Perfil epidemiológico de pacientes vítimas de queimadura / Epidemiological profile of patients victims of burns

Zenória Rosa, Tadeu Henrique de Lima

Abstract


Este estudo objetivou realizar uma revisão de literatura sobre o perfil de pacientes queimados e as principais causas das queimaduras, com enfoque na prevenção, no cuidar e na conscientização das sequelas adquiridas pela população vítima de queimaduras. O presente estudo foi norteado por pesquisas na base de dados, BVS, SciELO, BDENF, IBCTY OASIS BR, EBSCO, BVS e Google acadêmico. As queimaduras são lesões traumáticas no tecido de revestimento do corpo resultantes de acidentes com agentes quente ou frio, elétrico, químico ou radioativo e podem ser classificadas em quatro graus e com tratamentos específicos. A atuação do enfermeiro e da equipe interdisciplinar proporciona uma assistência de maneira integral e segura, objetivando o tratamento dos pacientes vítimas de queimaduras visando minimizar as sequelas físicas e psicológicas, bem como o aporte no estado emocional. Concluiu-se que o ambiente doméstico é o lugar de maior prevalência e que crianças e idosos são os mais susceptíveis. Os principais agentes causadores são líquidos quentes e álcool. A equipe de enfermagem tem um papel importante no tratamento de pacientes queimados, devendo focar no contexto assistencial e educativo. O desenvolvimento de campanhas educativas torna-se necessário para promover a prevenção.


Keywords


Mulheres, Perfil Epidemiológico, Queimaduras.

References


ANAMI, E. H. T. Gerenciamento do cuidado de enfermagem ao paciente queimado. Revista Brasileira de Queimaduras, v.18, n.3, p.139, 2019.

ARAÚJO, L. G. et al. O lúdico na prevenção de acidentes domésticos na infância: um relato de experiência. Extensio: Revista Eletrônica de Extensão, v.18, n.38, p.221-227, 2021.

BARUFFI, N. G. V.; CALDEIRA, S. M.; CORRENTE, J. E.; PAPINI, S. J. Impacto da utilização dos bundles para prevenção de infecções em pacientes queimados. In: Jornada Brasileira de Queimaduras, X. [Anais]... Revista Brasileira de Queimaduras, v.16, n.2, p.14, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada. Cartilha para tratamento de emergência das queimaduras. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. Disponível em: pesquisa.bvsalud.org/bvsms/resource/pt/mis-3572. Acesso em: 15 out. 2020.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 12.026, de 9 de setembro de 2009. Institui o Dia Nacional de Luta contra Queimaduras. Publicado no Diário Oficial da União de 10.9.2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L12026.htm#:~: text=LEI%20N%C2%BA%2012.026%2C%20DE%209,Nacional%20de%20Luta%20contra%20Queimaduras. Acesso em: 06.maio.2021.

BRITO, J. G.; MARTINS, C. B. G. Queimaduras domésticas na população infantojuvenil: atendimentos de urgência e emergência. Revista Eletrônica de Enfermagem [Internet], v.18, p.e1139, 2016 Disponível em: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v18.32141. Acesso em: 29.maio.2021.

CAMUCI, M. B. et al. Nursing activities score: nursing work load in a burns intensive care unit. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v.22, n. 2, p.325-331, 2014.

CAVALCANTI, R. B. Atuação fonoaudiológica em pacientes acometidos por queimaduras de face e pescoço: revisão bibliográfica. 32f. 2018. TCC (Bacharel em Fonoaudiologia) - Centro Universitário UNINOVAFAPI, Teresina, 2018. Disponível em: https://assets.uninovafapi.edu.br/arquivos/old/arquivos _academicos/repositorioBiblioteca/fonoaudiologia. Acesso em: 30 nov. 2020.

COSTA, G. O. P.; SILVA, J.A.; SANTOS, A. G. Perfil clínico e epidemiológico das queimaduras: evidências para o cuidado de enfermagem. Ciência & Saúde, v.8, n.3, p.146-155, 2015.

DALMEDICO, M. M. et al. Coberturas de ácido hialurônico no tratamento de queimaduras: revisão sistemática. Revista Escola Enfermagem USP, v.50, n.3, p.522-528, 2016.

DASSIE, L. T. D.; ALVES, E. O. N. M. Centro de tratamento de queimados: perfil epidemiológico de crianças internadas em um hospital escola. Revista Brasileira de Queimaduras, v.10, n.1, p. 10-4, 2011. Disponível em: www2.ufpel.edu.br/cic/2012/ anais/pdf/CS/CS_01168.pdf. Acesso em: 20 nov.2020.

GAWRYSZEWSKI, V. P.; BERNAL, R. T. I.; SILVA, N. N. et al. Atendimentos decorrentes de queimaduras em serviços públicos de emergência no Brasil, 2009. Caderno de Saúde Pública, v.28, n.4, p.629-640, 2012.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIORDANI, A. T.; SONOBE, H. M.; GUARINI, G.; STADLER, D. V. Complicações em pacientes queimados: revisão integrativa. Revista Gestão & Saúde, v.07, n.02, p.535-548, 2016.

GOMES, D. R.; SERRA, M. C.; PELLON, M. A. Tratado de queimaduras: um guia prático. São José: Revinter, 2012.

