Oficina da universidade aberta da pessoa idosa: compartilhando saberes sobre plantas medicinais / Open university of the elderly’s workshop: sharing knowledge about medicinal plants

Nathália Da Silva Dias, Ângela Roberta Alves Lima, Gabriel Moura Pereira, Josué Barbosa Sousa, Luani Burkert Lopes, Rita Maria Heck

Abstract


A Universidade Aberta da Pessoa Idosa da Universidade Federal de Pelotas, surge como forma de oportunizar à população idosa um espaço não somente educacional, mas também social e cultural, oferecendo diferentes disciplinas, assim como, oficinas. Para tanto tem-se o cuidado na escolha de uma metodologia específica e direcionada à pessoa neste ciclo de vida. Uma das atividades desenvolvidas abordou a temática da autoatenção, sobre o uso de plantas medicinais, práticas de autocuidado e perspectivas de saúde-doença. Nesse artigo apresenta-se um relato de experiencia de acadêmicos da graduação de enfermagem, que participaram dessa atividade, que objetivou a promoção e a valorização do saber popular sobre plantas medicinais. Participaram da atividade 22 idosos. Atividade possibilitou constatar que os idosos possuem conhecimentos sobre plantas medicinais, que balizam o cuidado familiar, os quais são decorrentes de experiências construídas ao longo de anos, tendo sido, em parte, repassado pelos seus ancestrais. Bem como, discutir questões em relação a qualidade de vida, inclusão social, conhecimento científico, troca de experiências e resgate da cidadania, uma vez que partiu da perspectiva da troca de saberes e da disseminação do conhecimento acadêmico de forma democrática e participativa.


Keywords


Plantas medicinais, Idosos, Educação em Saúde.

References


Ander-Egg, E. El taller una Alternativa para la Renovación Pedagógica. Buenos Aires, Argentina: Magisterio del Río de la Plata; 1999.

Balbinot S.; Velasquez P.G; Düsman E. Reconhecimento e uso de plantas medicinais pelos idosos do Município de Marmeleiro – Paraná. Revista Brasileira de Plantas Medicinais. 2013 Jun;15(4):632-38.

Brasil. Ministério da Saúde. Política e Programa Nacional de Plantas medicinal e fitoterápico. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Brasília-DF. 2016.

Almeida F.H.O. Revisão sistemática da Miconia Albicans (sw.) Triana: uso tradicional, atividade farmacológica e outras atividades [Monografia]. [São Cristovão (SE)]: Universidade Federal de Sergipe; 2016. 20 p.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução de Diretoria Colegiada - RDC nº. 10, de 9 de março de 2010. Dispõe sobre a notificação de drogas vegetais junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e dá outras providências. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, Seção 1, 2010.

Lima, C.A.B.; Lima, A.R.; Mendonça, C.V.; Lopes, C.V.; Heck, R.M. O uso das plantas medicinais e o papel da fé no cuidado familiar. Revista Gaúcha de Enfermagem. 2016; 37(esp):682-85.

Freitas, P. F. P.; Montezano, L.; Odelius, C. C. A influência de Atividades Extracurriculares no Desenvolvimento de Competências Gerenciais em Grupos de Pesquisa. Revista Administração: Ensino e Pesquisa. 2019 Jan-Abril; 20(1):12-49.

Santos, S. L. F.; Silva Alves, H. H.; Barros, K. B. N. T.; Pessoa, C. V. Uso de Plantas Medicinais por idosos de uma instituição filantrópica. Revista Brasileira de Pesquisa em Ciências da Saúde. 2019 Jan; 4(2):71-75.

Machado, R.; Farias, F. M.; Pijuán, P. L.; Brum, V. S.; Moreira, A. P. G.; Oliveira, L. F. S. Avaliação sobre o conhecimento do uso de plantas medicinais em dois grupos de idosos. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2016.

Muniz, B. M. D. V.; Barbosa, R. M. Problematizando o atendimento ao parto: cuidado ou violência. Memorias Convención Internacional de Salud Pública. La Habana: Convención Internacional de Salud Pública; 2012.

Silva, L. A.; Pessoa, C. V. Utilização De Plantas Medicinais Por Idosos De Uma Unidade Básica De Saúde De Um Município Do Sertão Central. Mostra Científica da Farmácia. 2018.

Brasil. Gabinete do Ministro de Estado da Saúde (BR). Portaria Nº 1.395, de 9 de dezembro de 1999: aprova a Política Nacional de Saúde do Idoso e dá outras providências. Diário Oficial da União, 13 Dez 1999. Seção I, n.237-E, p.20-4.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n6-111

Refbacks

  • There are currently no refbacks.