Doenças Crônicas Degenerativas e Sua Relação com o Desenvolvimento da Endometriose / Chronic Degenerative Diseases and Their Relation to the Development of Endometriosis

Barbara Pereira Porto, Gabriella Soares de Souza

Abstract


Objetivos: Estudar o número médio de casos confirmados de mulheres portadoras de Endometriose, destacando suas características, sintomatologia, prevenção e tratamento em mulheres na idade fértil; além disso conhecer sobre o processo de evolução da doença e sua relação com os impactos na qualidade de saúde e da vida da mulher. Métodos: Foram selecionados os valores médios de casos confirmados com os números de casos de Endometriose e o desenvolvimento de doenças crônicas em mulheres que realizaram atendimento ginecológico, no período de Janeiro de 2017 a Janeiro de 2019, na faixa etária de 20-40 anos - tal faixa se justifica em função da idade reprodutiva feminina – no intuito de esclarecer os aspectos que envolvam a evolução da doença no que tange sua relação com o impacto na qualidade de vida da mulher em idade fértil e principalmente quais são os novos estudos científicos a respeito de prevenção e tratamento da endometriose. Resultados: No presente estudo, houve diferenças significativas, determinando que o projeto é eficaz. Conclusão: Foi possível evidenciar a direta relação entre endometriose, infertilidade e doenças associadas.


Keywords


endometriose, infertilidade, qualidade de vida

References


-LORENÇATTO, C., VIERA, M.J.N., PINTO, C.L.B. & PETTA C.A. (2002) Avaliação da frequência de depressão em pacientes com endometriose e dor crônica. Rev. Assoc. Med.Bras., 48(3):217-21.

-FILHO ND, MYUNG LHJ, CARAÇA DB. Epidemiologia da endometriose. In: Trindade ES, Melo NR, organizadores. Manual de endometriose. Rio de Janeiro: Elsevier; 2014. Coleção Febrasgo. p. 11-23.

-DOMAR, A.D., ZUTTERMEISTER, P.C. & FRIEDMAN, R. The psychological impact of infertility: a comparison with patients with other medical conditions. J. Psychosom. Obstet. Gynaecol. 14:45-52.

-GIUDICE LC, KAO LC. Endometriosis. Lancet. 2004; 364 (9447):1789-99.

-ABDELMASSIH, R. (2000). Endometriose. Coletânea infertilidade. São Paulo.

-ZHAO, L., WU, H., ZHOU, X., WANG, Q., ZHU, W. & CHEN, J. (2012). Effects of progressive muscular relaxation trainingon anxiety, depression and quality of life of endometriosis patients under gonadotrophin-releasing hormone agonist therapy. Eur. J. Obstet. Gynecol. Reprod. Biol. 162(2):211-5.

-ABDELMASSIH, R. (2000). Endometriose. Coletânea infertilidade. São Paulo.

-MATTA, A.Z. & MULLER, M.C. (2006). Uma análise qualitativa da convivência da mulher com sua endometriose. Psicologia, Saúde & Doenças. 7(1):57-72.

-VILA, A.C.D., VANDENBERGHE, L., SILVEIRA, N.A. (2010). A vivência de infertilidade e endometriose: pontos de atenção para profissionais da saúde. Psicologia, Saúde & Doenças. 11(2):219-228.

-ROTH, R.S., PUNCH, M. & BACHMAN, J.E. (2011). Psychological factor in chronic pelvic pain due to endometriosis: a comparative study. Gynecol. Obstet. Invest.

-PODGAEC S, GONÇALVES MO, KLAJNER S, ABRÃO MS. Epigastric pain relating to menses can be a symptom of bowel endometriosis. São Paulo Med J. 2008; 126:242-4.

-HEMMINGS R, RIVARD M, OLIVE DL, POLIQUIN-FLEURY J, GAGNÉ D, HUGO P, et al. Evaluation of risk factors associated with endometriosis. Fertil Steril. 2004; 81:1513-21.

-HERBERT, D.L., LUCKE, J.C. & DOBSON, A.J. (2010). Depression: an emotional obstacle to seeking medical advice for infertility. Fertil Steril. 94(5):1817-21.

-CULLEY, L., LAW, C., HUDSON, N., DENNY, E., MITCHELL, H. & BAUMGARTEN, M. (2013). The social and psychological impact of endometriosis on women ́s lives: a critical narrative review. Hum. Reprod. 19(6):625-39.

-DE GRAAFF, A.A., D ́HOOGHE, T.M., DUNSELMAN, G.A., DIRKSEN, C.D. & HUMMELSHOJ, L. (2013) The significant effect of endometriosis on physical, mental and social wellbeing: results from an international cross-sectional survey. Hum. Reprod. 28(10):2677-85.

-FOURQUET, J., BÁEZ, L., FIGUEROA, M., IRIARTE, R.I. & FLORES, I. (2011). Quantification of the impact of endometriosis symptoms on health-related quality of life and work productivity. Fertil. Steril. 96(1):107-12.

-HANSEN, K.E., KESMODEL, U.S., BALDURSSON, E.B., SCHULTZ, R. & FORMAN, A. (2013). The influence of endometriosis-related symptoms on work life and work ability: a study of Danish endometriosis patients in employment. Eur. J. Obstet. Gynecol. Reprod. Biol. 169(2):331-9.

-GILMOUR, J.A., HUNTINGTON, A., WILSON, H.V. (2008). The impact of endometriosis on work and social participation. Int. J. Nurs. Pract. 14(6):443-8.

-CLADEIRA, R.P., NORONHA, V.M.A., OLIVEIRA, B.E.C. & AMORIM, F.G.P. (2008). Tratamento terapêutico multiprofissional para endometriose com dor pélvica. Univesitas Ciências da Saúde. 6:69-83.

-PARAZZINI F, FEDELE L, BUSSACA M, FALSETTI L, PELLEGRINI S, VENTURINI PL, et al. Postsurgical medical treatment of advanced endometriosis: results of a randomized clinical trial. Am J Obstet Gynecol. 1994; 171(5):1205-7.

-VERCELLINI P, CROSIGNANI PG, FADINI R, RADICI E, BELLONI C, SISMONDI P. A gonadotrophin-releasing hormone agonist compared with expectant management after conservative surgery for symptomatic endometriosis. Br J Obstet Gynaecol. 1999; 106(7):672-7.

-LORENÇATTO, C., VIEIRA, M.J.N., MARQUES, A., PINTO, C.L.B. & PETTA, C.A. Avaliação de dor e depressão em mulheres com endometriose após intervenção multiprofissional em grupo; 2007.

-VILA, A.C.D., VANDENBERGHE, L., SILVEIRA, N.A. A vivência de infertilidade e endometriose: pontos de atenção para profissionais da saúde. Psicologia, Saúde & Doenças. 11(2):219-228.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-002

Refbacks

  • There are currently no refbacks.