Doenças metabólicas e nutricionais: Uma análise do número de internações ocorridas na região Centro Oeste de Minas Gerais, período de 2008 a 2018 / Metabolic and nutritional diseases: An analysis of the number of hospitalizations that occurred in the Midwest region of Minas Gerais, from 2008 to 2018

Marla Ariana Silva, Maini Aparecida de Freitas Gomes, Marília de Faria, Mariza Cecília da Rocha Adami, Jhenifer Alves de Araújo, Leticia Karla Martins, Heber Paulino Pena, Regina Consolação dos Santos

Abstract


Objetivos: Analisar o número de internações por doenças metabólicas e nutricionais ocorridas na região Centro Oeste de Minas Gerais, período 2008 a 2018. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa e de séries temporais. Os dados foram obtidos através do Sistema de Informações Hospitalares. Resultados: De forma geral, a região que mais obteve internações foi a de Divinópolis/Santo Antônio do Monte com 4.583 procedimentos. A doença com o maior número de internações foi o Distúrbio Metabólico, com 8.340 procedimentos. Conclusão: Espera-se que os resultados desse estudo possam contribuir de forma reflexiva aos gestores e profissionais de saúde na intenção de melhorar as práticas preventivas relacionadas às doenças metabólicas, diminuindo o número de internações sensíveis à essas condições e consequentemente o valor dos gastos.


Keywords


Doenças Metabólicas, Doenças Nutricionais e Metabólicas, Hospitalização.

References


ARAÚJO, Márcio Flávio Moura de et al. Relação entre qualidade do sono e síndrome metabólica em universitários. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 24, n. 2, p. 505-512, 2015.

ÁVILA, Bianca Ovídio. Internação e óbitos por desnutrição em idosos nos municípios de Cachoeiras de Macacu, Guapimirim e Itaboraí. [Tese de doutorado]. Rio de Janeiro (RJ): Fundação Oswaldo Cruz; 2013.

BORBA, Cleciane da Silva; BENETTI, Fábia, FAGUNDES, Raquel Aparecida Bandeira. Prevalência de desnutrição em pacientes adultos internados em um hospital filantrópico de Frederico Westphalen-RS. Instituto de Ciências da Saúde, v. 41, n. 153, p. 61-71, 2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução 466/2012-Normas para pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília. 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária de Vigilância em Saúde. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil, 2021-2030. Brasília: Ministério da Saúde, 2020.

BUENO, Denise Rodrigues et al. Os custos da inatividade física no mundo: estudo de revisão. Ciência & saúde coletiva, v. 21, p. 1001-1010, 2016.

CALVO, Aliana Caner. Intervenção em pacientes com síndrome metabólica na unidade básica de saúde trapiche, no município de ouro branco, alagoas. [Monografia]. Maceió: Nescon/ UFMG; 2017.

FERREIRA, Maria Elizabeth. Síndrome metabólica e doenças cardiovasculares: do conceito ao tratamento. Arquivos Catarinenses de Medicina, v. 45, n. 4, p. 95-109, 2016.

GONZAGA, Larissa Maria Oliveira; BORGES, Michelle Aparecida Ribeiro; FERREIRA, Víctor Mendes. Tendência das internações hospitalares por diabetes mellitus sensíveis à atenção primária. Unimontes Científica, v. 19, n. 2, p. 137-145, 2017.

HEITOR, Sara Franco Diniz; RODRIGUES, Leiner Resende; TAVARES, Darlene Mara dos Santos. Fatores associados às complicações metabólicas e alimentação em idosos da zona rural. Ciência & Saúde Coletiva, v. 21, p. 3357-3366, 2016.

LIRA NETO, José Cláudio Garcia et al. Prevalência da síndrome metabólica e de seus componentes em pessoas com diabetes mellitus tipo 2. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 27, n. 3, 2018.

MALTA, Deborah Carvalho et al. Mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis no Brasil e suas regiões, 2000 a 2011. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 23, p. 599-608, 2014.

MALTA, Deborah Carvalho et al. A vigilância e o monitoramento das principais doenças crônicas não transmissíveis no Brasil-Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 18, p. 3-16, 2015.

MALTA, Deborah Carvalho et al. Doenças crônicas não transmissíveis e a utilização de serviços de saúde: análise da Pesquisa Nacional de Saúde no Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 51, p. 4s, 2017.

MINAS GERAIS. Secretaria de estado de Saúde. Subsecretaria de Regulação. Plano Diretor de Regionalização da Saúde de Minas Gerais (PDR/MG). Belo Horizonte, 2015.

OLIVEIRA, Cláudia Di Lorenzo et al. Perfil clínico do paciente diabético após internação devido a complicação por condição sensível à atenção primária. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba, v. 19, n. 3, p. 139-145, 2017.

SILVA, Deisiane dos Santos et al. Alterações metabólicas e cardiovasculares e sua relação com a obesidade em idosos. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 3, p. 4357-4369, 2020.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes (2017-2018). 2017. Acessado em 20 de agosto de 2018. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/profissionais/images/2017/diretrizes/diretrizes-sbd-2017-2018.pdf.

SOTO, Pedro Henrique Teixeira et al. Morbidades e custos hospitalares do Sistema Único de Saúde para doenças crônicas. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, v. 16, n.4, p. 567-575, 2015.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Diabetes Programme [Web site]. Acessado em 05 de setembro de 2018. Disponível em: https://www.who.int/diabetes/goal/en/,

ZANETTI, Maria Lucia et al. Adesão às recomendações nutricionais e variáveis sociodemográficas em pacientes com diabetes mellitus. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 49, n. 4, p. 619-625, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-093

Refbacks

  • There are currently no refbacks.