Programa saúde na escola: novas perspectivas e ações programáticas na atenção básica à saúde de escolares / Health at school program: new perspectives and programmatic actions in basic care to school health

Juliana Amaral Rockembach, Francielle Bendlin Antunes, Cristiane Pouey Vidal Borlina

Abstract


O Programa Saúde na Escola (PSE), instituído no Brasil em 2007, busca fortalecer as experiências desenvolvidas no ambiente escolar e promover a articulação das ações vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) com a rede pública de ensino. O trabalho teve como objetivo desenvolver ações educativas e avaliações clínicas de estudantes matriculados em uma escola estadual de ensino fundamental, situada no Município de Pelotas/RS, no período de setembro a dezembro de 2014. Participaram das intervenções 127 escolares das faixas etárias entre 06 e 19 anos. Dentre as ações realizadas ocorreram: avaliação da acuidade visual e odontológica; aferição da pressão arterial; explicações sobre alimentação saudável e prevenção de acidentes; orientação sobre sexualidade; higiene; dentre outras. Obteve-se impactante resultado relacionado às atividades de prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (IST), gravidez na adolescência, danos causados pelo uso de álcool, drogas e tabagismo. Porém, ocorreu menor adesão pela atividade de avaliação da saúde bucal. Para a realização do trabalho foi utilizado o PSE que através de estratégias e ações contempla quatro eixos: organização e gestão focada na estrutura; processo de trabalho e equipe; monitoramento por meio de instrumentos e registros para avaliar o desenvolvimento da intervenção; engajamento público onde há o fortalecimento do vínculo entre comunidade e ESF e por último, não menos importante, a qualificação clínica para profissionais da saúde e educação, visando o fortalecimento da assistência ofertada.


Keywords


Saúde da Família, Atenção Primária à Saúde, Saúde da Criança.

References


BRASIL. Decreto 6.286, de 5 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola PSE, e dá outras providências.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Programa Saúde na Escola. Brasília: Ed. Ministério da Saúde, 2011.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção

Básica. Saúde na Escola. Cadernos da Atenção Básica. Brasília: Ed. Ministério da Saúde,2011.

JUNQUEIRA, L. A. P. A gestão intersetorial das políticas sociais e o terceiro setor. Revista Saúde e Sociedade, São Paulo; v.13, n.1, p.25-36, jan-abr, 2004.

SALAZAR, L.; GRAJALES, C.D. La evaluación-sistematización: una propuesta metodológica para la evaluación em promoción de la salud. Um estúdio de caso em Cali, Colômbia. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v.9(3): p.545-555, 2004.

WESTPHAL, M. F. Promoção da saúde e prevenção de doenças. In: CAMPOS, G. W. D. S. et al. Tratado de saúde coletiva. São Paulo: Hucitec; Rio de Janeiro: Fiocruz, p. 635-667, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n4-022

Refbacks

  • There are currently no refbacks.