A sexualidade de idosos em meio aos riscos e tabus: uma revisão de literatura / Sexuality of elderly people among risks and taboos: a literature review

Maria Heloyse de Lima Monteiro, André Alan Santos Silva, Diogo Leonardo Santos Silva, Josefa Eucliza Casado Freires da Silva, KádlaJorceli Gomes Rafael, Nayara Ariane Laureano Gonçalves

Abstract


A sexualidade é um dos parâmetros que, uma vez iniciada, pode se manter ativa até o resto da vida de um indivíduo. É evidente que existem diversos tabus envolvendo a sexualidade dos idosos, podendo prejudicar a prática sexual na velhice. Sendo assim, a presente pesquisa objetiva identificar os fatores de risco e os tabus que interferem negativamente na sexualidade de idosos, analisando ainda, as medidas e estratégias de prevenção adotadas.Metodologicamente, este estudo consiste uma revisão narrativa sendo sumarizados artigos, publicados em bancos de dados comoSciELO, BVS, e PubMed,  apresentando o recorte temporal entre os períodos  2015 e 2020. Os resultados evidenciaram uma intensa estigmatização da sociedade e dos profissionais de saúde mediante os aspectos que envolvem a sexualidade e a prática sexual entre pessoas idosas, sendo essa situação justificada por diversos fatores, destacando-se: fatores culturais, individuais, religiosos, familiares e tradicionais, os quais repercutem negativamente na qualidade de vida e na manutenção da vida sexual de forma ativa e saudável. Além disso, capacitação de profissionais da saúde e disseminação de informações são algumas estratégias que podem ser utilizadas para contornar os tabus relacionados à sexualidade na velhice.Diante disso, conclui-se que, éimprescindível promover a discussão acerca da sexualidade e da atividade sexual praticada por idosos, visando uma melhor compreensão e a desmistificação dos tabus e dos fatores de riscos que envolvem os idosos, a famíliae a sociedade em geral, incluindo os profissionais de saúde.

 

 

 


Keywords


Comportamento Sexual, Idosos, Sexualidade.

References


AGUIAR, R. B. et al. Idosos vivendo com HIV – comportamento e conhecimento sobre sexualidade: revisão integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, n. 2, p. 575-584, 2020.

AGUIAR, R. B; LEAL, M. C. C; DE OLIVEIRA MARQUES, A. P. Conhecimento e atitudes sobre sexualidade em pessoas idosas com HIV. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, n. 6, p. 2051-2062, 2020.

ALENCAR, D. L. et al. Exercício da sexualidade em pessoas idosas e os fatores relacionados. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 19, n. 5, p. 861-869. 2016.

ALENCAR, R.A; CIOSAK, S.I. Aids em idosos: motivos que levam ao diagnóstico tardio. Rev. Bras. Enferm. v.69 n.6, nov./dez. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid= Acesso em: 25/04/2021.

BITTENCOURT, G. K. G. D. et al. Concepções de idosos sobre vulnerabilidade ao HIV/Aids para construção de diagnósticos de enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 68, n. 4, p. 579-585, 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Caderneta de saúde da pessoa idosa. 4. ed. Brasil: Brasília, 2017. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2017/setembro/27/CADERNETA-PESSOA-IDOSA-2017-Capa-miolo.pdf. Acesso em: 23 de out. 2020.

CASTRO, V. C. et al. Associação entre variáveis sóciodemográficas e perfil das internações de idosos por violência corporal. Anais do V CIEH. Campina Grande: Realize Editora, 2017.

DANTAS, D. V. et al. Sexualidade e qualidade de vida na terceira idade. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde, v. 19, n. 4, p. 140-148, 2017.

FIGUEIROA, M. N et al. A formação relacionada com a sexualidade humana na perceção de estudantes de enfermagem. Revista de Enfermagem Referência, v. 4, n. 15, p. 21-36, 2017.

HUMBOLDT, S. V. et al. Como os idosos se expressam sexualmente?:um estudo qualitativo. Psicologia, Saúde & Doenças, v. 21, n. 1, p. 62-68, 2020.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Idoso indicam caminhos para uma melhor idade. Rio de Janeiro: Revista Retratos, 2019. Disponível em: https://censo2021.ibge.gov.br/2012-agencia-de-noticias/noticias/24036-idosos-indicam-caminhos-para-uma-melhor-idade.html. Acesso em 26 out. 2020.

MONTEIRO, A; HUMBOLDT, S. V.; LEAL, I. Crenças e atitudes dos cuidadores formais quanto à sexualidade dos idosos. Psicologia, Saúde & Doenças, v. 19, n. 1, p. 101-108. 2018.

MONTE, C. F. et al. A invisibilidade de idosos perante o HIV/ AIDS e os fatores que os deixam vulneráveis: uma revisão bibliográfica. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v.4, n.3, p. 10752-10763 may./jun. 2021

OLIVEIRA, A. L. et al. A SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: MUDANÇA DE PARADIGMA FRENTE O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO. Semana de Pesquisa da Universidade Tiradentes-SEMPESq, n. 19. 2018.

RODRIGUES, C. F. do C et al. Atividade sexual, satisfação e qualidade de vida em pessoas idosas. Revista eletrônica de enfermagem, v. 21, p. 1-9. 2019.

SANTOS, S.C. A percepção dos idosos sobre a sexualidade e o envelhecimento. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 2, p. 3486-3503 mar/abr. 2020.

SILVA, J. D. B. et al. Vulnerabilidade às infecções sexualmente transmissíveis/AIDS em idosos. Revista Uningá, v. 53, n. 1, 2017.

SILVEIRA, K. F. et al. A (in) atividade sexual entre os idosos atendidos pelo programa da saúde da família em Natal (RN). Anais, p. 1-16, 2017.

ZACARELLI, L. F.; DUIM, E.; CIOSAK, S. I. PANORAMA DA ATIVIDADE SEXUAL EM IDOSOS BRASILEIROS. XVI Coloquio Panamericano de Investigación en Enfermería, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n4-026

Refbacks

  • There are currently no refbacks.