Distração osteogênica mandibular na síndrome de Pierre Robin / Mandibular osteogenic distraction in Pierre Robin syndrome

Ana Clara Camargo Rocha, Arthur Vasconcelos do Vale, Clara Martins Resende de Souza, Daniel Martucheli Sena, João Victor de Miranda Avelar, Júlia Diniz Marra Vieira, Marina Gontijo Tuyama, Rachel Pimentel Romano Silveira, Silvia Andrade Lopes

Abstract


A síndrome de Pierre Robin (SPR) é uma condição congênita caracterizada, na maioria dos casos, por micrognatia, glossoptose e presença de fissura palatina, na qual as principais consequências existentes são a dificuldade de alimentação dos pacientes e a obstrução das vias aéreas. Para a maioria dos indivíduos, estão indicadas condutas terapêuticas conservadoras, como a alimentação realizada em decúbito ventral e fisioterapia. Porém, em alguns casos, a obstrução respiratória requer tratamentos invasivos cirúrgicos, como a distração osteogênica mandibular (DOM), que visa melhorar a deglutição e a estrutura facial do paciente. Essa intervenção cirúrgica consiste em osteotomia seguida do implante de um fixador externo para promover melhor abertura da cavidade oral. Assim, é possível aumentar permanentemente a estrutura da mandíbula, permitindo espaço adequado para a língua e proporcionando correção definitiva, tanto na obstrução das vias aéreas, quanto na micrognatia. Logo, o aperfeiçoamento da técnica cirúrgica da DOM mostra-se como uma necessidade importante para melhorar a condição de vida desses pacientes.


Keywords


Síndrome Pierre Robin, Distração osteogênica mandibular, Osteotomia Mandibular.

References


CAYRES, Kayo Oliveira. Abordagem Terapêutica na Sequência de Pierre Robin. 2012. 39 f. Monografia (Especialização) - Curso de Medicina, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.

COSTA, A L. O efeito da distração osteogênica mandibular na via aérea e na polissonografia em crianças com sequência de Pierre Robin. 2018. 79 f. Tese (Mestrado) - Curso de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

DUARTE, Daniele Walter. Sequência de Pierre Robin : um estudo morfológico da mandíbula, suas implicações na gênese e gravidade da doença; e no manejo cirúrgico. 2020. 113 f. Tese (Doutorado) - Curso de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2020.

Distrator osteogênico mandibular – BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE 2019, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Disponível em: http://conitec.gov.br/images/Relatorios/2019/Relatorio_Distrator_Osteogenico_FINAL_430_2019.pdf. Acessado em: 03/05/2021.

LOREA, Cláudia Fernandes. Caracterização clínica da sequência de Pierre Robin no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 2016. 63 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

MARQUES I L. et al. Seqüência de Robin: protocolo único de tratamento. Jornal de Pediatria, [S.L.], v. 81, n. 1, p. 14-22, fev. 2005. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0021-75572005000100005.

MIRANDA-FILHO A. Aspectos multidisciplinares e manifestações clínicas secundárias da sequência de Pierre Robin: uma revisão integrativa. Revista de Atenção à Saúde, V. 18, n. 66, p. 286-300, dez. 2020, ISSN 2359-4330.

OLIVEIRA, Cristiano C.; DOMINGUES, Maria Aparecida C.. Pierre Robin sequence: case report, the relevance of autopsy. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, [S.L.], v. 51, n. 5, p. 335-338, out. 2015. GN1 Genesis Network. http://dx.doi.org/10.5935/1676-2444.20150054.

PAULA, Raul Gonçalves. Elação entre sequência de Robin e síndrome de Stickler. Rev Bras Cir Craniomaxilofac, Bauru, v. 3, n. 13, p. 132-138, 2010.

PIRANA S. et al. Distrac?a?o osteoge?nica da si?nfise mandibular como opc?a?o de tratamento da si?ndrome da apneia e hipopneia do sono em paciente com seque?ncia de Pierre – Robin. SALUSVITA, Bauru, v. 38, n. 2, p. 401-408, 2019.

RESENDE D G. et al. Síndrome de Pierre Robin associada à Síndrome de Duane familiar do tipo III. Revista Brasileira de Oftalmologia, v. 78, n. 1, p. 46-48, 2019.

SALMEN, Izabel Cristina Drago Marquezine. Avaliação da dificuldade respiratória na sequência de Robin: estudo clínico e polissonografico. 2015. 69 f. Tese (Doutorado) - Curso de Medicina, Universidade de São Paulo, Bauru, 2015

SATO F R L. et al. Sequência de Pierre Robin–etiopatogenia, características clínicas e formas de tratamento. Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentaria e Cirurgia Maxilofacial, v. 48, n. 3, p. 161-166, 2007.

VACCARI-MAZZETI M P. et al. Distração osteogênica e tratamento ortopédico na síndrome de Pierre Robin. Arquivos Catarinenses de Medicina, São Paulo, v. 38, n. 01, p. 52-54, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-129

Refbacks

  • There are currently no refbacks.