Cadastro de doadores de medula óssea – Descrição de um experimento / Registration of bone marrow donors - Description of an experimente

Ruth Cristini Torres, Natacha Vieira Silva, Josefa Rayane Santos Silveira, Michelle Costa Fonseca, Weber de Santana Teles, Marcel Vinícius Cunha Azevedo, Max Cruz da Silva, Ana Fátima Souza Melo de Andrade, Alejandra Debbo, Paulo Celso Curvelo Santos Junior, Maria Hozana Santos Silva, Ângela Maria Melo Sá Barros

Abstract


O transplante de medula óssea favorece a terapêutica de inúmeras doenças do sistema imunológico e as doenças relacionadas ao sangue, com enorme envolvimento dos sistemas do indivíduo.  O procedimento terapêutico é efetuado através da anulação do tecido hematopoiético e imunológico do paciente pelo meio do tratamento de substancias químicas ou radiação. De acordo com Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos, 2019 cerca de 3.805 indivíduos foram transplantados. Dados apresentados pelo registro nacional de doadores voluntários de medula óssea (REDOME), informa que cerca de 5.419.941 indivíduos estão cadastrados como doadores. Trata-se de um projeto de extensão universitária que objetiva aumentar o número de doadores voluntários de medula óssea provenientes de Sergipe, aprimorar a técnica de punção venosa e coleta de sangue dos acadêmicos de enfermagem participantes; identificar o nível de conhecimento dos participantes sobre medula óssea. Foi desenvolvido um estudo com abordagem quali-quantitativa com uma amostra de 564 pessoas, aplicando-se um roteiro semiestruturado para identificação do nível de conhecimento sobre doação de medula óssea. Evidenciou-se a efetividade positiva do projeto, visto que houve um aumento de doadores cadastrados e melhora da habilidade dos acadêmicos participantes para coleta de sangue.


Keywords


Transplante de medula óssea, Seleção do doador, Estudantes de enfermagem.

References


Alexandra M. Watanabe, Claudete A. Omotto, Leonardo Di Colli, Viviane M. H. Hayashi. Percepção da comunidade nipo-brasileira residente em Curitiba sobre o cadastro de medula óssea. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. 2010;32(2):136-140.

ALVES, J. C. M.; PAULO, R. R. D.; LOPES, J. E. F. Quem tem medo do procedimento cirúrgico na doação de medula óssea? Um estudo com jovens universitários uberlandenses. Encontro de gestão e negócios, 2018.

ANDRÉA PORCHER ALVES. Fatores que envolvem a decisão de doar medula óssea entre usuários do SUS de um hospital público de Porto Alegre/RS. Curso de Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde. 2010.

ASSOCIAÇÃO DA MEDULA ÓSSEA (AMEO). Como posso me tornar um doador? São Paulo, 2020. Disponível em: https://ameo.org.br/doador/. Acesso em: 30 jun. 2021.

Bicalho MG, Ruiz TM, da Costa SMC, Zacarias FR. Haplótipos HLA mais freqüentes em doadores voluntários de medula óssea de Curitiba, Paraná. Rev Bras Hematol Hemoter. 2002;24(4):1.

BRANDÃO, Thamires Soares; MOTA, Naiana; SANTOS Pizzolato, dos Anandra. Conhecimento de estudantes de ensino médio da rede particular e pública a respeito de transplante e doação de órgãos e tecidos. Amazônia: Science & Health, v. 4, n. 1, p. 2-9, 2016.

BRANDÃO, Thamires Soares; MOTA, Naiana; SANTOS Pizzolato, dos Anandra. Conhecimento de estudantes de ensino médio da rede particular e pública a respeito de transplante e doação de órgãos e tecidos. Amazônia: Science & Health, v. 4, n. 1, p. 2-9, 2016.

BRASIL. Coordenção técnica do setor de Saúde e Vigilância Sanitária. Mais de cinco milhões de pessoas estão cadastradas em rede de doadores de medula óssea, 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

BRASIL. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea REDOME). Conheça o REDOME. Rio de Janeiro, 2021a. Disponível em: http://redome.inca.gov.br/. Acesso: 30 jun. 2021.

Coelho, P., Ibiapina, I., Silva, Á. L. L. d., & Guimarães, D. B. Predisposição para Doação de Medula Óssea à Luz da Teoria do Comportamento Planejado. Teoria e Prática em Administração (TPA), 9(1), 2019.

Diniz de Jesus, João Marcos Ribeiros Paiva Xavier, Gustavo Ribeiro Mesquita, Mariana da Cruz Andrade, Karolina Moreira dos Santos, Arthur Gomes Pidde, Rafaianne Santos Veloso, Arthur Sodré de Mendonça, Mercielle Ferreira Silva Martinelle , Lucio Kenny Morais. O impacto das campanhas de conscientização no número de doadores de medula óssea e os efeitos causados pelo covid-19. Brazilian Journal of Health Review. 2021.

EITELVEN, Tatiane et al. Aplicações Biológicas de Células-tronco: Benefícios e Restrições. Revista Interdisciplinar de Ciência Aplicada, v. 2, n. 3, p. 16-25, 2017.

Érika Arantes de Oliveira, Manoel Antônio dos Santos, Ana Paula Mastropietro, Júlio César Voltarelli. Repercussões Psicológicas do Transplante de Medula Óssea no Doador Relacionado. Psicologia Ciência e Profissão, 2007, 27 (3), 430-445.

FIL (Filgrastim): novo medicamento. Brasília, 2021.

Machado VOC, Leal KPH, Moscatello ELM, organizadores. Transplante de medula óssea: abordagem multiprofissional. São Paulo: Lemar; 2009. p. 346.

NASCIMENTO, Andressa Arruda do et al. Cuidado de enfermagem no processo de doação de sangue: percepção dos profissionais e dos usuários. Rev. enfermagem Cent.-Oeste Min, v. 5, n. 1, p. 1497-1504, 2015.

Queiroz Cunha, J. ., Guerra Lima, E. ., Rodrigues, W. F. ., & Silva Leandro, M. . (2020). DISTRIBUIÇÃO MACRORREGIONAL DE DOADORES DE MEDULA ÓSSEA E AS POLÍTICAS PÚBLICAS. Revista Multidisciplinar Em Saúde. . 1 n. 2 (2020).

Shama WI. The experience and preparation of pediatric sibling bone marrow donors. Soc Work Health Care1998; 27(1):89-95.

SOARES, Leone Maria Damasceno; LEITE, Raquel Gomes; ROCHA, Francisca Cecília Viana. Conhecimento dos graduandos de uma instituição de ensino superior sobre a doação de órgãos. Revista Interdisciplinar, v. 8, n. 2, p. 154-164, 2015.

SOUZA NETO, Vinicius Lino de et al. Transplante de medula óssea: diagnósticos de enfermagem em receptores. Rev. enfermagem UFPI, v. 4, n. 4, p. 88-93, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-122

Refbacks

  • There are currently no refbacks.