Causas do bruxismo do sono na infância: Uma revisão sistemática da literatura / Causes of childhood sleep bruxism: A systematic review of the literature

Telma Elisa Rodrigues Oliveira, Cynthia de Matos Saraiva, Emanoele Paixão da Silva Silva, Girlene Maria do Rego Bezerra

Abstract


O Bruxismo do Sono (BS) é uma ocorrência muito comum na infância, que compromete não somente a integridade da arcada dentária, como também a qualidade de vida da criança. Mesmo não havendo uma única justificativa para sua etiologia, existem pesquisas atualizadas que apontaram variadas causas que motivam crianças a desenvolverem o BS nesta fase da vida. Este estudo teve por objetivo uma pesquisa sistemática da literatura acerca de trabalhos publicados nos últimos 10 anos que objetivaram investigar as causas associadas ao BS em crianças de 0 a 12 anos. A busca foi realizada nas bases LILACS, MEDLINE, PubMed, IBECS, SciELO, ScienceDirect e Web Of Science utilizando as palavras-chaves “sleep bruxism”, “etiology of sleep bruxism children”, “children bruxism”, “cause” e “diagnosis”, todas cruzadas nos sistemas de busca utilizando os operadores booleanos AND, OR ou NOT. A partir da pesquisa inicial, foram aplicados filtros, através da análise Título, Resumo e Texto Completo, obtendo-se ao final 15 artigos das bases SciELO, ScienceDirect e Web Of Science, com base nos critérios de inclusão e exclusão pré-estabelecidos. As causas mais frequentes associadas ao BS em crianças, reportadas nos artigos pesquisados foram: má qualidade do sono, parafunções de mordedura de objetos, lábios e/ou unhas e crianças com comportamento agressivo, inquieto, ansiosas e/ou tímidas. Dentre outras causas, passaram a ser citadas também a exposição da criança ao fumo passivo (SHS) no convívio familiar, respiração oral, maloclusões, enurese noturna e a presença de alguns genes que predispõe a criança a desenvolver o BS. Ao relacionar outras possíveis causas para a etiologia do BS em crianças, com uma análise mais ampla e permitindo uma melhor observação sobre fatos antes rejeitados ou desconsiderados do rol de causas do BS, consequentemente há uma contribuição significativa no precoce diagnóstico e tratamento.

 


Keywords


Bruxismo do sono, Bruxismo infantil, Causas, Diagnóstico.

References


ALOÉ, F.; GONÇALVES, L.R.; AZEVEDO, A.; BARBOSA, R.C. Bruxismo durante o Sono. Rev. Neurociências. 11 (1): 4-17. 2003.

ALVES, V.C.; MOLITERNO, L.F.; RAMOS, M.E.; CRUZ, R.A.; CAMPOS, V. Alguns aspectos do bruxismo de interesse do odontopediatra. Rev Odontopediatria. 2:157-63. 1993.

BACH, S.L.; MOREIRA, F.P.; GOETTEMS, M.L.; BRANCHER, L.C.; OSES, J.P.; DA SILVA, R.A.; JANSEN, K. Salivary cortisol levels and biological rhythm in schoolchildren with sleep bruxism. Sleep Med. 54: 48-52. 2019.

CARVALHO, F. Bruxismo: atualização dos conceitos, prevalência e gerenciamento. Revista da APCD. 2018.

DA COSTA, S.V.; DE SOUZA, B.K.; CRUVINEL, T.; OLIVEIRA, T.M.; NETO, N.L.; MACHADO, M.A.A. M. Factors associated with preschool children's sleep bruxism. Cranio-The Journal of Craniomandibular & Sleep practice. 2021.

DE ALMEIDA, C.C.; GRÁCIO, M.C.C. Produção científica brasileira sobre o indicador “Fator de Impacto”: um estudo nas bases SciELO, Scopus e Web of Science. Encontros Bibli. 24 (54): 62-77. 2019.

DE LIMA, M.C.G.; DOS SANTOS, A.P.C.; FLHO, E.O.N.; BEZERRA, R.L.; FIGUEIREDO, R.J.A. A parafuncionalidade do bruxismo: da intervenção terapêutica multiprofissional ao uso da placa miorrelaxante. Brazilian Journal of health Review. 3 (4): 8910-8918. 2020.

DINIZ, M.B; SILVA, R.C.; ZUANON, A.C. Bruxismo na infância: um sinal de alerta para odontopediatras e pediatras. Revista Paulista Pediatria. (27): 329–3. 2009.

DOS SANTOS, T.R.; PINTOR, A.V.B.; IMPARATO, J.C.P.; TANNURE, P.N.; Control of sleeping bruxism in childhood: literature review. Rev. Rede cuid. Saúde. 14 (1): 62-76. 2020.

EMÍDIO, C.A. DA S.; SANTOS, L.F.N.; CARNEIRO, D.P.A.; SANTOS, P.R.DOS, V.; SILVIA, A.S.; VALDRIGHI, H.C. Behavioral and clinical aspects associated with probable sleep bruxism in early childhood. Revista de Odontologia da UNESP. 49 (44). 2020.

FONSECA, C.M; DOS SANTOS, M.B.; CONSANI, R.L.; DOS SANTOS, J.F.; MARCHINI, L. Incidence of sleep bruxism among children in Itanhandu, Brazil. Sleep Breath. 15 (2): 215-20. 2011.

