Website no processo ensino-aprendizagem do exame físico: a construção do conhecimento na graduação de enfermagem / Website in the teaching-learning process of physical examination: the construction of knowledge in undergraduate nursing

Vera Sampaio Barboza, Suely Lopes de Azevedo, Mirian da Costa Lindolpho, Liliane Belz dos Reis, Wankarla Barbosa Chaves, Miriam Marinho Chrizóstimo, Uirá Duarte Wisnesky, João Victor Lima da Silva

Abstract


Objetivo: relatar a experiência da monitoria da disciplina “Fundamentos de Enfermagem I” sobre o uso da tecnologia digital como auxílio no processo de ensino-aprendizagem do exame físico. Metodologia: trata-se de um relato de experiência de um projeto de monitoria, com a criação de um website sobre exame físico. Foi criado um instrumento de avaliação do projeto que se baseou na escala de Likert. Durante a análise dos dados coletados foi feita uma abordagem quali-quantitativa, com 100% de adesão de resposta ao instrumento, preenchido por 50 alunos de forma anônima. Para análise dos dados foi utilizado o programa Excel® e realizada estatística descritiva simples. Resultados e Discussão: em relação a melhora do conhecimento sobre exame físico devido à utilização do website, 80% dos alunos responderam que “concordam totalmente”. Salienta-se que, entre as notas (entre 1 e 10) recebidas sobre o website em sua fase beta, a nota 10 prevaleceu com 46% das 50 avaliações, a nota 9 com 42%, a nota 8 com 10% e a nota 7 com 2%, não havendo outras notas recebidas. Ambientes virtuais de ensino podem ser associados ao ensino presencial, e com a utilização de uma plataforma online é possível maior fixação dos domínios vistos na disciplina e maior entendimento dos conteúdos. Conclusão: é possível afirmar que o website de monitoria sobre exame físico na graduação de enfermagem de fato auxiliou os alunos durante o ensino teórico-prático da disciplina, representando um meio metodológico eficaz de acordo com as avaliações obtidas.

Palavras chaves: educação em enfermagem; materiais de ensino; tecnologia


Keywords


educação em enfermagem; materiais de ensino; tecnologia

References


ANJOS, Alexandre Martins. Tecnologias da informação e da comunicação, aprendizado eletrônico e ambientes virtuais de aprendizagem. Ambientes Virtuais de aprendizagem. p. 11-58. Editora da Universidade Federal de Mato Grosso – EdUFMG. Cuiabá. Mato Grasso, p.262, 2012. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/129865/mod_resource/content/1/Ambientes%20Virtuais.pdf. Acesso em: 07 mar. 2020.

BISOL, Claudia Alquati. Ciberespaço: terceiro elemento na relação ensinante/ aprendente. In: VALENTINI, Carla Beatris; SOARES, Eliana Maria do Sacramento (Org.) Aprendizagem em ambientes virtuais: compartilhando ideias e construindo cenários. Caxias do Sul: EDUCS, p. 21-32. 2010.

CAMARGO, R. Z.; LIMA, M. C.; TORINI, D. M. Educação, mídia e internet: desafios e possibilidades a partir do conceito de letramento digital. Rev. Bras. Psicodrama. v. 27, n. 1, p. 106-116, 2019. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psicodrama/v27n1/11.pdf. Acesso em: 07 de mar. 2020.

DIESEL, A; MARTINS, S. N.; REHFELDT, M.J.H. Aproximações entre as metodologias ativas de ensino e as tecnologias digitais de informação e comunicação: uma abordagem teórica. Rev. Conex. Ci. e Tecnol. Fortaleza/CE. v.12, n. 1, p. 38 - 44. mar, 2018.

FETTERMANN, F.A.; ALBERTI, G.F., SALBEGO, C.; KIST, R.L. Potencialidades e fragilidades dos ambientes virtuais de aprendizagem no ensino em enfermagem: revisão integrative. J. Health Inform. v.9, n.4, p.132-6, out. / dez, 2017.

