Estratégias alimentares utilizadas pelos atletas de fisiculturismo durante a fase de preparação – artigo de revisão / Nutritional strategies used by bodybuilders during the preparation period - review article

Stefanny Fernandes dos Santos, Fábio Martins Inácio Tavares, Naiara Furini de Souza, Fabíola Rainato Gabriel de Melo, Saulo Fabrin, Edson Donizetti Verri, Evandro Marianetti Fioco

Abstract


Os atletas de fisiculturismo participam de inúmeras competições durante o ano e os critérios de julgamento são o volume muscular, a simetria e a ausência de gordura corporal. Para alcançar o físico desejado, os atletas empregam inúmeras estratégias no período que antecede às competições como métodos de treinamento resistido, exercício aeróbico, aumento ou restrição calórica e suplementação. Para que se tenha um alto desempenho durante a fase de treinamento é necessária uma alta ingestão de carboidrato e proteínas, já que uma quantidade inadequada poderia prejudicar o treinamento e aumentar a depleção de glicogênio. O presente estudo consistiu em uma revisão bibliográfica cujo intuito foi verificar na literatura existente quais as principais estratégias alimentares utilizadas por competidores de fisiculturismo nos diferentes períodos da preparação. Os autores, citados nessa revisão, avaliaram atletas de ambos os sexos e de diferentes níveis e relataram que no período de não competição a estratégia mais utilizada consiste numa alta ingestão de macronutrientes para a obtenção de energia para os treinamentos de ganho de massa muscular/força. Já nos períodos de competição ocorre à redução progressiva da ingestão de carboidratos e gorduras e se mantém as quantidades de proteínas. Nessa fase acontece a semana de pico, que é composta de várias estratégias específicas como o carregamento clássico que envolve uma depleção de glicogênio seguido de uma supercompensação e a manipulação da quantidade de macronutrientes, ambas com objetivo de reduzir a gordura corporal para evidenciar o tônus muscular. Diante dos dados obtidos pode-se averiguar que as práticas alimentares da maioria dos atletas de fisiculturismo são de baixa qualidade, pois prioriza a alta ingestão de proteínas e na maioria das vezes uma baixa ingestão de carboidratos e lipídios, e as estratégias utilizadas na semana que antecede a competição podem apresentar sério risco à saúde do atleta.


Keywords


Atleta. Estratégias alimentares. Fisiculturismo. Preparação.

References


CHAPPELL, A. J.; SIMPER, T.; BARKER, M. E. Nutritional strategies of high level natural bodybuilders during competition preparation. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 15, n. 4, 1-12, jan. 2018. Disponível em: https://jissn.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s12970-018-0209-z Acesso em: 18 fev. 2020.

CHAPPELL, A. J.; SIMPER, T. N. Nutritional peak week and competition day strategies of competitive natural bodybuilders. Sports, v. 6, n. 4, 1-14, out. 2018. Disponível em: https://www.mdpi.com/2075-4663/6/4/126/htm Acesso em: 10 mar. 2020.

CHAPPELL, A. J.; SIMPER, T.; HELMS, E. Nutritional strategies of British professional and amateur natural bodybuilders during competition preparation. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 16, n. 35, 1-12, ago. 2019. Disponível em: https://jissn.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s12970-019-0302-y Acesso em: 10 fev. 2020.

MORAES, W. M. A. M. et al. Carbohydrate Loading Practice in Bodybuilders: Effects on Muscle Thickness, Photo Silhouette Scores, Mood States and Gastrointestinal Symptoms. Journal of Sports Science and Medicine, v. 18, n. 4, 772-779, dez. 2019. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6873117/pdf/jssm-18-772.pdf Acesso em: 10 mar. 2020.

HELMS, E. R.; ARAGON, A. A.; FITSCHEN, P. J. Evidence-based recommendations for natural bodybuilding contest preparation: nutrition and supplementation. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v.11, n.20, 1-20, mai. 2014. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4033492/pdf/1550-2783-11-20.pdf Acesso em: 20 fev. 2020.

LENZI, J. L. et al. Dietary strategies of modern bodybuilders during different phases of the competitive cycle. The Journal of Strength and Conditioning Research, abr. 2019. Disponível em: https://journals.lww.com/nsca-jscr/Abstract/9000/Dietary_Strategies_of_Modern_Bodybuilders_During. 94841.aspx Acesso em: 19 mar. 2020.

MITCHELL, L. et al. Do bodybuilders use evidence-based nutrition strategies to manipulate physique?. Sports, v. 5, n. 76, 1-13, set. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5969027/pdf/sports-05-00076.pdf Acesso em: 10 mar. 2020.

ROBINSON, S. L. et al. A nutrition and conditioning intervention for natural bodybuilding contest preparation: case study. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v.12, n.20, 1-11, mai. 2015. Disponível em: https://jissn.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s12970-015-0083-x Acesso em: 20 fev. 2020.

SPENDLOVE, J. et al. Dietary Intake of Competitive Bodybuilders. Sports Med, v.45, n.7, 1041–1063, jul. 2015. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25926019/?from_term=Spendlove+J&from_cauthor_id=25926019 &from_pos=1 Acesso em: Acesso em: 14 mar. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n4-200

Refbacks

  • There are currently no refbacks.