Segurança do uso de medicamentos para suporte ventilatório em pacientes com quadro grave de COVID-19:uma revisão sistemática

Adriana de Souza Olanda, Antônia da Silva Caetano, Iane Levy Pinto Rocha, Marcelo Augusto Mota Brito

Abstract


INTRODUÇÃO:  O SARS-CoV-2 causa lesões em muitos órgãos como, por exemplo, músculo cardíaco, rins, fígado e entre outros órgãos, e esse dano pode ser potencializado com o uso de alguns agentes farmacológicos. Analisar os biomarcadores associados a dano tecidual é importante, pois possibilita a visualização de dano associado à farmacoterapia imediata ou auxilia na tomada de decisões de interrupção de tratamento, principalmente quando há risco ou evidência de interações medicamentosas graves ao tratamento. OBJETIVO: verificar interações medicamentosas entre sedativos, efeitos adversos e biomarcadores que indiquem melhoras ou agravo do quadro clínico dos pacientes com COVID-19 sob suporte ventilatório. MÉTODOS: Utilizou-se Biblioteca Nacional de Medicina (PubMed), Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SciElo). RESULTADOS: Avaliou-se que os medicamentos coadministrados aos pacientes da COVID-19, apresentaram DDI, manifestando reações adversas como problemas cardiovasculares 42,32%, seguida de dispneia 21,74% e linfopenia 8,26% aos pacientes da COVID-19. CONCLUSÕES: Neste estudo, o uso de medicamentos coadministrados entre os pacientes da COVID-19, demonstrou um grande número de DDI, prejudicando o estado clínico desses pacientes. Além disso, as reações adversas cardiovasculares foram as principais causas de RAMs, evidenciando entre esses pacientes um maior monitoramento e ajuste de doses ao percurso do tratamento.

 


Keywords


“Interações”, “Biomarcadores”, “Unidades de Terapia Intensiva”, “Reações adversas”, “Ventilação mecânica”, “COVID-19” e “Medicamentos” e SARS-COV-2”.

References


Meng, Xiangming et al. “COVID-19 e anosmia: uma revisão baseada em conhecimentos atualizados.” American Journal of Otolaryngology vol. 41, 5 (2020): 102581. doi: 10.1016 / j.amjoto.2020.102581. Acesso em: 18 Out. 2020.

OLIVEIRA, Wanderson Kleber de et al . Como o Brasil pode deter a COVID-19. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília, v. 29, n. 2, e2020044, 2020. 27 Out. 2020.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. (2020). Transmissão de SARS-CoV-2: implicações para as precauções de prevenção de infecções: resumo científico, 09 de julho de 2020. Organização Mundial da Saúde. https: // ap ps.who.int/iris/handle / 10665/333114. Licença: CC BY-NC-SA 3.0 IGO. Acesso em: 20 Out. 2020.

ROECHE PAULO. Artigo: Coronavírus, Covid-19, SARSCoV-2 e outros – um ponto de vista virológico. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – 2020. Disponível em https://www.ufrgs.br/coron avirus/base/artigo-coronavirus-covid-19-sars cov-2-e-outros-um-ponto-de-vista-virologico/. Acesso em: 20 Out. 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diretrizes para diagnóstico e tratamento da COVID-19. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde - SCTIE Brasília – DF 17 d3 abril de 2020. Disponível em https://saude.rs.gov.br/ uplo ad/arquivos/202004/14140600-2-ms-diretriz es-covid-v2-9-4.pdf. Acesso em: 20 Out. 2020.

VEIGA et al. Analgesia e sedação em COVID - 19. Associação de medicina intensiva brasileira (AMIB) - 2020. Disponível em https://www. amib.org.br /fileadmin /user_upload/amib/2020/julho/07/Analgesia_e_sedacao_AMIB_070720_VV_VJS.pdf. Acesso em: 20 Out. 2020.

