Enfisema bolhoso gigante idiopático em paciente jovem: Relato de caso/ Idiopathic giant bullous emphysema in a young patient: a case report

Pedro Henrique Batista de Souza Ferreira, Jéssica Jeanne Dias, Michela Oliveira Rosado, Lucas de Rezende Fonseca Giani, Raelma Pereira de Almeida e Silva, Thélia Cruz de Souza, Bárbara Helena dos Santos Neves, Amanda Naves Nunes, Raysa Murça Andrade Souza, Vitoria Torrano Carvalho Pereira, Wallace Antunes Damasio do Nascimento, Yago Gonçalves Rosa Prestes

Abstract


INTRODUÇÃO:O enfisema bolhoso é uma condição crônica e progressiva que resulta da degeneração do espaço aéreo pulmonar, formando uma ou múltiplas bolhas. É uma síndrome clínica rara e na maioria dos casos têm como principais sintomas a dispneia, tosse, dor no peito e baixa tolerância a exercícios.OBJETIVOS:O objetivo do trabalho é apresentar um relato de caso sobre esta patologia. APRESENTAÇÃO DO CASO:  Paciente CMTF, de 51 anos de idade, sexo masculino, natural e procedente de Goiânia, Goiás, com queixa de dispneia progressiva há 15 meses com piora progressiva de mais rápida evolução nas últimas três semanas evoluindo com dispneia de repouso. Foi solicitado tomografia computadorizada de tórax que evidenciou um padrão difuso de enfisema bolhoso pulmonar. DISCUSSÃO: Tomando como base a escassez de relatos de casos descritos na literatura mundial, o enfisema bolhoso gigante em pacientes jovens, também conhecida como síndrome do pulmão evanescente, é uma síndrome rara e ainda sem uma etiologia bem definida. CONCLUSÃO: Logo, é importante que esse diagnóstico aconteça para que o devido tratamento seja proposto. Independente da técnica utilizada, a bulectomia leva a melhoras clínicas e funcionais, além de reduzir complicações como ruptura das bolhas, pneumotórax, infecções, êmbolos sépticos, abscesso pulmonar, hemoptises, empiema, bronquiectasias e, mais raramente, transformação neoplásica. 

 


Keywords


Enfisema bolhoso, bulectomia, pneumotorax.

References


¹ IM Y, FAROOQI S, MORA A. Vanishing lung syndrome. Baylor University Medical Center Proceedings, v.29, n.4.2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5023297/?report=reader. Acesso em 31 Maio 2021.

² FERREIRA JUNIOR, E.G.F. Giant bullous emphysema mistaken for traumatic pneumothorax. 2019, P. 54-54, V. 56. Disponivel em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2210261219300653?via%3Dihub Acesso em: 26 Maio 2021.

³ SILVA, A. Abordagem fisioterapêutica em pacientes no pós-operatório de ressecção de bolha enfisematosa: uma revisão de literatura. Monografia (Pós-Graduação em Terapia Intensiva) – Faculdade de Fisioterapia, Faculdade Ávila, Manaus, p.12. 2013.

STERN, EJ, WEBB, W. R.; MULLER, N. L. Idiopathic Giant Bullous Emphysema (Vanishing Lung Syndrome): Imaging Findings in Nine Patients. AJR, American Journal of roentgenology (1994) P. 279-282. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/8310909 Acesso em: 26 maio 2021.

BOTTER, M. Tratamento operatório das bolhas pulmonares gigantes. Rev. Assoc. Med. Bras. V. 53 n. 3, Jun 2007 . Disponivel em: https://www.scielo.br/j/ramb/a/sK3sRqCVbtXDy8qNTgFMhZv/?lang=pt Acesso em: 26 Maio 2021.

GREENBERG, J.A. Giant bullous lung disease: evaluation, selection, techniques, and outcomes. Chest Surg Clin N Am 13 (2003) 631 – 649. Disponivel em: https://www.thoracic.theclinics.com/article/S1052-3359(03)00095-4/abstract Acesso em: 26 Maio 2021.

TAY, C.K. A breath from Houdini - A case of giant bullous emphysema. International Journal of Surgery Case Reports V. 14 , 2015 , P. 30-33 Disponivel em:https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2213007114000550 Acesso em: 26 Maio 2021.

JOHNSON, MK, et al. “Large lung bullae in marijuana smokers” Thorax 55.4 (2000): 340-342. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/10722775/ Acesso em 31 maio 2021.

TSAO, Y.-T.; LEE, S.-W. Vanishing lung syndrome. Canadian Medical Association Journal, v. 184, n. 18, p. E977, 2012. Disponível em:https://www.cmaj.ca/content/184/18/E977 Acesso em 31 maio 2021.

PALLA, A. Cirurgia eletiva para enfisema bolhoso gigante : um acompanhamento clínico e funcional de 5 anos. CHEST V.128, P. 2043-2050, 2005. Disponivel em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0012369215526019 Acesso em: 26 maio 2021.

KOPINSKY H et al. Where's her parenchyma? idiopathic giant bullous emphysema in a young woman. Chest vol158 n4 p1163, 2020. Disponivel em:https://journal.chestnet.org/article/S0012-3692(20)33246-3/fulltext




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-256

Refbacks

  • There are currently no refbacks.