GLÄNZEL, W.; MOED, F. H. Journal impact measures in bibliometric research. Scientometrics. 2002.

GOMES, M.C.; NEVES, É.T.; PERAZZO, M.F.; SOUZA, E.G.C.; SERRA-NEGRA, J.M.; PAIVA, S.M.; GRANVILLE-GARCIA, A.F. Evaluation of the association of bruxism, psychosocial and sociodemographic factors in preschoolers. Braz Oral Res (5) 32. 2018.

LAGANA, G.; OSMANAGIQ, V.; MALARA, V.; VENZA, N.;COZZA, P. Sleep Bruxism and SDB in Albanian Growing Subjects: A Cross-Sectional Study. Dentistry Journal. (9) 25: 1-9. 2021.

LAVIGNE, G.J.; MONTPLAISIR, J.Y. Restless legs syndrome and sleep bruxism: prevalence and association among Canadians. Sleep, Winchester. 17 (8): 739-743. 1994.

LOBBEZOO, F.; AHLBERG, J.; GLAROS, A.; KATO, T.; KOYANO, K.; LAVIGNE, G. J. Bruxism defined and graded: an international consensus. Journal of Oral Rehabilitation 40: 2–4. 2013.

MACEDO, C.R. Bruxismo do sono. Rev. Dental Press Ortodon Ortop Facial. 13 (2): 18-22. 2008.

MACHADO, E.; DAL-FABBRO, C.; CUNALI, P. A.; KAIZER, O. Prevalence of sleep bruxism in children: A systematic review. Dental Press Journal of Orthodontics. 19 (6). 54-61. 2014.

MONTALDO, L.; MONTALDO, P.; CAREDDA, E.; D'ARCO, A. Association between exposure to secondhand smoke and sleep bruxism in children: a randomised control study. Tob Control. 21 (4): 392-5. 2012.

MUTHU, K.; KANNAN, S.; MUTHUSAMY, S.; SIDHU, P. Sleep bruxism associated with nocturnal enuresis in a 6-year-old child. Cranio. 33 (1): 38-41. 2015.

NAVARRO, G.; BARADEL, A.F.; BALDINI, L.C.; NAVARRO, N.; MICHELONI, A.L.F.; PIZZOL, K.E.D.C. Hábitos parafuncionais e sua associação com o nível de atividade física em adolescentes. Br J Pain. 1 (1): 46-50. 2018.

OH, J.S.; ZAGHI, S.; GHODOUSI, N.; PETERSON, C.; SILVA, D.; LAVIGNE, G.J.; YOON, A.J. Determinants of probable sleep bruxism in a pediatric mixed dentition population: a multivariate analysis of mouth vs. nasal breathing, tongue mobility, and tonsil size. Sleep Med. 77:7-13. 2021.

OLIVEIRA, M. T.; BITTENCOURT, S. T.; MARCON, K.; DESTRO, S.; PEREIRA, J. R. Sleep bruxism and anxiety level in children. Brazilian Oral Research. 29 (1): 1-5. 2015.

RESTREPO, C.; SANTAMARÍA, A.; MANRIQUE, R. Sleep bruxism in children: relationship with screen-time and sugar consumption. Sleep Medicine. (X) 3: 1-5. 2021.

RIOS, L.T.; AGUIAR, V.N.P.; MACHADO, F.C.; ROCHA, C.T.; NEVES, B.G. Bruxismo infantil e sua associação com fatores psicológicos – Revisão sistemática da literatura. Rev. Odontol. Univ. 30 (1): 64-76, 2018.

SERRA-NEGRA, J.M.; PAIVA, S.M.; AUAD, S.M.; RAMOS-JORGE, M.L.; PORDEUS, I.A. Signs, symptoms, parafunctions and associated factors of parent-reported sleep bruxism in children: a case-control study. Braz Dent J.23 (6): 746-52, 2012.

SOARES, J. P.; GIACOMIN, A.; CARDOSO, M.; SERRA-NEGRA, J.M.; BOLAN, M. Association of gender, oral habits, and poor sleep quality with possible sleep bruxism in schoolchildren. Brazilian Oral Research, 34 (19). 2020.

SPINAK, E. Indicadores cienciométricos. Ciência da Informação. 27 (2): 141-148. 1998.

THORPY, J.M. Diagnostic Steering Committee. Neurotherapeutics. 9: 687–701. 2012.

TRAEBERT, E.; NAZÁRIO, A.C.; NUNES, R.D.; MARGREITER, S., PEREIRA, K.C.R.; COSTA, S.X.S.; TRAEBERT, J. Prevalence of Sleep Bruxism and Association with Oral Health Conditions in Schoolchildren in a Municipality in Southern Brazil. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada. 20 (19). 2020.

VIEIRA, A.R.; SCARIOT, R.; GERBER, J.T.; ARID, J.; KÜCHLER, E.C.; SEBASTIANI, A.M.; PALINKAS, M.; DÍAZ-SERRANO, K.V., TORRES, C.P.; REGALO, S.C.H.; NELSON-FILHO, P.; BUSSANELI, D.G.; DEELEY, K; MODESTO, A. Bruxism Throughout the Lifespan and Variants in MMP2, MMP9 and COMT. J Pers Med 27;10 (44): 2-8. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n5-060

Refbacks

  • There are currently no refbacks.