NUÑEZ, David Brandariz et al. Interacciones medicamentosas potenciales en pacientes COVID 19 en tratamiento con lopinavir/ritonavir. Med Clin (Barc), [s. l.], p. 1-1, 9 jul. 2020. Acesso em: 2 jan. 2021.

CRESCIOLI, Giada et al. Reações adversas a medicamentos em pacientes hospitalizados com SARS-CoV-2: uma série de casos com foco nas interações medicamentosas. Intern Emerg Med., [s. l.], p. 1-1, 23 dez. 2020. Acesso em: 4 jan. 2021.

MAHBOOBIPOUR, Amir Ali; BANIASADI, Shadi. Interações medicamentosas clinicamente importantes em pacientes internados no hospital com COVID-19: pares de medicamentos, fatores de risco e manejo. Drug Metab Pers Ther, [s. l.], p. 1-1, 21 dez. 2020. Acesso em: 7 jan. 2021.

SALEH, Moussa et al. Efeito da cloroquina, hidroxicloroquina e azitromicina no intervalo QT corrigido em pacientes com infecção por SARS-CoV-2. Circ Arrhythm Electrophysiol, [s. l.], p. 1-1, 29 abr. 2020.Acesso em: 11 jan. 2021.

MACÍAS, Juan et al. Alta taxa das principais interações medicamentosas de lopinavir-ritonavir para o tratamento com COVID-19. Sci Rep, [s. l.], p. 1-1, 1 dez. 2020.Acesso em: 15 jan. 2021.

ROVIRA, Roberto Gozalbo et al. Anticorpos SARS-CoV-2, biomarcadores inflamatórios séricos e gravidade clínica de pacientes COVID-19 hospitalizados. Coleção Elsevier para Emergências de Saúde Pública [S. l.], p. 1-1, 1 conjunto. 2020. Acesso em: 19 jan. 2021.

GHOLIZADEH, Pourya et al. Alteração de biomarcadores hepáticos em pacientes com SARS-CoV-2 (COVID-19). J Inflamm Res., [s. l.], p. 1-1, 1 jun. 2020. Acesso em: 25 jan. 2021.

HUANG, Chaolin et al. Características clínicas de pacientes infectados com novo coronavírus de 2019 em Wuhan, China. Coleção Elsevier para Emergências de Saúde Pública, China, ano 2020, v. 395, ed. 311, p. 395-469, 28 abr. 2021. Acesso em: 10 nov. 2020.

ALADAĞ, Nesim; ATABEY, Rukiye Derin. O papel de doenças cardiovasculares concomitantes e biomarcadores cardíacos para predizer mortalidade em pacientes críticos com COVID-19. Acta Cardiologica, [s. l.], p. 1-1, 4 set. 2020. Acesso em: 5 fev. 2021.

BADER, Feras et al. Insuficiência cardíaca e COVID-19. Coleção Nature Saúde Pública Emergência, EUA, ano 2020, p. 1-9, 27 jul. 2020. Acesso em: 10 set. 2020.

GÉRARD, Alexandre et al. Uso “off-label” de hidroxicloroquina, azitromicina, lopinavir-ritonavir e cloroquina em COVID-19: uma pesquisa de reações cardíacas adversas a medicamentos pela Rede Francesa de Centros de Farmacovigilância. Coleção Elsevier para Emergências de Saúde Pública, França, p. 1-9, 7 maio 2020. Acesso em: 12 nov. 2020.

CAO, Bin et al. Um ensaio de lopinavir-ritonavir em adultos hospitalizados com covid-19 grave. Coleção de Emergências de Saúde Pública do Grupo NEJM, [s. l.], p. 1-13, 18 mar. 2020. Acesso em: 14 abr. 2021.

BRAZ, Cyntia de Lima et al. Medicamentos com atividade sobre o citocromo P450 utilizados por idosos em domicílio. Revista Médica de Minas Gerais, [s. l.], p. 1-1, 12 mar. 2018. Acesso em: 16 fev. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-146

Refbacks

  • There are currently no refbacks.