Liga Acadêmica de Medicina Integrada à Saúde da Comunidade: reflexões sobre a sua criação/ Academic League of Integrated Medicine to Community Health: reflections on its creation

Geovanna Porto Inácio, Marina Scatolin Canciano, Murillo Kaio Vieira de Almeida, Ábner Pereira do Prado, Juliana Bessa Morato, Filipe Barbo Siqueira Roriz Santana, Marina Santos Menezes

Abstract


Dentre as atividades acadêmicas extracurriculares nos cursos de medicina as ligas acadêmicas estão sendo implantadas cada vez mais. Nesse aspecto a Liga Acadêmica propõe complementar a formação do estudante em uma área específica da medicina, por meio de atividades que integram o ensino, a pesquisa e a extensão. O objetivo desse trabalho foi relatar a experiência dos acadêmicos do curso de Medicina da Universidade de Rio Verde na implantação da Liga Acadêmica de Medicina Integrada à Saúde da Comunidade. A criação da Liga veio ao encontro da necessidade de atuar junto à comunidade como agente promotor de saúde e com o papel de transformador social, seja por meio de encontros ou campanhas de saúde. O processo de criação foi um desafio para todos os participantes, pois temas relacionados à atenção primária na saúde pública são poucos discutidos por parte da instituição. Apesar dos enfrentamentos encontrados, os membros fundadores ficaram satisfeitos com a criação da Liga. Esses momentos permitiram a inserção do acadêmico no território fora das salas de aulas, e a chance de desenvolver-se habilidades como criatividade, inspiração, responsabilidade, bom senso e respeito. A autonomia não foi marco presente durante todo o processo, mas o protagonismo e o engajamento estudantil tornaram presentes nesse grupo. Observou-se resistência dos responsáveis pela instituição por desacreditarem na transformação e na visão ampliada e inclusiva do graduando, mas a motivação dos acadêmicos sobrepôs as dificuldades e o estatuto foi efetivado de forma que o ensino, passou a ser mais inclusivo, dinâmico e inovador. Espera-se que essa experiência contribua para outros grupos de estudantes que pretendem implantar uma Liga Acadêmica a utilizarem o enfrentamento como um desafio ímpar, mas necessário para fortalecer o aprendizado, a experiência e o conhecimento na prática da medicina. 


Keywords


liga acadêmica, medicina, implantação, diretrizes.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE LIGAS ACADÊMICAS DE MEDICINA - ABLAM. Diretrizes Nacionais de Ligas Acadêmicas de Medicina. Disponível em: Acesso em: 10 jul. 2016.

BURJATO JÚNIOR, D. História da liga de combate à sífilis e a evolução da sífilis na cidade de São Paulo (1920-1995). São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1999. Dissertação de Mestrado – Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

HAMAMOTO FILHO, Pedro Tadao et al. Ligas Acadêmicas de Medicina: extensão das ciências médicas à sociedade. Revista Ciência em Extensão, v. 7, n. 1, p. 126- 133, 2011. Disponível em: Acesso em: 09 jul. 2016.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina. Parecer CES/CNE 116/2014, publicado no DOU 06/06/2014.

SILVA DP DA, RAIMUNDO ACL, SANTOS IMR DOS et al. Proposição, Fundação, Implantação e Consolidação de Uma Liga Acadêmica Rev enferm UFPE on line., Recife, 12(5):1486-92, maio., 2018.

SILVA JHS, CHIOCHETTA LG, OLIVEIRA LFT, SOUSA VO. Implantação de uma liga acadêmica de anatomia: desafios e conquistas. Rev Bras Educ Med [Internet]. 2015 Apr/June [cited 2017 Sept 16];39(2):310-15. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v39n2/1981- 5271-rbem-39-2-0310.pdf

SILVA SA, FLORES O. Ligas acadêmicas no processo de formação dos estudantes. Rev Bras Educ Med [Internet]. 2015 July/Sept [cited 2017 Sept 16];39(3):410-25. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v39n3/1981- 5271-RBEM-39-3-0410.PDF

SOARES, ALBR; ROCHA, CBA; VIEIRA, DS; CRAHIM, LF; MARTINS, ML; CÔRTES, PPR. A importância das ligas acadêmicas no processo de integração e acolhimento do ingressante no curso de medicina: Relato de experiência. Revista PRÓ-UNIVER SUS. 2019 JAN./JUN.; 10 (1): XX-XX

SOARES LR, FREITAS-JUNIOR R, RIBEIRO LZ, RAHL RMS. Iniciação científica na graduação: experiência da liga da mama da Universidade Federal de Goiás. Rev Bras Mastologia [Internet]. 2017 Jan/Mar [cited 2017 Sept 16];27(1):21-5. Available from: http://www.rbmastologia.com.br/wp content/uploads/2017/01/MAS-v27n1_21- 25.pdf

TORRES AR, OLIVEIRA GM, YAMAMOTO FM, LIMA MCP. Ligas acadêmicas e formação médica: contribuições e desafios. Revista Interface – Comunicação, Saúde, Educação. 2008;12(27):713-20.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-363

Refbacks

  • There are currently no refbacks.