Olhares interprofissionais em cuidados paliativos: uma discussão necessária / Interprofessional views in palliative care: a necessary discussion

Tainá Monique Schneider, Kelly Cristina Meller Sangoi, Lilian Zielke Hesler, Nadine Both da Silva, Daniela Pereira Gonzalez

Abstract


O estudo relata a experiência vivenciada por meio de um ciclo de palestras educativas sobre cuidados paliativos, direcionada a discentes, docentes, profissionais de saúde e comunidade, promovido pelo Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET - Saúde/Interprofissionalidade) eixo Cuidados Paliativos no Domicílio. As palestras foram realizadas no segundo semestre do ano de 2019, na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), campus Santo Ângelo. A organização deu-se através de três temáticas: comunicação de más notícias, cuidados paliativos em oncologia e critérios e indicações de cuidados paliativos. Através desta modalidade sequencial de palestras foi possível proporcionar oportunidades para que os participantes pudessem adquirir conhecimentos com embasamento científico sobre a temática. Iniciar os cuidados paliativos o mais precocemente é essencial para um melhor desfecho do quadro clínico, apesar do paciente não ter perspectiva de cura, auxilia no controle dos sintomas biopsíquicos contribuindo para uma melhor qualidade de vida dos mesmos e dos seus familiares. É essencial que atividades como educação em saúde, educação continuada, palestras e rodas de conversas sobre essa temática sejam disponibilizadas com frequência para que o tema se torne cada vez mais familiar e simples perante o olhar das pessoas, trazendo como consequência um cuidado mais qualificado diante do paciente que possui um prognóstico reservado.


Keywords


Cuidados paliativos; Educação continuada; Educação em saúde.

References


Brasil. Ministério da Saúde (MS). PET-Saúde/Interprofissionalidade inicia atividades da nona edição. Brasília DF. Abr., 2019. Disponível em: https://www.saude.gov.br/noticias/sgtes/45332-pet-saude-interprofissionalidade-inicia-atividades-da-nona-edicao .

Barr, H; Low, H. Introdução à Educação Interprofissional. Centro para o Avanço da Educação Interprofissional. 2013.

Brasil. Ministério da Saúde (MS). Cuidados Paliativos. Brasília DF. 2017. Disponível em: https://telessaude.hc.ufmg.br/wp-content/uploads/2016/07/CUIDADOS-PALIATIVOS_LIVRO.pdf .

Brasil. Ministério da Saúde/ Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Relatório Final da Oficina de Alinhamento Conceitual sobre Educação e Trabalho Interprofissional em Saúde. Brasília DF. 2017.

Brasil. Ministério da Saúde (MS). Ministério da Saúde normatiza cuidados paliativos no SUS. Brasília DF. Nov., 2018. Disponível em: https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/44723-ministerio-normatiza-cuidados-paliativos-no-sus .

Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP). Manual de Cuidados Paliativos. ed. 2, ago., 2019. Disponível em: http://biblioteca.cofen.gov.br/wp-content/uploads/2017/05/Manual-de-cuidados-paliativos-ANCP.pdf .

Salci, M. A. et al. Educação em saúde e suas perspectivas teóricas: algumas reflexões. Texto Contexto Enferm. Florianópolis. v. 22, n. 1, p. 224-30, Jan./Mar., 2013. Disponível em:

Gil, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo. Atlas. 4º ed. p.17-57. 2002. Disponível em: http://home.ufam.edu.br/salomao/Tecnicas%20de%20Pesquisa%20em%20Economia/Textos%20de%20apoio/GIL,%20Antonio%20Carlos%20%20Como%20elaborar%20projetos%20de%20pesquisa.pdf .

Minayo, M.C.S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo SP. Hucitec Editora, 14º ed., 2014.

Minayo, M.C.S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes. 28ª ed. 2009.

Cruz, C. O.; Riera, R. Comunicando más notícias: o protocolo SPIKES. Diagn Tratamento. v. 21, n. 3, p. 106-108, 2016. Disponível em: http://docs.bvsalud.org/biblioref/2016/08/1365/rdt_v21n3_106-108.pdf.

Koch, C. L.; Rosa, A. B.; Bedin, S. C. Más notícias: significados atribuídos na prática assistencial neonatal/pediátrica. Revista Bioética. v. 25, n. 3, p. 577-584, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-80422017000300577〈=pt

Vogel, K. P. et al. Comunicação de Más Notícias: Ferramenta Essencial na Graduação Médica. Rev. Bras. Educ. Med.. v. 43, n.1, p. 314-321, 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022019000500314〈=pt

Andrade, C. G. D. CUIDADOS PALIATIVOS: comunicação entre enfermeiro e paciente terminal. Repositório Institucional da UFPB, João Pessoa, mar./2015. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5124 .

Neto, J. A. C.; et al. Profissionais de saúde e a comunicação de más notícias sob a ótica do paciente. Rev Med Minas Gerais. v. 23, n. 4, p. 518-525, 2013. Disponível em: http://rmmg.org/exportar-pdf/415/v23n4a14.pdf

Lima, K. M. A.; Maia, A. H. N.; Nascimento, I. R. C. Comunicação de más notícias em cuidados paliativos na oncopediatria. Revista Bioética. v. 27, n. 4, p. 719-727, 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-80422019000400719〈=pt

SILVA, R.C.F.; HORTALE, V.A. Cuidados paliativos oncológicos: elementos para o debate de diretrizes nesta área. Cad. Saúde Pública. 2016, vol.22, n.10, pp.2055-2066. ISSN 0102-311X. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2006001000011 .

Silva, E. P.; Sudigurski, D. Concepções sobre cuidados paliativos: revisão bibliográfica. Acta Paul Enferm. v. 21, n. 3, p.504-508, 2018. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/250049611_Concepcoes_sobre_cuidados_paliat0ivos_revisao_bibliografica .

Siqueira, C. L., Campos J. C. Comunicação de más notícias por enfermeiras de oncologia na ótica da Teoria Humanística de Enfermagem. CIAIQ2018, v. 2, jul./2018. Disponível em: https://www.proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2018/article/view/1821 .

Bravalhieri, A. A. V. et al. Características de pacientes com indicação de cuidados paliativos em uma unidade de cuidados prolongados em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Revista Multitemas, v. 25, n. 59, p. 211-226, mar. /2020. Disponível em: https://multitemas.ucdb.br/multitemas/article/view/2878 .




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n4-050

Refbacks

  • There are currently no refbacks.