O envelhecimento saudável no contexto da estratégia da saúde da família: uma revisão de literatura / Healthy aging in the context of the family health strategy: a literature review

Alice de Freitas Ximendes, Ricardo Silva de Almeida, Simone dos Santos Nunes, Elenir Terezinha Rizzetti Anversa, Gisela Cataldi Flores

Abstract


INTRODUÇÃO: O envelhecimento populacional mundial e brasileiro aponta para transição demográfica, a qual gerou demandas de cuidado ao idoso em diferentes contextos sociais e em todos os níveis de atenção à saúde. Nesse sentido, a Atenção Primária à Saúde, por meio da Estratégia de Saúde da Família, tem papel e atribuições que possibilitam o envelhecimento ativo e saudável. OBJETIVO: Identificar as publicações científicas acerca do envelhecimento saudável no contexto da Estratégia da Saúde da Família. METODOLOGIA: Revisão Narrativa de Literatura realizada na Biblioteca Virtual de Saúde, nas bases de dados, Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde Sistema Online de Busca e Análise de Literatura Médica  e Base de Dados da Enfermagem , por meio dos descritores “envelhecimento saudável” and“ estratégia de saúde da família”. Os critérios de inclusão foram artigos disponíveis online, na íntegra, gratuitos, no idioma português, e os critérios de exclusão foram: dissertações, teses e estudos que não responderam à questão de pesquisa. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Foram encontrados 42 estudos, sendo selecionados dezessete para leitura de títulos e resumos. Fazem parte desse estudo, oito artigos, os quais originaram as categorias temáticas: A Manutenção da Capacidade Funcional do idoso: essencial para um Envelhecimento Saudável e a Estratégia de Saúde da Família na promoção da qualidade de vida do idoso. Ambas as categorias, destacam a importância do envelhecimento saudável. CONCLUSÃO: Conclui-se que as equipes de Saúde da Família têm papel fundamental no cuidado e na promoção da saúde dos idosos, de forma que os mesmos vivenciem o envelhecimento saudável, com autonomia e independência.


Keywords


Envelhecimento Saudável, Estratégia de Saúde da Família, Idoso.

References


BARBOSA, B. R., ALMEIDA, J. M., BARBOSA, M. R., BARBOSA, L. A. R. R. Avaliação da capacidade funcional dos idosos e fatores associados à incapacidade.Ciência& Saúde Coletiva, 19(8):3317-3325, 2014

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Traduzido por Luís Antero Reto, Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70,2016. Tradução de: L’Analyse de Contenu

BOSCATTO, E.C., DUARTE, M.F.S., BARBOSA, A.R. Nível de atividade física e variáveis associadas em idosos longevos de Antônio Carlos, SC.Rev. Bras. Ativ. Fis. e Saúde. Pelotas/RS, 17(2):132-136. Abr/2012

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. – 3. ed. – Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.Envelhecimento e saúde da pessoa idosa / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica –Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 192 p. il. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos) (Cadernos de Atenção Básica, n. 19)

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Memórias da saúde da família no Brasil / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2010. 144 p.: il. – (Série I. História da Saúde no Brasil)

______.Lei nº 1074/2003. Estatuto do Idoso. Brasília: DF, outubro de 2003.

______. Lei nº 8.080 de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências.

______.Ministério da Saúde. PORTARIA Nº 2.436 DE 21 DE SETEMRO DE 2017. Política Nacional de Atenção Básica.

BRUM, C. N. de; ZUGE, S. S. Revisão Sistemática da literatura: desenvolvimento e contribuição para uma prática baseada em evidências na enfermagem. In: Lacerda, M. R.Costenaro RGS (Org). Metodologias da pesquisa para Enfermagem e Saúde: da teoria à prática. 1ed. Porto Alegre: Moriá, 2016.

