Consequências da hipertensão arterial entre adolescentes grávidas na região Norte/ Consequences of arterial hypertension among pregnant adolescents in the Northern region

Flamice Amaral Batista, Jerusa Souza Andrade

Abstract


A gravidez na adolescência é uma das principais causas de morte no Brasil. Este fato é preocupante devido aos riscos de saúde que estas adolescentes sofrem, entre eles, a hipertensão arterial. Neste contexto, o objetivo desta pesquisa é aprimorar os conhecimentos sobre a hipertensão arterial e suas consequências entre adolescentes grávidas na região norte. Para tanto listou-se como objetivos específicos conceituar Hipertensão e suas especificações; apresentar o cenário dos casos de gravidez na adolescência na região norte; identificar os fatores de risco para a hipertensão e refletir sobre as consequências da hipertensão arterial em adolescentes grávidas na região norte. Para tanto, foi elaborada e aplicada uma pesquisa bibliográfica em plataformas digitais que disponibilizam gratuitamente material de pesquisa digitalizado sobre este tema. Além das plataformas digitais recorre-se a materiais impressos que contribuíram para a apreensão do conhecimento sobre a problemática levantada neste estudo. O resultado da pesquisa trouxe noções atualizadas sobre o tema abordado contribuindo para o meio acadêmico e para os profissionais do campo da saúde com informações seguras e possibilitou uma reflexão sobre os meios de amenizar este problema que causa a morte de tantas meninas no Brasil. Durante a pesquisa foi possível identificar a importância de um pré-natal bem executado para evitar as alterações sistêmicas como pré-eclâmpsia e a importância de informar aos adolescentes os meios de evitar uma gravidez indesejada.


Keywords


Adolescência, Gravidez, Hipertensão.

References


BRASIL. Hipertensão Arterial Sistêmica para o Sistema Único de Saúde. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_atencao_basica15.pdf . Acesso em: 27 abr. 2021.

BRASIL. Saiba como Descobrir e Prevenir a Hipertensão Arterial.

https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2021/05/saiba-como-descobrir-e-prevenir-a-hipertensao-arterial Acesso em: 06 jun. 2021.

BVS – Biblioteca Virtual em Saúde. Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/26-4-dia-nacional-de-prevencao-e-combate-a-hipertensao-arterial-5/ Acesso em: 26 mai. 2021.

______, TELE SAÚDE SERGIPE. Quais os riscos da gestação nos extremos de idade – adolescentes e mulheres acima de 40 anos? Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/aps/resource/pt/sof-23941 Acesso em 23 jun. 2021.

BEZERRA, Elmiro Hélio Martins; ALENCAR JÚNIOR, Carlos Augusto; FEITOSA, Regina Fátima Gonçalves; CARVALHO, Arnaldo Afonso Alves de. Mortalidade materna por hipertensão: índice e análise de suas características em uma maternidade-escola. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbgo/a/6hnbhMWJZ5S48cDRnp6cbTM/?lang=pt#:~:text=A%20primeira%20gesta%C3%A7%C3%A3o%20de%20uma,nos%20extremos%20da%20vida%20reprodutiva . Acesso em: 05 jun. 2021.

CARDOSO, Fernanda Nardy; DOMINGUES, Tânia Arena Moreira; SILVA, Sidnei Seganfredo; LOPES, Juliana de Lima. Fatores de risco cardiovascular modificáveis em pacientes com hipertensão arterial sistêmica. REME • Rev Min Enferm. 2020;24:e-1275. Disponível em: https://cdn.publisher.gn1.link/reme.org.br/pdf/e1275.pdf Acesso em: 15 jun. 2021.

COSTA, Nathália Lima; SILVA, Wennyo Camilo da Silva; CUNHA Katiane da Costa. Avaliação dos desfechos obstétricos entre grávidas adolescentes e adultas: um estudo transversal em um município da Amazônia brasileira. FEMINA 2020;48(12):739-4. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2020/12/1141184/femina-2020-4812-739-746.pdf Acesso em: 12 jun. 2021.

