D. Exercícios resistidos e qualidade de vida: impacto na capacidade funcional e benefícios terapêuticos. Revista Digital, Buenos Aires, v. 15, 2010.

ISIDORI, A. M., GIANETTA, E., GRECO, E. A., GIANFRILLI, D., BONIFACIO, V., ISIDORI, A., et. al. Effects of testosterone on body composition, bone metabolism and serum lipid profile in middle-aged men: a meta-analysis. Clin Endocrinol. v. 63, n. 6, p:280-93, 2005.

MACEDO, T. A. et al. Efeitos de um programa de exercícios resistidos na força muscular de idosos. Revista Eletrônica Nacional De Educação Física, v. 8, n. 11, p. 37–47, 2018.

MARTINEZ, B. P.; CAMELIER, F. W. R.; CAMELIER, A. A. Sarcopenia em idosos: um estudo de revisão. Revista Pesquisa em Fisioterapia, v. 4, n. 1, p. 62–70, 2014.

MENDES, J. L. V. et al. O aumento da população idosa no Brasil e o envelhecimento nas últimas décadas: Uma revisão da literatura. REMAS-Revista Educação, Meio Ambiente e Saúde, v. 8, n. 1, p. 13–26, 2018.

MITCHELL, C. J. et al. Resistance exercise load does not determine training-mediated hypertrophic gains in young men. Journal of applied physiology, v. 113, n. 1, p. 71–77, 2012.

MORLEY, J. E. et al. Sarcopenia. Journal of Laboratory and Clinical Medicine, v. 137, n. 4, p. 231–243, 2001.

ORGANIZATION, W. H. World report on ageing and health. [s.l.] World Health Organization, 2015.

PARAHYBA, M. I.; SIMÕES, C. C. da S. A prevalência de incapacidade funcional em idosos no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 11, p. 967–974, 2006.

PERUCHI, R. F. P. et al. SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL EM IDOSOS (AMINOÁCIDOS, PROTEÍNAS, PUFAS, VITAMINA DE ZINCO) COM ÊNFASE EM SARCOPENIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Revista UNINGÁ Review, v. 30, n. 3, 2017.

REDONDA, M. Atividade física e envelhecimento saudável. Rev. bras. Educ. Fís. Esp., São Paulo, v. 20, p. 73–77, 2006.

REGO, L. A. M. et al. Efeito musculoesquelético do exercício resistido em idosos: revisão sistemática. Revista de Medicina da UFC, v. 56, n. 2, p. 39–46, 2016.

RODRIGUES, A. L. Q. et al. Treinamento resistido na retardação do processo de sarcopenia em idosos: uma revisão bibliográfica sistematizada. REVISTA UNINGÁ, v. 55, n. 2, p. 101–116, 2018.

ROTH, S. M.; FERRELL, R. F.; HURLEY, B. F. Strength training for the prevention and treatment of sarcopenia. The journal of nutrition, health & aging, v. 4, n. 3, p. 143–155, 2000.

SILVA, A. C. de A. P. da. Conhecimento, cidadania e direito do idoso: relatos pós-Lei n 10.741/2003. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 11, n. 1, p. 45–55, 2008.

SILVA, N. L. da; FARINATTI, P. de T. V. Influência de variáveis do treinamento contra-resistência sobre a força muscular de idosos: uma revisão sistemática com ênfase nas relações dose-resposta. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 13, n. 1, p. 60–66, 2007.

SILVA, T. A. de A. et al. Sarcopenia associada ao envelhecimento: aspectos etiológicos e opções terapêuticas. Revista Brasileira de Reumatologia, v. 46, n. 6, p. 391–397, 2006.

SOUSA, D. A. Sarcopenia no Idoso, 2017.

VOLPI, E.; NAZEMI, R.; FUJITA, S. Muscle tissue changes with aging. Current opinion in clinical nutrition and metabolic care, v. 7, n. 4, p. 405, 2004.




DOI: https://doi.org/10.38152/bjtv3n4-001

Refbacks

  • There are currently no refbacks.