Hipertensão induzida pela gravidez: fatores predisponentes, riscos à saúde da mulher e tratamento / Pregnancy-induced hypertension: predisposing factors, women's health risks and treatment

Matheus Martins da Cruz, Ana Clara Guimarães de Castro, Feliphe Prado de Alcântara, Helena Quintão de Albergaria Caus, Júlia Maria Soares da Silva, Julia Melo Neves, Maria Luiza Brandão de Faria, Paula Henriques Prata de Oliveira

Abstract


INTRODUÇÃO: A gravidez é um processo fisiológico que normalmente ocorre sem intercorrências, no entanto, algumas gestantes podem ter complicações. Cerca de 10% das gestações cursam com Síndromes Hipertensivas na Gravidez (SHG), um grave problema de saúde pública pela alta incidência e morbimortalidade materna e perinatal. METODOLOGIA Trata-se de uma revisão de literatura realizada entre setembro e outubro de 2021, na qual utilizaram-se os descritores Hypertension, Pregnancy-Induced, Hipertensão Induzida pela Gravidez em pesquisa nas bases de dados  Scielo, BVS e PubMed. RESULTADOS: Foram selecionados 28 estudos publicados entre 2013 e 2020. Desses, 14 se apresentaram como de maior relevância, abrangendo estudos de coorte prospectivos e retrospectivos, revisões sistemáticas, caso-controle e metanálises . DISCUSSÃO: O período gestacional está associado a grandes alterações fisiológicas no organismo materno para permitir uma gravidez saudável. No entanto, algumas gestantes cursam com complicações, sendo uma delas o aumento da pressão arterial. O diagnóstico de pré-eclâmpsia é feito clinicamente quando a gestante apresenta 2 medidas pressóricas ≥ 140 x 90 mmHg e proteinúria após 20 semanas. CONCLUSÃO: O índice de massa corporal alto é um importante fator de risco para a hipertensão durante a gestação. Quanto à profilaxia de pré-eclâmpsia, tem-se a aspirina como droga de escolha e, para o tratamento da hipertensão na gestação, a droga de primeira linha é a nifedipina.

 

 


Keywords


Gravidez de Alto Risco, Hipertensão Induzida pela Gravidez, Complicações Cardiovasculares na Gravidez, Gravidez.

References


A RAZAK,; A FLORENDO-CHIN,; BANFIELD, L; WAHAB, M G Abdul; MCDONALD, S; SHAH, P s; A MUKERJI,. Pregnancy-induced hypertension and neonatal outcomes: a systematic review and meta-analysis. Journal Of Perinatology, [S.L.], v. 38, n. 1, p. 46-53, 2 nov. 2017. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1038/jp.2017.162.

ABALOS , Edgardo; CUESTA, Cristina; GROSSO, Ana L; CHOU, Doris; SAY, Lale. Global and regional estimates of preeclampsia and eclampsia: a systematic review. Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol., [s. l.], v. 170, ed. 1, setembro 2013. DOI 10.1016/j.ejogrb.2013.05.005. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23746796/. Acesso em: 15 set. 2021

CARVALHO, Laís; DELGADO, Francisco; GRINCENKOV, Fabiane. PSYCHOSOCIAL FACTORS AND GESTATIONAL RISK: a review of the literature. Psicologia, Saúde & Doença, [S.L.], v. 20, n. 1, p. 170-179, 31 mar. 2019. Sociedad Portuguesa de Psicologia da Saude. http://dx.doi.org/10.15309/19psd200114. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Lais-De-Carvalho-2/publication/336838021_FATORES_PSICOSSOCIAIS_E_RISCO_GESTACIONAL_REVISAO_DA_LITERATURA/links/5db5c4a1a6fdccc99da8a0a2/FATORES-PSICOSSOCIAIS-E-RISCO-GESTACIONAL-REVISAO-DA-LITERATURA.pdf. Acesso em: 17 set. 2021.

CAPRISTO, GP; GENTA, LS. Relato de caso: hipertensão arterial crônica na gestação. Unicesumar – Universidade Cesumar, Maringá, 2020. Disponível em: . Acesso em: 17 set. 2021.

DALMÁZ, Caroline Abrão; SANTOS, Kátia Gonçalves dos; BOTTON, Mariana Rodrigues; ROISENBERG, Israel. Risk factors for hypertensive disorders of pregnancy in Southern Brazil. Revista da Associação Médica Brasileira, [S.L.], v. 57, n. 6, p. 692-696, nov. 2011. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1590/s0104-42302011000600018

DAMASCENO, Ana Alice de Araújo; MALTA, Maíra Barreto; NEVES, Paulo Augusto Ribeiro; LOURENÇO, Bárbara Hatzlhoffer; BESSA, Andréa Ramos da Silva; ROCHA, Danúzia da Silva; CASTRO, Márcia Caldas de; CARDOSO, Marly Augusto. Níveis pressóricos e fatores associados em gestantes do Estudo MINA-Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, [S.L.], v. 25, n. 11, p. 4583-4592, nov. 2020. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320202511.31742018.