CRUZ, Mércia Santos da; CARVALHO, Fabrícia Jóisse Vitorino; IRFF, Guilherme. Perfil socioeconômico, demográfico, cultural, regional e comportamental da gravidez na adolescência no brasil. Planejamento e Políticas Públicas | ppp | n. 46 | jan./jun. 2016. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/6577/1/ppp_n46_perfil_socioeconomico.pdf Acesso em: 20 jun. 2021.

DIAS, Giselle dos Santos. Fatores de risco associados à Hipertensão Arterial entre adultos no Brasil: uma revisão integrativa. Brazilian Journal of Development ISSN: 2525-8761 Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/22600/18111 Acesso em: 12 jun. 2021.

FERNANDES, Fábia Cheyenne Gomes de Morais; SANTOS, Emelynne Gabrielly de Oliveira; BARBOSA, Isabelle Ribeiro. Idade da primeira gravidez no Brasil: dados do inquérito nacional de saúde Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12822019000300002 Acesso em: 06 jun 2021.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed., Atlas, São Paulo, 2008.

LOPES, Mislaine Casagrande de Lima; OLIVEIRA, Rosana Rosseto de; SILVA, Marcela de Andrade Pereira da; PADOVANI, Camila; OLIVEIRA, Nelson Luiz Batista de; HIGARASHI, Ieda Harumi. Tendência temporal e fatores associados à gravidez na adolescência. Revista da Escola de Enfermagem da USP. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342020000100484 Acesso em: 10 jun. 2021.

MENDES, Eugênio Vilaça. O cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o imperativo da consolidação da estratégia da saúde da família. Brasília: Organização PanAmericana da Saúde, 2012.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Hipertensão Arterial. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/hipertensao-18/ Acesso em: 12 jun. 2021.

MOURA, Marta David Rocha de; CASTRO, Márcia Pimentel de; MARGOTTO, Paulo Roberto; RUGOLO, Lígia Maria Suppo de Souza. Hipertensão Arterial na Gestação - importância do seguimento materno no desfecho neonatal. Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP. Botucatu-SP, Brasil. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/hipertensao_arterial_gestacao.pdf Acesso em: 25 jun. 2021.

MS – MINISTÉRIO DA SAÚDE. Mais de 20 mil meninas com menos de 15 anos engravidam todos os anos. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/mais-de-20-mil-meninas-com-menos-de-15-anos-engravidam-todos-os-anos Acesso em: 03 jun. 2021.

PRODANOV, Cleber Cristiano.; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas de pesquisa e do trabalho acadêmico. 2° Edição. Universidade Feevale. Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil 2013

SITE G1. Brasil tem gravidez na adolescência acima da média latino-americana, diz OMS. Disponível em: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/brasil-tem-gravidez-na-adolescencia-acima-da-media-latino-americana-diz-oms.ghtml Acesso em: 28 mar. 2018.

SILVA. Marielle Jeani Prasnievski da. Planejamento da gravidez na adolescência.

https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/59960 Acesso em: 05 jun.2021.

SOBRINHO, César A. Agostinis e VILAN, Katiane. Pressão Arterial em Crianças. O Papel Fundamental da Atividade Física e da Gordura Corporal. Minieditorial. Sociedade Brasileira de Cardiologia. Disponível em: https://www.scielo.br/j/abc/a/HNZpfDPS7fZfC3P6dqPtRgC/?lang=pt&format=pdf Acesso em: 15 junh. 2021.

TREINTA, Fernanda Tavares, FILHO, José Rodrigues Farias, SANT’ANNAC, Annibal Parracho, RABELO, Lúcia Mathias. Metodologia de pesquisa bibliográfica com a utilização de método multicritério de apoio à decisão. Production, v. 24, n. 3, p. 508-520, July/Sept. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/prod/v24n3/aop_prod0312.pdf Acesso em: 04 abr. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n4-055

Refbacks

  • There are currently no refbacks.