Dor e nível funcional em indivíduos no pós-operatório de artrodese de coluna / Pain and functional level in individuals in the postoperative spine arthrodesis

Monique Ellen do Vale, Daniel Leonardo Cobo, Marcos Henrique Dall´ Aglio Foss, Rúbia Gabriela da Silva, Simone Cavenaghi

Abstract


Introdução: A artrodese da coluna permite a remoção do processo patológico, e elimina a dor. As doenças degenerativas causam dor, sendo está também uma das principais complicações do pós-operatório imediato e também uma das principais causas de atraso ao retorno às atividades de vida diária com comprometimento físico. Objetivo: Em virtude de o paciente apresentar dor como uma das principais complicações pós-operatória de artrodese de coluna, o presente estudo tem como objetivo avaliar e quantificar a dor, assim como, classificar em neuropática ou nociceptiva no pós-operatório imediato e previamente à alta relacionado ao nível de independência funcional. Metodologia: A avaliação foi realizada com dois questionários, o Inventário Breve de Dor e o Questionário para Diagnóstico de Dor Neuropática, concomitante com a classificação da funcionalidade do mesmo. Resultados: No período pré-operatório foram totalizados 31% com dor nociceptiva e 69% com dor neuropática, 38% independentes, 15% dependentes e 46% semi-independentes, com média de dor:8,69, desvio padrão: 1,93 e p:0,00. Já no Pós-operatório 15% com dor nociceptiva, 38% com dor neuropática e 46% sem dor, tendo uma redução de 53% da dor. Com 62% independentes, 23% semi-independentes e 15% dependentes, com aumento de 23% de independentes pós-cirurgia,com média da dor de 3,77 desvio padrão de 3,17 e p:0,215. Conclusão: Os resultados mostram uma redução da dor, onde não houve diferenças significativas entre a média da dor nos dois grupos, mas com redução, e que influenciou significativamente na funcionalidade do paciente.

 

 


Keywords


Artrodese, Dor pós-operatória, Coluna Vertebral, Desempenho funcional.

References


– TORTORA, G.J; DERRICKSON, B. Corpo Humano: Fundamentos de Anatomia e Fisiologia. 10 ed. Artmed Editora, 2016; 138 – 143.

- SILVA, V.R; Cinesiologia e Biomecâninca, Editora Seses – Rio de Janeiro, 2015; 52-55.

– MOREIRA, R.C. et al. Avaliação e intervenção fisioterapêutica para manifestações neuromusculares da hérnia discal. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, 2019; 2(5): 4188-4198.

- MOURA, D.L; LAWRENCE, D.; GABRIEL, J.P. Artrodese lombar intersomática anterior multinível combinada com estabilização posterior em discopatia — Análise clínico-funcional prospectiva. Revista Brasileira de Ortopedia, 2019; 54: 140-148.

– ARCHER, K.R et al; Cognitive-Behavioral-Based Physical Therapy for Patients With Chronic Pain Undergoing Lumbar Spine Surgery: A Randomized Controlled Trial. Journal of Pain, 2015; 17(1): 76-89

– ARTIOLI, D.P et al; Auriculotherapy: neurophysiology, points to choose, indications and results on musculoskeletal pain conditions: a systematic review of reviews. BrJP. São Paulo, 2019 out-dez;2(4):356-61

- CUNHA, T.G; SILVA,G.B; Atuação da enfermagem no controle da dor pós-operatória. Revela. Praia Grande, 2017, 21: ISSN 1982-646X

– SCHMIDT, A.P; SCHMIDT S.R.G; Behavior of ion channels controlled by electric potential difference and of Toll-type receptors in neuropathic pain pathophysiology. Revista Dor, São Paulo; 2016; 17(1): S43-5

– FERREIRA,A.K et al. Validation of brief pain inventory to Brazilian

patients with pain. Suport care câncer, 2011, 19: 505-511.

– BOUHASSIRA D et al. Comparison of pain syndromes associated with nervous or somatic lesion and development a new neuropathic pain diagnostic questionnaire (DN4). Pain 2005 Mar; 114 (1-2): 29-36

– FONSECA, PRB et al. Post-trauma and postoperative painful neuropathy. Rev Dor. 2016;17(Suppl 1):59–62.

– RHIN, JA et al. Complications associated with single-level transforaminal lumbar interbody fusion. The Spine Journal 9 (2009) 623–629

– URBINA MC, et al. Efficacy and safety of lumbar arthroplasty in degenerative disc disease. Coluna/ Columna. 2018;17(2):103–9.

– NEVES, JPC. Impacto funcionao após artrodese lombar: revisão sistemática da literatura. Covilhã. Tese [Mestrado em Medicina] - Universidade Beira Interior-2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-297

Refbacks

  • There are currently no refbacks.