Comparação da biomecânica do chute: em adolescentes praticantes de educação física escolar na modalidade futsal / Comparison of kick biomechanics: in adolescents practicing school education in futsal modality

Marcelo Alves de Andrade, Elcio Adami Terra, Osmar Novaes Ferreira Junior, Fábio Rodrigo Ferreira Gomes, Fernando Ikeda Tagusari, Jairo José Matozinho Cubas, Marilene F. L. Oliveira, Frank Shiguemitsu Suzuki

Abstract


O objetivo do presente estudo foi analisar o desempenho, amplitude do movimento da articulação do joelho, quadril e tornozelo, de ambas as idades, com a propósito de detectar a influência da faixa etária na execução desta tarefa. Participaram deste estudo 8 adolescentes do sexo masculinos destros divididos em 2 grupos. O G1 4 adolescentes com 12 anos. O G2 4 adolescentes com 15 anos. Todos os adolescentes efetuaram 3 chutes num alvo posicionado no meio do gol. Para o tratamento das imagens foi utilizado o software Skillspector. Após indicar as referências de calibragem e realizar a sincronização da câmera neste mesmo software. A faixa etária estabelecida para os 2 grupos desta pesquisa parece não sofrer interferências na coordenação do chute, não foi possível detectar alterações no nível de desempenho. Pode ser considerado que os alunos participantes desta pesquisa já possuem uma vivência motora nesta tarefa e apresentaram um nível de desempenho satisfatório na condição do chute com bola parada. Parece não haver muita influência na aproximação do ângulo do chute dos alunos isso parece estar ligado ao controle do movimento e não com a coordenação do chute.

 

 


Keywords


Biomecânica, Chute do Futsal, Habilidade Motora e Futsal.

References


BARBIERI, F. Biomecânica do chute: diferenças de membro dominante e não dominante. Buenos Aires, Ano 10, n.84, maio de 2008.

BARBIERI, F; MOURA, F; JUNIOR, R. Padrão cinemático do membro de suporte no chute realizado com os membros dominante e não dominante no futsal. EfDepostes. Buenos Aires, Ano 10, n.91, dezembro de 2005.

BORGHI, R. Análise da perna dominante do chutar de crianças: condições de bola parada e em movimento. 2011. Dissertação (Mestrado em educação física) Universidade de São Paulo. São Paulo 2011.

DÖRGE, H.C; ANDERSEN T.B; SORENSEN, AAGAARD, H; DYHE-POULSEN, P; KALUSEN, K. EMG activity of the iliopsoas muscle and leg kinetics during the soccer place kick. Scandinavian journal of medicine & science in sports, v. 9, n. 4, p. 195-200, 1999.

DÖRGE, H.C; ANDERSEN, T.B; SORNSEN, H; SIMONSEN, EB. Biomechanical differences in soccer kicking with the preferred and the non-preferred leg. Journal of sports sciences, v. 20, n. 4, p. 293-299, 2002.

FILHO, C; FRANÇA, E; HIROTA, V. Análise do chute de bola parada em indivíduos não praticantes de futebol. Buenos Aires, Ano 16, n.163, dezembro de 2011.

FRACCAROLI, J. L. Biomecânica: análise dos movimentos. Rio de Janeiro: Cultura Médica: 1981.

LEVANON, J; DAPENA, J. Comparison of the kinematics of the full-instep and pass kicks in soccer. Medicine and science in sports and exercise, v. 30, n. 6, p. 917-927, 1998.

MANOEL, Edison de Jesus et al. Educaçäo física escolar: fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista. EPU, 1988.

NUNOME, H; ASAI, T; IKEGAMI, Y; SAKURAI, S. Three-dimensional kinetic analysis of side-foot and instep soccer kicks. Medicine and science in sports and exercise, v. 34, n. 12, p. 2028-2036, 2002.

MCGINNIS, P. Biomecânica do esporte e exercicio Porto alegre. Editora Artmed, 2002

NUH, D; CORAZZA, S; COPPETI, F. Análise do desempenho na tarefa motora de chutar com ambos os pés. Buenos Aires, Ano 16, n.160, setembro de 2011.

SÁ, AGG; ROCHA, AWO; OLIVEIRA, AJS; PERONDI, BLB; SOUZA, PVN; CHAVES, SN; CLAEL, S; RIBEIRO, ALA. Associação entre posição e diferentes tipos de lesões em membros inferiores em atletas de futebol. Brazilian Journal of health Review.v.4, n.1. p. 1478-1486, 2021.

TAGLIARI, C. A utilização aguda de dicas na performance do chute de precisão no futebol. Ano 2009.

TEIXEIRA, C; MOTA, C. Variáveis biomecânicas do chute com o dorso do pé. Buenos Aires, v. 11, p. 104, 2007.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-082

Refbacks

  • There are currently no refbacks.