Relato de caso: emergência hipertensiva com evolução para acidente vascular encefálico intraparenquimatoso / Case report: hypertensive emergency with evolution for intraparenchimatic brain vascular accident

José Bertholdo Marciano Steckelberg, Maria Helena de Aquino, Eliano Atanázio Vieira, Idahil Pereira dos Reis, Christian Kenzo Sakuraba Alves

Abstract


No Brasil a hipertensão arterial sistêmica é uma doença de alta prevalência. Na grande maioria dos casos é uma enfermidade crônica silenciosa, de início assintomático, desencadeando, ao longo de sua história natural, caso não haja diagnóstico precoce e tratamento adequado, alterações fisiopatológicas progressivas. Entretanto, em um quadro mais agudo, no qual o aumento pressórico apresenta ritmo abrupto, sintomas relacionados à desadaptação dos órgãos-alvos podem estar presentes, estabelecendo o risco de lesão definitiva e configurando um quadro de emergência hipertensiva. A urgência e emergência hipertensiva são situações clínicas que podem compreender cerca de 25% de todos os atendimentos hospitalares de urgência. Além disso, a estimativa é de que 3% de todas as visitas às salas de emergência decorrem de elevações substanciais da pressão arterial. Tais eventos exigem intervenções rápidas por parte do corpo médico.


Keywords


Acidente Vascular encefálico, Emergência Hipertensiva, Relato de Caso.

References


FURTADO, R. G.; COELHO, E. B.; NOBRE, F. Urgências e emergências hipertensivas. Medicina (Ribeirão Preto), [S. l.], v. 36, n. 2/4, p. 338-344, 2003. DOI: 10.11606/issn.2176-7262.v36i2/4p338-344. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/731. Acesso em: 22 jan. 2021.

Alley WD, Schick MA. Emergência hipertensiva. [Atualizado em 21 de novembro de 2020]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; Janeiro de 2020 Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470371/?report=classic.

FEITOSA-FILHO, Gilson Soares et al. Emergências hipertensivas. Rev. bras. ter. intensiva , São Paulo, v. 20, n. 3, pág. 305-312, setembro de 2008. Disponível em . acesso em 22 de janeiro de 2021. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2008000300014

SANTOS, Mafalda; RODRIGUES, Teresa. A hipertensão arterial na urgência. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, [S.l.], v. 24, n. 3, p. 411-7, maio 2008. ISSN 2182-5181. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 2021. doi:http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v24i3.10511.

Arbe G, et al. Aproximación diagnóstica y terapéutica de las crisis hipertensivas. Med Clin (Barc). 2017. https://doi.org/10.1016/j.medcli.2017.09.027

FERREIRA, Ricardo Frederico; JAZBIK, Carlos; BRANDÃO, Andréa. Emergências hipertensivas. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto (TÍTULO NÃO-CORRENTE), [S.l.], v. 8, n. 2, abr. 2014. ISSN 1983-2567. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2021.

RODRIGUES, Cibele I. Saad. Tratamento das emergências hipertensivas. Rev Bras Hipertens, Sorocaba, v. 9, p. 353-358, 13 out. 2002. Disponível em: http://departamentos.cardiol.br/dha/revista/9-4/tratamento.pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

GAGLIARDI, R. J. Acidente Vascular Cerebral ou Acidente Vascular Encefálico?. Revista Neurociências, v. 18, n. 2, p. 131-132, 30 jun. 2010.

Cohen JD. Overview of physiology, vascular biology, and mechanisms of hypertension. J Manag Care Pharm. 2007;13(5 Suppl):S6-8.

Ault MJ, Ellrodt AG. Pathophysiological events leading to the end-organ effects of acute hypertension. Am J Emerg Med. 1985;3(6 Suppl):10-5.

Verhaar MC, Beutler JJ, Gaillard CA, et al. Progressive vascular damage in hypertension is associated with increased levels of circulating P-selectin. J Hypertens. 1998;16(1):45-50

Marchesi C, Paradis P, Schiffrin EL. Role of the renin-angiotensin system in vascular inflammation. Trends Pharmacol Sci. 2008;29(7):367-74

Preston RA, Ledford M, Materson BJ, et al. Effects of severe, uncontrolled hypertension on endothelial activation: soluble vascular cell adhesion molecule-1, soluble intercellular adhesion molecule-1 and von Willebrand factor. J Hypertens. 2002;20(5):871-7.

Viera AJ. Atualização sobre hipertensão: Emergência hipertensiva e hipertensão severa assintomática. FP Essent. Junho de 2018; 469 : 16-19.

Fuchs FD, Lubianca Neto JF, Neves JM - Urgência e emergência hipertensivas. Arq Bras Cardiol 1991; 56: 243-6.

Giannini MC, Yugar-Toledo JC, Vilela-Martin JF. Emergência hipertensiva e acidente vascular cerebral isquêmico e hemorrágico: conceitos atuais de tratamento. Rev Bras Hipertens. 2014; 21 (4), 177-183.

MARTIN, José Fernando Vilela et al . Perfil de crise hipertensiva: prevalência e apresentação clínica. Arq. Bras. Cardiol., São Paulo , v. 83, n. 2, p. 125-130, Aug. 2004 . Available from . access on 27 Jan. 2021. http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2004001400004.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-174

Refbacks

  • There are currently no refbacks.