Esteróides e anabólizantes na modulação do sistema imunológico: uma revisão sistemática / Steroids and anabolizers in immunological system modulation: a systematic review

Sidrailson José Da Silva

Abstract


 

Introdução: O uso de EAs de forma indiscriminada e a administração de doses exageradas, pode ocasionar diversas alterações no organismo como mudanças na capacidade imunológica. A complexidade da imunidade humana é mal compreendida aumentando o risco de condutas não saudáveis serem tomadas, principalmente por aqueles que praticam atividade física. Onde o efeito benéfico desse grupo deve ser levado em conta principalmente pela a capacidade de manter a integridade das funções orgânicas. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática da literatura, realizada com base em artigos selecionados no banco de dados PUBMED, utilizando os descritores; consequeces, testosterone, immunity e steroids que foram combinados via indicadores booleanos AND conforme o DeCS. Foram utilizados como métodos de inclusão artigos encontrados no banco de dados acima mencionados, sem restrição de idiomas, textos completos, publicados no intervalo de tempo entre 2013 a 2018, e como métodos de exclusão; artigos que não se enquadravam no tema proposto, teses, dissertações, capítulos de livros e reportagens. Foram identificados 128 estudos porem somente 05 foram selecionados, por se adequarem aos métodos de inclusão. Resultados: A literatura aborda que o uso de EAs de forma indiscriminada pode causar um déficit na imunidade humana, mas o uso para fins terapêuticos é importante para manter taxas hormonais normais. Conclusão: Constatou-se que os níveis de hormônios presentes no organismo são fundamentais para a manutenção das respostas imunológicas, onde seu aumento ou diminuição pode ser desfavorável, principalmente para quem faz uso de EAs, onde o determinante é a forma de consumo.

 

 


Keywords


Consequeces. Testosterone. Immunity. Steroids.

References


DAIVISON, G. et al. Cross Mark. Carbohydrate supplementation does not blunt the prolonged exercise induced reduction of in vivo immunity. Vol. 17. No. 07. Berlin, Springer-Velag, 2015.

IBRAHIM, F. et al. Rheumatology. Second-line Agents in Myositis. Vol. 54. no.06, Oxford, Concise Report, 2014.

EDWARD, A. J. et al. Clinical Immunology. Selective expansion of human regulatory T cells in nasal polyps, and not adjacent tissue microenvironments, in individual patients exposed to steroids. Vol. 179. no. 08, Stanford, Accepted Manuscript, 2017.

FORNIELES, G. et al. Short Communication. Salivary testosterone and immunoglobulin A were increased by resistance training in adults with Down syndrome. Vol. 47. No. 04. Malaga, Bras J Med Biol Res, 2014.

ROVED, J. et al. Immune System. Sex Differences in Immune Responses. Vol. 88. no. 08, Philadelphia, Homones and Behavios,2017.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n6-104

Refbacks

  • There are currently no refbacks.