Resíduos de serviços de saúde: uma reflexão sobre seu gerenciamento e os riscos associados/ Health services waste: a reflection on its management and the associated risks

Lilian Rodrigues Pereira, Juliano Fiorelini Nunes, Raquel Dully Andrade

Abstract


Os resíduos de serviços de saúde (RSS), geralmente são de natureza infecciosas e podem conter uma variedade de microrganismos patogênicos. Quando descartados de forma inadequada causam danos ao meio ambiente e à saúde humana. A solução desse problema eliminaria ameaças diretas e indiretas à saúde de mais da metade da população mundial. A gestão dos RSS vem ganhando persistentemente reconhecimento, desse modo, é relevante a conscientização e reflexão a respeito da problemática dos resíduos, seu impacto no meio ambiente e os riscos inerentes à saúde da população. O presente trabalho trata-se de uma reflexão teórica sobre os impactos desses resíduos no meio ambiente e na saúde humana. O manejo dos resíduos de serviços de saúde apresenta algumas falhas, o que aumenta consideravelmente o potencial de risco desses resíduos à natureza, sendo assim, necessário investimentos no âmbito de educação ambiental, a construção e implantação de políticas, mudanças comportamentais sustentáveis e atenção ao meio ambiente. Os profissionais de saúde demonstram um conhecimento fragilizado sobre os resíduos, levando a uma quebra de etapas e normatização do processo, possibilitando assim um impacto ambiental ao con­taminar solo, ar e água, proporcionando riscos aos humanos e aos recursos naturais.


Keywords


Os resíduos de serviços de saúde (RSS), geralmente são de natureza infecciosas e podem conter uma variedade de microrganismos patogênicos. Quando descartados de forma inadequada causam danos ao meio ambiente e à saúde humana. A solução desse problema elim

References


AWAD, A. A.U.S.; AL BAJARI, F. Environmental impacts of medical waste treatment and management by Burning inside health facilities. International Journal of Civil Engineering and Technology (IJCIET), v. 9. 2018. Disponivel em: https://www.researchgate.net/publication/325263668_ENVIRONMENTAL_IMPACTS_OF_MEDICAL_WASTE_TREATMENT_AND_MANAGEMENT_BY_BURNING_INSIDE_HEALTH_FACILITIES/link/5b026b0ca6fdccf9e4f667dc/download. Acesso em: 18 fev. 2021.

BENTO, D.G.; COSTA, R.; LUZ, J. H.; KLOCK, P. O gerenciamento de resíduos de serviço de saúde sob a ótica dos profissionais de enfermagem. Texto e Contexto Enfermagem. v. 26, n. 01, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S01047072017000100313&lng=en&tlng=en. Acesso em: 17 fev. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. ANVISA. Resolução RDC Nº 222 de março de 2018. Dispõe sobre o Regulamento das boas práticas de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde e da outras providencias. Diário Oficial da União da República Federativa do Brasil. Brasília, 2018. Disponível em: http://antigo.anvisa.gov.br/documents/10181/3427425/RDC_222_2018_.pdf/c5d3081d-b331-4626-8448-c9aa426ec410. Acesso em: 17 fev. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Manual para elaboração, implantação e gestão do Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS em Serviços de Hematologia e Hemoterapia. Brasília. 2. ed. 2019. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/plano_residuos_hematologia_hemoterapia_2ed.pdf. Acesso em: 17 fev. 2021.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. CONAMA. Política Nacional Do Meio Ambiente. Lei nº 6938, dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. 31 de agosto de 1981. Brasília 2021. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/Leis/L6938.htm. Acesso em 15 fev. 2021.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12305.htm. Acesso em: 17 fev. 2021

BARROS, A.W.M.S.; ARAUJO, D.L.; SOUZA, D.K.V.; SILVA, I.L.; MELO, J.F.; THAUMATURGO, S.C.S.P. Descarte adequado de materiais em uma unidade de estratégia de saúde da família do município de Caruaru. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 1, p.1272-1288. 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/7148/6237. Acesso em: 13 abr. 2021.

CAFURE, V. A.; PATRIARCHI-GRACIOLLI, S. R. Os resíduos de serviço de saúde e seus impactos ambientais: uma revisão bibliográfica. Interações. Campo Grande, v. 16, n. 2, p. 301-314. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/inter/v16n2/1518-7012-inter-16-02-0301.pdf. Acesso em: 16 fev. 2021.

DELEVATI, D. S.; CASTRO, M. M. R. S.; REIS, E. F.; BAYER, V. M. L.; ROCHA, V.M.P. Desafios na gestão de resíduos de estabelecimentos de saúde públicos perante a RDC 222/18. Saúde Debate. v.43, n.3, p.190-199, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v43nspe3/0103-1104-sdeb-43-spe03-0190.pdf. Acesso em: 17 fev. 2021.

FAZZO, L.; MINICHILLI, F.; SANTORO, M.; CECCARINI, A.; DELA SETA, M.; BIANCHI, F.; COMBA, P.; MARTUZZI, M. Hazardous waste and health impact: a systematic review of the scientific literature. Environmental Health, v. 16 n.107. 2017. Disponível em: https://ehjournal.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12940-017-0311-8. Acesso em: 18 fev. 2021.