DUTRA, Gláucya et al. Prenatal Care and Hypertensive Gestational Syndromes: a systematic review. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia / Rbgo Gynecology And Obstetrics, [S.L.], v. 40, n. 08, p. 471-476, 20 jun. 2018. Georg Thieme Verlag KG. http://dx.doi.org/10.1055/s-0038-1660526. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbgo/a/8F77pjXMrDprNs7wKbF3MpH/?lang=en. Acesso em: 17 set. 2021.

Gestational Hypertension and Preeclampsia. Obstetrics & Gynecology, [S.L.], v. 135, n. 6, p. 237-260, jun. 2020. Ovid Technologies (Wolters Kluwer Health). http://dx.doi.org/10.1097/aog.0000000000003891.

GONÇALVES, ACO; THEODOROPOULOS, TAD. Manejo de doenças hipertensivas gestacionais: revisão de diagnóstico, tratamento e prevenção. Rev. Corpus Hippocraticum, jan, 2020, v.1, n.1.

KULKARNI, Madhavi Thombre et al. Pregnancy hypertension and its associations with pre-pregnancy depression, anxiety, antidepressants, and anxiolytics. Pregnancy Hypertension, [S.L.], v. 16, p. 67-74, abr. 2019. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.preghy.2019.03.003. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31056161/. Acesso em: 17 set. 2021.

LIU FM, ZHAO M, WANG M, YANG HL, LI L. Effect of regular oral intake of aspirin during pregnancy on pregnancy outcome of high-risk pregnancy-induced hypertension syndrome patients. Eur Rev Med Pharmacol Sci. 2016 Dec;20(23):5013-5016. PMID: 27981529.

MALIK, Roopa; KUMAR, Viral. Hypertension in Pregnancy. Advances In Experimental Medicine And Biology, [S.L.], p. 375-393, 2016. Springer International Publishing. http://dx.doi.org/10.1007/5584_2016_150.

MAGALHÃES, Elizabeth Soares da Silva; MÉIO, Maria Dalva Barbosa Baker; PEIXOTO-FILHO, Fernando Maia; GONZALEZ, Sayonara; COSTA, Ana Carolina Carioca da; MOREIRA, Maria Elisabeth Lopes. Pregnancy-induced hypertension, preterm birth, and cord blood adipokine levels. European Journal Of Pediatrics, [S.L.], v. 179, n. 8, p. 1239-1246, 15 fev. 2020. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/s00431-020-03586-8.

MARTINEZ, Nathalia Franco; FILGUEIRA, Gabriela Campos de Oliveira; MACHADO, Jackeline de Souza Rangel; SANTOS, José Eduardo Tanus dos; SANDRIM, Valéria Cristina; DUARTE, Geraldo; CAVALLI, Ricardo de Carvalho. Características clínicas e laboratoriais de gestantes com pré-eclâmpsia versus hipertensão gestacional. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, [S.L.], v. 36, n. 10, p. 461-466, out. 2014. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/so100-720320140005029.

QU, Hongmei; KHALIL, Raouf A.. Vascular mechanisms and molecular targets in hypertensive pregnancy and preeclampsia. American Journal Of Physiology-Heart And Circulatory Physiology, [S.L.], v. 319, n. 3, p. 661-681, 1 set. 2020. American Physiological Society. http://dx.doi.org/10.1152/ajpheart.00202.2020.

REDDY, Snigdha; JIM , Belinda. Hypertension and Pregnancy:: Management and Future Risks. Adv Chronic Kidney Dis, [s. l.], v. 26, ed. 2, p. 137-145, março 2019. DOI 10.1053/j.ackd.2019.03.017. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31023448/. Acesso em: 15 set. 2021.

SAMPAIO, C. A. C.; ALVES, F. K.; FALK, V. C. V. Arranjo socioprodutivo de base comunitária: Interconectando o turismo comunitário com redes de Comércio justo. Turismo Visão e Ação, v. 10, n 2. p. 244-262, 2008.

SINGER, P. Introdução à economia solidária. 3ª ed. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2002.

SOARES, Vânia Muniz Néquer et al. Causas de mortalidade materna segundo níveis de complexidade hospitalar. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 34, p. 536-543, 2012.

TOMASINI, FS et al. Tratamento de hipertensão gestacional grave na urgência: revisão de diretrizes. Abr, 2018.

WU, Rong; WANG, Tingting; GU, Rungui; XING, Dexiu; YE, Changxiang; CHEN, Yan; LIU, Xiaoling; CHEN, Lizhang. Hypertensive Disorders of Pregnancy and Risk of Cardiovascular Disease-Related Morbidity and Mortality:: A Systematic Review and Meta-Analysis. Cardiology, [s. l.], v. 145, ed. 10, p. 633-647, 25 ago. 2020. DOI 10.1159/000508036. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32841945/. Acesso em: 15 set. 2021




DOI: https://doi.org/10.34119/bjdv7n10-206

Refbacks

  • There are currently no refbacks.