Displasia cemento óssea florida: relato de caso / Florida bone cement dysplasia: case report

Ákila Rayanne dos Santos, Nataly Ferreira da Silva Teixeira, Aurea Valéria de Melo Franco, Vanessa de Carla Batista dos Santos, Sonia Maria Soares Ferreira, Camila Maria Beder Ribeiro Girish Panjwa, Catarina Rodrigues Rosa de Oliveira

Abstract


A Displasia Cemento-Óssea Florida é uma lesão benigna, onde há substituição de tecido ósseo normal por tecido conjuntivo em associação com substância cementóide. Sendo diagnosticado durante a rotina clínica por achado radiográfico, tendo predileção, sexo feminino e melanoderma. Tem como objetivo apresentar um caso clínico de Displasia Cemento-Óssea do tipo Florida de uma mulher de 59 anos de idade, melanoderma por meio do exame clínico e imagem. Foi atendida pela extensão de Estomatologia - SERPROBEM do Centro Universitário Cesmac. Queixando-se: “que foi instruída por um cirurgião-dentista a procurar um estomatologista”. Após avaliação clínica e exame complementar de imagem, a radiografia panorâmica, confirmam a Displasia Cemento- Óssea Florida, verificou-se lesão de aspecto misto na região de corpo da mandíbula, bilateral, mostrando calcificações densas. Tendo como conduta inicial adequação do meio bucal e acompanhamento clínico e radiográfico. O presente estudo mostra a importância do conhecimento pelo cirurgião-dentista de lesões fibro-óssea dos óssos gnáticos para diagnóstico e tratamento correto.


Keywords


Cavidade bucal, Displasia, Cemento.

References


ARAÚJO, D.B., et al 2005. DISPLASIA CEMENTO ÓSSEA FLORIDA. Revista de ciências médicas e biológicas. Volume 4, n.2, pág. 167 – 173, agosto de 2005.

AMARISTA-ROJAS F, et al. Florid osseous dysplasia. Case report and literature review. Revista Odontológica Mexicana, 2016; 11 (19):123-127.

CASTRO, T.F., et al 2017. MANIFESTAÇÕES IMAGINOLÓGICAS DISTINTAS NA DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA. RFO, Passo Fundo, volume 22, n.2, pág. 203 – 206, maio/ago. 2017.

CARVALHO et al, 2020. DIAGNÓSTICO DE DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA: EXAMES QUE DEVEM AUXILIAR NA PRÁTICA CLÍNICA. Scientific Investigation in Dentistry – SID. Volume 25; Página 35-43, 2020.

FRANÇA, K.P et al 2020. FREQUÊNCIA DE LESÕES COMPATÍVEIS COM DISPLASIA CEMENTO - ÓSSEA EM RADIOGRAFIAS PANORÂMICAS DE PACIENTES ENCAMINHADOS PARA TRATAMENTO ORTODÔNTICO. Odontol. Clín.-Cient., Recife, Volume 19, página 61 - 65, Jan./Mar., 2020

JARDIM, E.C.G., et al 2010. DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA: RELATO DE CASO. Revista Odontológica de Araçatuba, volume 31, n.2, pág. 31-34, Julho/Dezembro, 2010.

LIMA, A.L.C.,, et al 2019. DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA: RELATO DE CASO. Revista Eletrônica Acervo Saúde. Edição 560, Volume 20, 2019.

LIN T, et al. Florid cemento-osseous dysplasia (FCOD): case report. Journal of Dental Sciences, 2010; 10(3): 242-245

MONTI et al, 2012. DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA: RELATO DE CASO. Odonto. Volume 20; Pagina: 95-100; 2012.

NEVILLE, et al 2009. PATOLOGIA ORAL E MAXILAR. Editora Saunders Elsevier. Edição 3°, pág. 643, 2009.

SANTOS, E.A., et al 2019. DISPLASICA CEMENT-ÓSSEA FLORIDA: RELATO DE DOIS CASOS TRATADOS POR DIFERENTES ABORDAGENS. Revista Federal de Odontologia UPF, Passo Fundo. Volume 24, n.1, pág. 132 – 140, jan/abril 2019.

SANTOS, L.C.C. et al 2020. MANEJO CIRÚRGICO DE SEQUESTRO ÓSSEO PÓSEXODONTIA EM PACIENTE PORTADOR DE DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA

FLORIDA: RELATO DE CASO. Revista Odontológica de Araçatuba, volume 41, página 61-64, Janeiro/Abril, 2020

SILVA, E.R.P. et al 2018. DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA: RELATO DE CASO CLÍNICO. Arch Health Invest. Volume 7, página 174-177,

SILVA, D.R.O. et al 2020. DISPLASIA CEMENTO ÓSSEA FLORIDA, ACOMPANHAMENTO CLÍNICO E RADIOGRÁFICO DE 1 ANO: RELATO DE CASO. Brazilian Journal of Health Review. Volume 3, página 563 – 572, Janeiro de 2020.

SILVA L.G., 2018. DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA: 5 ANOS DE REGISTROS IMAGINOLÓGICOS. Trabalho de Conclusão de Curso da Faculdade de Odontologia de Araçatuba 2018.

OLIVEIRA et al 2015. DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA ASSOCIADA COM CISTO ÓSSEO TRAUMÁTICO. Congresso Alagoano de Odontologia - Maceiodonto 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-014

Refbacks

  • There are currently no refbacks.