FIGUEREDO, G.S.; DEUS, J.S.A.; FIGUEREDO, R.C.; DEUS, S.C.S.R. Resíduos de serviços de saúde (RSS) e seus impactos ambientais: desafios para a gestão e gerenciamento no Brasil. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 9, p.71162-71179, 2020.

FRÖHLICH, B. Impactos ambientais dos resíduos sólidos dos serviços de saúde. Universidade Federal da Fronteira Sul (Trabalho de Conclusão de Curso). Cerro Largo, 2016.

FURUKAWA, P.O.; CUNHA, I.C.K.O.; PEDREIRA, M.L.G.; MARCK, P.B. Sustentabilidade ambiental nos processos de medicação realizados na assistência de enfermagem hospitalar. Acta Paul Enferm., v.29, n.3, p.:316-24. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ape/v29n3/1982-0194-ape-29-03-0316.pdf. Acesso em: 11 fev. 2021.

GALOTTI, F.C.M.; SANTOS, A.T.S.; OLIVEIRA, C.B.; PASSOS, M.C.; ANDRADE, A.S.A. Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde: conhecimento da equipe de enfermagem. Ciências Biológicas e de Saúde. Unit. Aracaju, v. 4, n. 2, p. 169-184 2017. Disponível em: ttps://periodicos.set.edu.br/cadernobiologicas/article/view/4600 Acesso em: 23 fev. 2021.

Gestão de resíduos de saúde e os objetivos de desenvolvimento sustentável. Health Care Without Harm. 2021. Disponível em: https://noharm-global.org/issues/global/health-care-waste-management-and-sustainable-development-goals. Acesso em: 18 fev. 2021.

GOMES, S.C.C.; MENDONÇA I.V.S.; OLIVEIR, L.O.; CALDAS, A.J.M. Acidentes de trabalho entre profissionais da limpeza hospitalar em uma capital do Nordeste, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 24, n. 11, p. 4123-4131. 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v24n11/1413-8123-csc-24-11-4123.pdf. Acesso em: 11 fev. 2021.

MAHLER, C.F.; MOURA, L. L. Resíduos de Serviços de Saúde (RSS): Uma abordagem qualitativa. RISTI, n. 23. p.46-60. 2019. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4611146/mod_resource/content/1/3.%20Res%C3%ADduos%20de%20Servi%C3%A7os%20de%20Sa%C3%BAde%20%28RSS%29_Uma%20abordagem%20qualitativa.pdf. Acesso em: 11 fev. 2021.

MASCARENHAS, J.M. F.; SOUSA, M. R. N.; BARROS, S. S.; XIMENES, S. M. B.S.; OLIVEIRA, G. A. L. Descarte do lixo hospitalar e os impactos para o meio ambiente. Anais do III Encontro de Química Ambiental. 2018

MENDONÇA, I. V.S.; OLIVEIRA, L. P.; GOMES, S. C. S.; TAKAYANAGUI, A. M. M.; CALDAS, A.J.M GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE: UMA QUESTÃO DE PLANEJAMENTO. Rev Pesq Saúde, v.18, n.1, p. 7-12, 2017. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/revistahuufma/article/viewFile/7873/4852. Acesso em: 16 fev. 2021.

NAZARI, M. T.; GONÇALVES, C.S.; SILVA, P.L.C.; PAZ, M.F.; SIQUEIRA, T.M.; CORRÊA, E.K.; CORRÊA, L.B. Incidência de resíduos de serviços de saúde em cooperativas de triagem de materiais recicláveis. Eng Sanit Ambient., v.25 n.2, p. 271-279. 2020.

NEVES, B.C.; LIMA, E.P.P. Condições da prestação dos serviços ambientais de coleta e destinação de resíduos de serviços de saúde em unidades básicas de saúde na cidade de Pelotas, RS, Brasil. Eng Sanit Ambient., v.24, n.1, p.61-69, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/esa/v24n1/1809-4457-esa-s1413-41522019172729.pdf. Acesso em: 11 fev. 2021.

PADMANABHAN, K.K.; BARIK, D. Riscos para a saúde de resíduos médicos e seu descarte. Energia de resíduos orgânicos tóxicos para geração de calor e energia. 2019; 99-118. doi: 10.1016 / B978-0-08-102528-4.00008-0.

SILVA, J.T.; JESUS, G.A.S.; SILVA, MR.; FERREIR, S.M.I.L.; SILVA, G.L.; MONTEIRO, N.M.A.T. Percepção de enfermeiras sobre gerenciamento de resíduos de serviços de saúde.

Braz. J. Hea. Rev, Curitiba, v. 3, n. 6, p.16369-16382, 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/19953/16303. Acesso: 13 abr. 2021.

SILVA, L.A.; PEREIRA, W.A. Plano de gerenciamento de resíduos sólidos de serviços de saúde (pgrss) em um hospital de patos de minas - mg: Um estudo de caso para a gestão Ambiental. Scientia Generalis, v. 1, n. 2, p. 49-65. 2020. Disponível em: http://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/26/18. Acesso em: 16 fev. 2021.

UEHARA, S.C.S.A.; VEIGA, T.B.; TAKAIANAGUI, A.M.M. Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde em hospitais de Ribeirão Preto (SP), Brasil. Eng. Sanitária Ambiental, v. 24, n.1, p. 121-130. 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-41522019000100121. Acesso em: 11 fev. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-034

Refbacks

  • There are currently no refbacks.