FLORES, Jerônimo Becker. Aprendizagem em ambientes virtuais [recurso eletrônico]: compartilhando ideias e construindo cenário. Rev. Conjectura: Filos. Educ., Caxias do Sul. v. 18, n. 1, p. 207-211. 2013. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conjectura/article/download/2049/1211. Acesso em: 07 mar. 2020.

GONÇALVES, Eunice Lorenzetto.; MOTTER, Rose M. Belim. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE: Webgincana: nova ferramenta na construção do conhecimento e autonomia no ensino-aprendizagem da língua inglesa. Paraná: Cadernos PDE. Secretaria de Educação. Volume 1. [Internet] 2014. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2014/2014_unioeste_lem_artigo_eunice_lorenzetto_goncalves.pdf. Acesso em: 07 mar. 2020.

HOLANDA, Viviane Rolim. Hipermídia educacional para o ensino das doenças sexualmente transmissíveis: construção, validação e avaliação: 2014. 143 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8310. Acesso em: 07 mar. 2020.

HOLANDA, Viviane Rolim et al. Ensino e aprendizagem em ambiente virtual: atitude de acadêmicos de enfermagem. Rev Mineira de Enfermagem. v.19, n. 1, p. 148-153, 2015. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/992. Acesso em: 07 mar. 2020.

KAHWAGE NETO, S. G. et al. O Ensino de Habilidades Clínicas e a Aplicabilidade de um Guia Simplificado de Exame Físico na Graduação de Medicina. Rev Brasileira de Educação Médica. v. 41, n. 2, p. 299-309, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v41n2/1981-5271-rbem-41-2-0299.pdf. Acesso em: 07 de mar. 2020.

LIRA, A. L. B. C. et al. Estratégia de aprimoramento do ensino do exame físico em enfermagem. Rev de Enfermagem em Foco. v. 6, n. 1/4, p. 57-61, 2015. Disponível em: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/578. Acesso em: 07 mar. 2020.

MACIEL, C. (Organizador). Educação a distância ambientes virtuais de aprendizagem. 2ª ed. Cuiabá: EdUFMT, 2018.

MARQUES, M.P.; MARQUEZ, S.C.; FELICIO, C.M. Algumas considerações sobre mediações do ensino de geometria molecular e o uso de tic. In: Elped, 3 e Encontro de Licenciaturas, 4, 2018. Goiás. Anais... Goiás: Pibid do Sudoeste Goiano (Elicpibid), 2018, 1, CD-ROM.

OLIVEIRA, Fernanda Neri de; MORAES, Dirce Aparecida Foletto de. A utilização da tecnologia e da internet no processo de ensino e aprendizagem da educação superior: um relato de experiência, In: Jornada da Didática, 2, e 2013. Paraná. Anais... Paraná: Seminário de Pesquisa da CEMAD. 2013. 1,

OLIVEIRA, K.E.J.; ALVES A.L.; PORTO, C.M. Tecnologias móveis em educação: um experimento por meio da sala de aula invertida. Rev EDaPECI, São Cristóvão (SE) v.17. n. 1, p. 96-109, jan./abr. 2017.

PAULINO, D. B. et al. WhatsApp® como Recurso para a Educação em Saúde: Contextualizando Teoria e Prática em um Novo Cenário de Ensino-Aprendizagem. Rev Brasileira de Educação Médica. v. 42, n. 1, p. 169-178, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v42n1/0100-5502-rbem-42-01-0171.pdf. Acesso em: 07 de mar. 2020.

POTTER PA, PERRY AG. Fundamentos de enfermagem. 9 ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2018.

SOUSA, Karinne Marques de et al. A importância do exame físico, para a prática de enfermagem: uma revisão sistemática. In: I Congresso Nacional de Ciências da Saúde,1, 2014. Paraiba. Anais... Cajazeiras, Paraíba: Avanços e Práticas Integrativas, 2014.

VALENTINI, Carla Beatris; SOARES, Eliana Maria do Sacramento. Aprendizagem em ambientes virtuais [recurso eletrônico]: compartilhando ideias e construindo cenários / org. Dados eletrônicos. 2 ed. Atualizada e revisada. Dados Internacionais de Catalogação na Publicação- Universidade de Caxias do Sul, RS: Educs, 2010. 331 p.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-047

Refbacks

  • There are currently no refbacks.