CAVALCANTI, A.D., MOREIRA, R.S., DINIZ., G.T.N., VILELA, M.B.R., SILVA, V.L. O envelhecimento ativo e sua interface com os determinantes sociais da saúde.Geriatr. Gerontol. Aging. 2018;12(1):15-23

CEZAR, A.K., AIRES, M., PAZ, A.A.Prevenção de doenças sexualmente transmissíveis na visão deidosos de uma Estratégia da Saúde da Família.Rev. Bras. Enferm., Brasília 2012 set-out; 65(5): 745-5

FERREIRA, O. G. L., MACIEL, S. C., COSTA, S. M. G., SILVA, A. O. S., MOREIRA, M. A. S. P. Envelhecimento ativo e sua relação com a independência funcional.Florianópolis, 2012 Jul-Set; 21(3): 513-8.

GARBACCI, J.L., GARCIA, T.F., CÂNDIDA, D.A. Avaliação da independência de idosos atendidos por uma Estratégia de Saúde da Família. CogitareEnferm. 2013 Out/Dez; 18(4):637-46

GAUTÉRIO, D. P. et al. Ações educativas do enfermeiro para a pessoa idosa: estratégia saúde da família.Rev. Enferm. UERJ, Rio de Janeiro, 2013 dez; 21(esp.2):824-8

GOMES, A. F. D. S. Limites e possibilidades para ações de promoção da saúde da pessoa idosa na Estratégia da Saúde da Família: um estudo de caso. 2017. 82 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Faculdade de Enfermagem, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

OLIVEIRA, A. M. S., MENEZES, T. M. O. A enfermeira no cuidado ao idoso na estratégia saúde da família: sentidos do vivido. Revenferm UERJ, Rio de Janeiro, 2014 jul/ago; 22(4):513-8.

OLIVEIRA, J. C. A., TAVARES, M. S. Atenção ao idoso na estratégia de Saúde da Família: atuação do enfermeiro. Rev. Esc. Enferm. USP, 2010; 44(3):774-81

OLIVEIRA, E.B., BOZZETTI, M.C., HAUSER, L., BARTHOLOW, B., Avaliação da qualidade do cuidado a idosos nos serviços da rede pública de atenção primária à saúde de Porto Alegre, Brasil. Rev. Bras. Med. Fam.Comunidade. Rio de Janeiro, 2013 Out-Dez; 8(29):264-73

PEREIRA, R.J., COTTA, R.M.M.,FRANCESCHINI, S.C.C.,RIBEIRO, R.C.L., TINOCO, A.L.A., ROSADO, L.E.F.P.L., CAMPOS, M.T.F.S.Análise do perfil sociossanitário de idosos: a importância do Programa de Saúde da Família.Rer. Med Minas Gerais 2010; 20(1):5-15

REIS, L.A., MENEZES, T.M.O. Religiosidade e espiritualidade nas estratégias de resiliência do idoso longevo no cotidiano.Rev. BrasEnferm. 2017 jul-ago;70(4):794-9

ROCHA, F. C. V. et al. O cuidado do enfermeiro ao idoso na estratégia saúde da família. Rev. Enferm. UERJ, Rio de Janeiro, 2011 abr/jun; 19(2):186-91.

SOBRAL, A., FREITAS, C. M.Modelo de Organização de Indicadorespara Operacionalização dosDeterminantesSocioambientais da Saúde.Saúde Soc. São Paulo, v.19, n.1, p.35-47, 2010

TAHAN, J., CARVALHO, A.C.D. Reflexões de Idosos Participantes de Grupos de Promoção de Saúde Acerca do Envelhecimento e da Qualidade de Vida.SaúdeSoc.São Paulo, v.19, n.4, p.878-888, 2010

TAVARES, R. E., JESUS, M. C. P., CORDEIRO, S. M., MACHADO, D. R., BRABA, V. A., MERIGHI, M. A. B. Conhecimento produzido sobre a saúde das idosas.

RevBrasEnferm, 2017 jul-ago;70(4):912-21.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n4-024

Refbacks

  • There are currently no refbacks.