Cuidado seguro ao paciente com telemetria em unidade de cuidados especiais / Safe patient care with telemetry in a special care unit

Rodrigo D’avila Lauer, Mari Angela Victoria Lourenci Alves, Aline dos Santos Duarte

Abstract


A telemetria consiste na monitorização contínua e à distância de parâmetros vitais de pacientes, registro e envio contínuo de dados a um centro de análise para interpretação e alerta (ALMEIDA, 2016). É amplamente utilizada no acompanhamento de pacientes com distúrbios cardiológicos, sendo um de seus objetivos, proporcionar mobilidade segura ao paciente. Neste contexto, o enfermeiro desenvolve importante papel na adequada e contínua supervisão. Objetiva-se relatar a experiência do cuidado do enfermeiro ao paciente em telemetria cardíaca em unidade de internação adulto de um Hospital Universitário do Sul do Brasil. Trata-se de um estudo do tipo relato de experiência realizado por enfermeiros, tendo como abordagem aspectos relativos ao cuidado ao paciente com problemas cardíacos e em uso de telemetria, hospitalizado em unidade de internação, obtido através da vivência proporcionada pela prática assistencial. A unidade de cuidados especiais é composta por 45 leitos, neste setor o enfermeiro participa ativamente do cuidado ao paciente em telemetria, instalando o dispositivo no paciente, fornecendo orientação a este, sua família e equipe de enfermagem, aplicando a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). Possui conhecimento e realiza busca ativa de possíveis alterações ou falhas do dispositivo, assim como, de sinais e sintomas que podem estar relacionados a alarmes sonoros do aparelho. Os dados do paciente são monitorados à distância por equipe multiprofissional, exigindo do enfermeiro a comunicação telefônica efetiva, sempre que ocorrem alterações nos deslocamentos do paciente a outros setores do hospital e/ou para o banho ou outra atividade necessária. Apesar de não ter a leitura completa dos dados fornecidos pelo equipamento, reconhece falhas, avalia sinais e sintomas e educa paciente, família e equipe sobre o uso da telemetria, fornecendo livre mobilidade, conforto, além de maior adesão ao tratamento e segurança do paciente fora da unidade de cuidados coronarianos.


References


ALMEIDA, WO. Telemetria aplicada a monitorização cardíaca. Rio de Janeiro. Monografia [Especialização em Gerência de Redes e Tecnologia Internet] - Instituto Tércio Pacitti de Aplicações e Pesquisas Computacionais, Universidade Federal do Rio de Janeiro; 2016.

DIAS, CFC et al. Gerenciamento do cuidado de enfermagem no contexto hospitalar: relato de experiência. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v.4, n.2, p. 5980-5986 mar./abr. 2021. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/26695/21148. Acesso em: 31 mar. 2021.

GUIMARÃES, JI. Et al. Diretriz de Interpretação de Eletrocardiograma de Repouso. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. São Paulo, SP, v. 80, 2003.

MARTINCOSKI, DH. Sistema para telemetria de eletrocardiograma utilizando tecnologia bluetooth. 2003. Dissertação. (Mestrado em Engenharia Elétrica) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, UFSC, Florianópolis.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-021

Refbacks

  • There are currently no refbacks.