GRECO JÚNIOR, J. B.; MOSCOZO, M. V. A.; LOPES FILHO, A. L.; MENEZES, C. M. G.; TAVARES, F. M.O.; OLIVEIRA, G. M. et al. Tratamento de pacientes queimados internados em hospital geral. Revista Sociedade Brasileira Cirurgia Plástica, v.22, n.4, p.228-232, 2007. Disponível em: rbqueimaduras.com.br/ details/97/pt-BR. Acesso em: 16 set.2020.

GUANABARA, C. C.; STANICH, P.; OLIVEIRA, A. F.; FERREIRA, L. M. Avaliação da terapia nutricional em pacientes queimados. In: Jornada Brasileira de Queimaduras, X. [Anais]... Suplemento Revista Brasileira de Queimaduras, v.16, n.2, p.9-10, 2017.

JUNQUEIRA, L. C.; CARNEIRO, J. Histologia básica: texto e atlas. 12.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.

JUNQUEIRA, L. C.; CARNEIRO, J. Pele e anexos. In: ______. Histologia básica. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008. p. 359-360.

MARCONI, Mariana de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2010

MARQUES, M. D.; AMARAL, V.; MARCADENTI, A. Perfil epidemiológico dos pacientes grandes queimados admitidos em um hospital de trauma. Revista Brasileira de Queimaduras, v.13, n.4, p.232-235, 2014.

Disponível em: rbqueimaduras.org.br/export- pdf/224/v13n4a04.pdf. Acesso em: 20 nov.2020.

MARTINS, J. T. et al. Sentimentos vivenciados pela equipe queimados. Escola Anna Nery, v.18, n.3, p.522-526, 2014.

MONT'ALVERNE, S. Com isolamento social rígido, cuidados com acidentes domésticos devem ser redobrados. 18 de março de 2021. Disponível em: #Coronavírus #Covid-19 #Distanciamento Social #Isolamento Social #Isolamento Social Rígido #Samu 192 #Saúde #Sesa. Acesso em: 05.05.21.

MORAES, P. S. et al. Perfil das internações de crianças em um centro de tratamento para queimados. Revista Eletrônica Enfermagem, v.16, n.3, p. 598-603, 2014.

NASCIMENTO, D. K. L.; BARROS, A. C.; VIEIRA, H. W. D. Atuação da enfermagem no atendimento às urgências e emergências de pacientes vítimas de queimadura: uma análise conceitual. Revista Eletrônica Acervo Enfermagem, v. 1, n. e2122, p.1-9, 2019.

OLIVEIRA, R. A. A pele nos diferentes ciclos da vida. In: DOMANSKY, R. C.; BORGES, E. L. Manual para prevenção de lesões de pele: recomendações baseadas em evidências. Rio de Janeiro: Rubio, 2012. Cap.2, p. 9-41.

OLIVEIRA, T. S.; MOREIRA, K. F. A.; GONÇALVES, T. A. Assistência de enfermagem com pacientes queimados. Revista Brasileira de Queimaduras, v.11, n.1, p. 31-37, 2012. Disponível em: http://riec.fvs.edu.br/index.php/riec/ article/view/154. Acesso em: 17 set.2020.

PÁDUA, G. A. C.; NASCIMENTO, J. M.; QUADRADO, A. L. D. et al. Epidemiologia dos pacientes vítimas de queimaduras internados no Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados da Santa Casa de Misericórdia de Santos. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, v.32, n.4, p.550-555, 2017.

PIERINI, E.; ASSUNÇÃO, F. F. O. Recursos estéticos aplicados ao tratamento das queimaduras: revisão de literatura. MTP & Rehab. Journal, n. 12, p. 218-233, 2014.

PINHO, F. M. et al. Guideline das ações no cuidado de enfermagem ao paciente adulto queimado. Revista Brasileira de Queimaduras, v.15, n.1, p.13-23, 2016.

SALOMI, S. S.; MASSA L. D. B. Mulheres queimadas: uma revisão integrativa de publicações nacionais. Revista Brasileira de Queimaduras, v.16, n.1, p.34-44, 2017. Disponível em: www.rbqueimaduras.com.br/export-pdf/345/v16n1a07.pdf. Acesso em: 20 nov.2020.

SANTOS, C. H. S. T.; SOUZA, L. A. D.; SHIMIZU, G. S. et al. Queimadura em 85% da superfície corporal: relato de um caso. In: Jornada Brasileira de Queimaduras, X. [Anais]... Revista Brasileira de Queimaduras, v.16, n.2, p.20, 2017.

SBP – Sociedade Brasileira de Pediatria. Nota de Alerta. Prevenção de queimaduras em tempos de COVID-19. julho 2020. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22630bNA__Prevencao_Queimaduras_tempos_Covid19.pdf. Acesso em: 03.05.21.

SCHELB, M.; OLIVEIRA, M. L. C. Suicídio por queimaduras em mulheres no Distrito Federal, Brasil, no período de 2010 a 2015. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, v.34, n.4, p.509-516, 2019.

SECUNDO, C. O.; SILVA, C. C. M.; FELISZYN, R. S. Protocolo de cuidados de enfermagem ao paciente queimado na emergência: revisão integrativa da literatura. Revista Brasileira de Queimaduras, v.18, n.1, p.39-46, 2019.

VANPUTTE, C.; REGAN, J. L.; RUSSO, A. F. et al. Anatomia e fisiologia de Seeley. 10.ed. Tradução de Hilton Kempi Takahashi, Lolita Schneider Pizzolato e Maurício Krause. Porto Alegre: AMGH, 2016. Cap. 5: Sistema tegumentar, p.139-162.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-112

Refbacks

  • There are currently no refbacks.