Perfuração intestinal intraútero com evolução para peritonite meconial: Relato de caso / Intrauteral intestinal perforation with evolution to meconial peritonitis: Case report

Larissa Pereira Guerra, Daniel Oliveira Zago, Lara Karoline Camilo Clementino, Rodrigo Marcelo Moreira de Oliveira Filho, Beatriz Plotegher Zaramella, Denise Ferrari de Campos, Larissa Madi Kaluf, Izabela Silva Rezende, Izabella Borges, Izabelle Barreto Silva, Izadora Midian Galvão Sarmento, João Marcos Ribeiro Paixa Xavier

Abstract


Introdução: Neste trabalho iremos abordar um caso clínico sobre uma peritonite química asséptica causada por perfuração intestinal com extravasamento de mecônio intrauterino.Será possível compreender etiologias, diagnósticos e opções de tratamento propostos para esta  patologia, dentre eles uma confecção de uma ileostomia a Mickuliz em dupla boca .Apresentação do caso: D.F.S, 15 anos, primigesta, foi encaminhada ao pré-natal de alto risco no HMI (Hospital materno infantil) em 17/08/2020 com idade gestacional de 35 semanas e 2 dias. Trazia ultrassonografia realizada, visualizando distensão de segmento de alças intestinais de localização periférica, além disso, evidenciava líquido amniótico aumentado (+/++) e ascite fetal de moderada intensidade, sem outras malformações fetais. Discussão: peritonite meconial foi descrita pela primeira vez em 1761, por Morgani e a primeira correção cirúrgica foi realizada com sucesso em 1943, por Agerty.  A etiologia da peritonite meconial é extremamente variável. O diagnóstico da peritonite meconial pode ser realizado tanto no pré-natal (sendo possível planejar um tratamento pós-natal), quanto após o parto. O diagnóstico no pré-natal é realizado por meio de exames de imagem, sendo a Ultrassonografia o método diagnóstico de escolha, com sensibilidade global oscilando entre 50 e 80% e especificidade de 98%. O tratamento deve ser conservador ou cirúrgico. Conclusão:  Apesar de rara, essa a peritonite meconial deve ser sempre lembrada quando se desenvolve um raciocínio diagnóstico devido à importância da rápida identificação dessa condição clínica para a sobrevida do paciente que é acometido por ela.


Keywords


Peritonite. Meconio. Intrautero

References


AMORIM, Melania Maria Ramos de et al. Peritonite meconial como diagnóstico diferencial de ascite fetal: relato de caso. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 21, n. 6, p. 353-357, 1999.

NETTO JUNIOR, Antonio de Pádua et al. Peritonite meconial: relato de caso e revisäo da literatura. J. bras. med, p. 73-89, 1994.

BOIX-OCHOA, J. O. S. E.; LLORET, J. Meconium peritonitis. Newborn Surgery: London, Arnold publishers,, p. 471-477, 2003.

PEREIRA, Anderson S.; MARTINS, Wellington P. Obstrução intestinal: diagnóstico através da ultrassonografia. Experts in Ultrasound: Reviews and Perspectives. EURP, v. 1, n. 4, p. 216-21, 2009.

Guedes,A. Rodríguez et al. Diagnóstico prenatal de peritonitis meconial simple. Clínica e Investigación en Ginecología y Obstetricia. DOI: 10.1016/j.gine.2015.05.008

Sabetay C., Popescu I., Ciuce C. Tratat de chirurgie – volumul III - Chirurgie pediatrica. Editia a II-a. Editura Academiei Romane, 2013.

Amagada JO, Premkumar G, Arnold JM, Davies C. Prenatal meconium peritonitis managed expectantly. J Obstet Gynaecol. 2004;24(3):311-2.

Brisighelli Neto A, Caetano SM, Sorrenti R. Ascite fetal isolada. Rev. Ciênc. Méd., Campinas, 16(1):57-60, jan./fev., 2007

N. Saleh, A. Geipel, U. Gembruch, A. Heep, A. Heydweiller, P. Bartmann, et al. Diagnóstico pré-natal e manejo pós-natal de peritonite de mecônio. J Perinat Med, 37 (2009), pp. 535-538

C.N. Wang, S.D. Chang, A.S. Chao, T.H. Wang, L.H. Tseng, Y. Chang. Peritonite de mecônio no útero -O valor do diagnóstico pré-natal na determinação do desfecho neonatal, Taiwan. J Obstet Gynecol, 47 (2008), pp. 391-396

C. Puccetti, M. Contoli, F. Bonvicini, F. Cervi, G. Simonazzi, G. Gallinella, et al. Parvovírus B19 na gravidez: Possíveis consequências da transmissão vertical. Prenat Diagn, 32 (2012), pp. 897-900.

Eckoldt F, Heling KS, Woderich R, et al. Meconium peritonitis and pseudo-cyst formation: prenatal diagnosis and post-natal course. Prenat Diagn. 2003;23:904–8

Ramesh JC, Chow TW, Yik YI, Ramanujam TM. Meconium peritonitis: prenatal diagnosis and postnatal management – a case report. Med J Malaysia. 1999; 54 (4):528-30.

SAITUA D, FRANCISCO; LOPETEGUI C, SOLEDAD e SOTO U, FERNANDO. Peritonite meconial: Uma experiência clínica. Rev. chil. pediatra. [online]. 2011, vol.82, n.3 [citado 2021-05-24], pp.218-224.

Costa MP, Feitosa HN, Cordeiro KM, Colares JH, Barros FC, Moreira SO, et al. Diagnóstico pré-natal de peritonite meconial – relato de caso. Ver Med UFC. 2017 jan-abr; 57(1):52-55.

Matos APP, Duarte LB, Castro PT, Daltro P, Werner Jr HW, Araujo Júnior E. Avaliação do abdome fetal por ressonância magnética. Parte 1: malformações da cavidade abdominal. Radiol Bras. 2018 Mar/Abr;51(2):112–118

BESA C, CECILIA; GARCIA B, CHRISTIAN. Caso Clínico-Radiológico. Rev. chil. pediatra., Santiago , v. 80, n. 5, p. 475-478, outubro. 2009

Agboola AJ, Stokes IM, Jones A. Na unusual presentation of meconium peritonitis. J Obstet Gynaecol. 2004; 24 (1):90-1

Mellado OJO, Guarda MJV, Sepúlveda AEM, Cortés VNO, Rodríguez DS. Diagnóstico prenatal y enfrentamiento postnatal de peritonitis meconial, a propósito de un caso. Rev. Ped. Elec. [en línea] 2019, Vol 16, N°3. ISSN 0718-0918




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-291

Refbacks

  • There are currently no refbacks.