Conhecimento e prática do autoexame das mamas por mulheres atendidas na atenção secundária / Knowledge and practice of breast self-examination by women in secondary care

Dannieli de Sousa Silva Rodrigues, Jeyzianne Franco da Cruz Silva, Francinubia Nunes Barros, Francielton de Amorim Marçal, Hercules Pereira Coelho, Janayle Kéllen Duarte de Sales, Crisângela Santos de Melo, Andréa Couto Feitosa

Abstract


O Câncer de Mama (CM) é um dos tipos de neoplasias mais alarmantes que detém grande repercussão no mundo, haja vista ser o quadro clínico que mais acomete as mulheres em países desenvolvidos e subdesenvolvidos, representando também a maior causa de morte feminina em todo o mundo. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado na Policlínica João Pereira dos Santos, localizada no município de Barbalha, Ceará, Brasil. A amostra da pesquisa foi composta por um total de 50 mulheres. Para obtenção dos dados, o instrumento de coleta foi um roteiro de questionário semiestruturado, composto, em sua maior parte, por questões objetivas de múltipla escolha. Os dados obtidos foram digitados inicialmente na planilha Microsoft Office Excel (versão 2010), sendo, posteriormente, processado através do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). A partir da análise dos dados, frente à caraterização da amostra, observou-se um predomínio de participantes na faixa etária compreendida entre 21 a 30 anos de idade; 30% (n=15) possuíam ensino médio completo; 48% (n=24) eram solteiras; 26% (n=13) eram donas do lar; e 52% (n=26) mulheres eram provenientes da cidade de Juazeiro do Norte – CE. Diante das questões relacionadas ao Autoexame das Mamas (AEM), 82% (n=41) participantes afirmaram conhecer o exame, no entanto apenas 72% (n=36) afirmaram saber realizar a técnica. Quando as mulheres foram questionadas quanto ao período correto para a realização do AEM, somente 40% (n=20) souberam responder corretamente, sete dias após o período menstrual. Frente à frequência preconizada de realização do AEM 48% (n=24) mulheres afirmaram que deve ser realizado mensalmente, e 64% (n=32) afirmaram não ter nenhum tipo de dificuldade para realização do AEM. É indispensável à realização de medidas de educação em saúde que abordem os fatores de riscos, os métodos de rastreamento, e promovam a demonstração da técnica correta do AEM, com a finalidade de estimular a realização deste exame pelas mulheres, tendo em vista a promoção da autonomia para o autocuidado e empoderamento social destas.


Keywords


Conhecimento, Autoexame das Mamas, Unidade de Saúde

References


ALMEIDA, T. G.; COMASSETTO, I.; ALVES, K. M. C.; SANTOS, A. A. P.; SILVA, J. M. O.; TREZZA, M. C. S. F.. Vivência da mulher jovem com câncer de mama e mastectomizada. Esc. Anna Nery [online]. 19(3) Jul-Set. 2015. DOI: 10.5935/1414-8145.20150057

BARRETO, A. P. S. V.; LIMA, T. N. F. A.; CAMBOIM, F. E. F.; RODRIGUES, E. S. R. C.; LIMA, I. E. S.; SANTOS, F. L. Autoexame da mama: conhecimento e prática entre usuárias de uma unidade básica de saúde. Rev Temas em Saúde. v. 16, n.4, p. 31 – 46, 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde (BR). Diretrizes para a detecção precoce do câncer de mama no Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro – RJ. 2015. Acesso em junho de 2017. Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/Deteccao_precoce_CANCER_MAMA_INCA.pdf

BRASIL. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Controle dos cânceres do colo do útero e da mama. 2. ed. – Brasília : Editora do Ministério da Saúde. 2013. Acesso em: 20 de agosto de 2017. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/controle_canceres_colo_utero_2013.pdf

BUSHATSKY, M.; CABRAL, L. R.; CABRAL, J. R.; BARROS, M. B. S. C.; GOMES, B. M. R.; FIGUEIRA FILHO, A. S. S. Educação em saúde: uma estratégia de intervenção frente ao câncer de mama. Ciência Cuid Saude, Jan/Mar; 14(1):870-878. 2015. DOI: https://doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v14i1.23259

CAPOROSSI, J. A. M.; RIBEIRO, H. S.; MORINIGO, T.; CAMPOS, A.; TOPPIGLIA, L. F. Mastectomia e a incidência de transtorno de estresse pós-traumático. Psic., Saúde & Doenças, Lisboa , v. 15, n. 3, p. 800-815, dez. 2014.

