Função ventricular esquerda no infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento de ST: A relação da fração de ejeção global e análise topográfica das regiões acometidas / Left ventricular function in ST-elevation acute myocardial infarction: a global ejection fraction relationship and topographic analysis of the affected region

Michela Oliveira Rosado, Giuliane da Silva Dahmer, Osorio Luis Rangel de Almeida

Abstract


O Brasil atingirá o maior índice de óbitos por doença cardiovascular no mundo até o ano de 20402. A disfunção ventricular esquerda tanto sistólica quanto diastólica apresentam-se como relevante fator de pior prognóstico nos quadros de IAM, estando ou não associadas. A partir do banco de dados do Brazilian Heart Study (BHS), que é um estudo de coorte prospectivo com 1073 pacientes admitidos consecutivamente com diagnóstico de supradesnivelamente do segmento ST no Hospital de Base do Distrito Federal entre maio de 2006 e maio de 2018. Os dados foram separados considerando a parede acometida no evento isquêmico e a fração de ejeção encontrada no primeiro e no último ecocardiograma realizados durante o seguimento hospitalar e ambulatorial do estudo. O objetivo foi analisar a(s) parede(s) acometida confrontando com a disfunção ventricular. Conclui-se que a parede anterior é a mais acometida nos casos de IAMCSST. O evento isquêmico influi significativamente sobre a fração de ejeção global, mostrando pior prognóstico na recuperação da função miocárdica. Os dados foram inconclusivos quanto a correlação da parede acometida e a fração de ejeção como determinante prognóstica.


Keywords


Infarto agudo do miocárdio, disfunção ventricular, insuficiência cardíaca.

References


OMS. Organização Mundial da Saúde. Doenças cardiovasculares. 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2018.

A Race against Time: The Challenge of cardiovascular Disease in Developing Economies. New York, NY, USA: Trustees of Columbia University; 2004.

SANTOS, Juliano dos et al . Mortalidade por infarto agudo do miocárdio no Brasil e suas regiões geográficas: análise do efeito da idade-período-coorte. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 23, n.5, p.1621-1634, May 2018. Available from . access on 29 Sept. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018235.16092016.

Poulsen SH, Jensen SE, Gotzsche O, Egstrup K. Evaluation and prognostic significance of left ventricular diastolic function assessed by Doppler echocardiography in the early phase of a first acute myocardial infarction. Eur Heart J. 1997;18(12):1882-9.

SOCIEDADE BENEFICENTE ISRAELITA BRASILEIRA. Cardiologia: Insuficiência Cardiaca. , 2016. Disponível em: . Acesso em: 05 aug. 2019.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA. Cardiômetro: Mortes por doenças cardiovasculares no Brasil. 2019. Disponível em: . Acesso em: 04 aug. 2019.

Taylor, G. J.; Humphries, J. O.; Mellits, E. D.; Pitt, B.; Schulze, R. A.; Griffith, L. S. C. - Predictors of clinical course, coronary anatomy and left ventricular function after recovery from acute myocardial




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-271

Refbacks

  • There are currently no refbacks.