ENDRIGO, J.; TRALDI, M. C. Consciência sobre prevenção do câncer de mama e prática de autoexame entre usuárias do sistema público de saúde. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, v. 5, n. 2, p. 209-220, 2017.

GOI JUNIOR, C. J.; POLTRONIERI, L. R.; XAVIER, N. L. Frequência do autoexame das mamas em amostra populacional de Xangri-Lá. Rev HCPA., v.32, n.2, p. 182-187. 2012.

GOMES, L. B. Prevenção do Câncer de Mama: ações desenvolvidas no Estágio Multidisciplinar Interiorizado – Relato de Experiência [MONOGRAFIA]. Curso Bacharelado em Enfermagem. Universidade Estadual da Paraíba – PB. 2016.

LEAL, E. M.; ALMEIDA, L. M. N.; LIMA, A. G. S. Conhecimento e prática do autoexame da mama em usuárias de um centro de saúde. Rev Enferm UFPI., v. 2, n. 3, p. 39-45. 2014.

MENDES, L. C.; SILVEIRA, C. F.; SILVA, S. R. Conhecimento de mulheres a respeito do exame de papanicolaou e do autoexame das mamas. REAS [Internet]. 2(3):4-17. 2013.

PADOVANI, C.; PINTO, K. R. T. F.; LAQUI, I. S.; BERNARDY, C. C. F.; CARREIRA, C. M. Fatores de risco para o câncer de mama: conhecimento por um grupo de mulheres obesas. Rev enferm UFPE on line., Recife, 10(7):2319-27, jul., 2016. DOI: 10.5205/reuol.9106-80230-1-SM1007201604

PAIXÃO, T. M.; COSTA, A. L. R.; MAIA, M. S.; CAMPOS, J. F. G.; ROLIM, I. L. T. P. Conhecimento de usuárias de uma unidade básica de saúde sobre o autoexame das mamas. Rev Pesq Saúde, v.13, n.1, p. 40-44, jan-abr, 2012.

RODRIGUES, T. C. G. F.; BRUM, I. V.; SANTOS, J. L. C. T.; JUSTES, A. M. J.; LAPORTE, E.. G. J.; LAPORTE, B. E. P. Conhecimento de 820 mulheres atendidas no Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora sobre autoexame das mamas. Rev Bras Mastologia., v. 26, n.2, p. 60-64, 2016.

SILVA, A. A. R.; FAGUNDES, S. S.; NOGUEIRA, D. S.; BARROS, E. J.; MOTA, R. M.; OLIVEIRA, V. C. C.; MENDONÇA, B. O. M. Conhecimento das mulheres do município de Amorinópolis - GO, Sobre o Autoexame das Mamas (AEM). Revista Faculdade Montes Belos (FMB), [S. l.], ano 4, v. 8, p. 123-202, 2015.

SILVA, N. R. A.; SOARES, D. A.; JESUS, S. R. Conhecimento e prática do auto-exame das mamas por usuárias de Unidade de Saúde da Família. Enfermería Global, nº 29. Enero. p. 477-89. 2013. Acesso em: 25 de setembro de 2017. Disponível em: http://scielo.isciii.es/pdf/eg/v12n29/pt_enfermeria3.pdf

SOUZA, C. N. S. Rastreamento do Câncer de Mama: Conhecimentos, Práticas e Resistência em Mulheres atendidas na Estratégia Saúde da Família [DISSERTAÇÃO]. Especialização em Saúde e Sociedade. Mestrado Acadêmico em Saúde e Sociedade. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró – RN. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n6-024

Refbacks

  • There are currently no refbacks.