Desenvolvimento de um aplicativo didático voltado para patologias cardiovasculares / Development of a didactic app focused on cardiovascular pathologies

Camila Reane Silva de Souza, Railton da Silva Miranda, Michelli Domingos Da Silva, Glória Cristina Araújo Soares, Heminar Daniela Oliveira Ribeiro, Jaíne da Silva Soriano, Débora Menezes Ramos, Josinalva Nunes da Costa

Abstract


Introdução: As doenças cardiovasculares são caracterizadas por ser uma alteração do desenvolvimento normal das funções cardíacas, especificamente no órgão muscular denominando de coração, tem como função de bombear sangue para todo o corpo, transportando oxigênio e nutrientes para as células. É uma das patologias mais conhecidas pelo seu alto índice de mortalidade, estudos apontam como uma das dez principais causas de morte no mundo, e no Brasil este índice de mortalidade só vem crescendo; A tecnologia em saúde possibilita o desenvolvimento de novos métodos como softwares, aplicativos, biblioteca virtuais, todo com um objetivo de uma abordagem didática de fácil acesso, que sirva de auxílio para o profissional e como base para o paciente. Objetivo: Desenvolver um aplicativo didático voltado para patologias cardiovasculares. Metodologia: Estudo do tipo metodológico, desenvolvimento de tecnologia, de abordagem quantitativa e qualitativa, estabelecida como uma pesquisa de campo, do tipo construção de um aplicativo, o algoritmo construído foi avaliado através de juízes, sendo eles 20 enfermeiros, utilizando um formulário eletrônico com as respostas baseados na técnica de Delphi, além de contribuir para a análise e estatísticas do coeficiente de Alpha de Cronbach e o índice de validade do conteúdo. Resultados: Para adquirir os resultados houveram duas avaliações das questões baseadas na técnica de Delphi, a primeira avaliação do algoritmo notou-se uma incoerência em certos fatores pelos juízes, resultando a pesquisa como parcialmente adequado e adequado, o conteúdo foi reavaliado, e na segunda avaliação notou-se uma melhor concordância entre os juízes, fazendo com que a pesquisa se tornasse totalmente adequado e adequado. Além do coeficiente do alpha de cronbach 0,890 e os índices de conteúdo de validade foram de 0,958 na primeira e 0,983 na segunda rodada. Conclusão: Notou-se que o conteúdo proposto pelo aplicativo é valido para trabalhar na prevenção dos riscos cardíacos, além de estabelecer um conteúdo de base cientifica, a partir do algoritmo, o aplicativo foi desenvolvido e está inserido na plataforma digital, play store, disponível para profissionais e para público.

 

 


Keywords


Cuidados de enfermagem, Infarto agudo do miocárdio, enfermagem, diagnóstico, prevenção e controle.

References


Amorim AGG, Wermelinger ACC. Correlação Entre Aterosclerose Carodídea E Disfunção Ventricular Esquerda Ao Eco-Cardiograma/ Correlation Between Carotid Atherosclerosis And Left Ventricular Dysfunction At Echocardioghapy. Curitiba, Paraná Brasil, Revista-Abc-Imagem-Original-3201-258. Sociedade Brasileira De Cardiologia. 2018. Available at: DOI: 10.5935/2318-8219.20190005.

Maier SRO, et al. Fatores de riscos relacionados ao infarto agudo do miocárdio: revisão integrativa da literatura. Revista Saúde (Sta. Maria). 2020; 46 (1). Available at: DOI: 10.5902/2236583443062.

Souza TCTOA, et al. O Difícil Cotidiano Dos Pacientes Com Insuficiência Cardíaca. Rev Fund Care Online.2019. Out/Dez.; 11(5):1340-1346. Available at: Http://Dx.Doi.Org/10.9789/2175-5361.2019. V11i5.1340-1346.

Bensenor IM. Prevalência De Fatores De Risco Cardiovascular No Mundo E No Brasilprevalence, Of Cardiovascular Risk Factors Worldwide And In Brazilian. Rev Soc Cardiol Estado De São Paulo 2019;29(1):18-24. Available at: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-998610.

Correia DMS, et al. Desafios Para O Cuidado Da Insuficiência Cardíaca: Pesquisa Exploratória Com Enfermeiras Em Ontario Challenges For Theheartfailurecare: Exploratoryresearchwith Nurses In Ontario. Rev Fund Care Online. 2016 Out/Dez; 8(4): Available at: http://Dx.Doi.Org/ 10.9789/2175-5361. 2016. V8i4.5150-5155.

Cardoso FM, et al. Fatores De Risco Cardiovascular Modificáveis Em Pacientes Com Hipertensão Arterial Sistêmic. Rev.,Min, Enferm;24:E-1275,Fev2020. Available at: https://pesquisa.bvsalud. org/portal/resource/pt/biblio-1051265.

Gus I, et al. Variações na Prevalência dos Fatores de Risco para Doença Arterial Coronariana no Rio Grande do Sul: Uma Análise Comparativa entre 2002-2014. Arq. Bras. Cardiol. 2015; 105 (6): 573-579. Available at: https://doi.org/10.5935/abc.20150127.

Chacra AM, Filho RDDS. Quando E Como Avaliar O Risco Cardiovascular Global Em Indivíduos Aparentemente Normais, Rev Soc Cardiol Estado De São Paulo 2019;29(1):46-5. Available at: htpps/dx.dol.org/1029381/0103-8559/201929014652.

Ferreira EF, et al. Perfil Epidemiológico E Avaliação De Fatores De Risco Para Doença Cardiovascular Em Pacientes Atendidos Em Uma Clínica Escola De Fisioterapia. Rev Educ Saúde. 2017;5(2):19-25. Available at: https://Doi.Org/10.29237/2358-9868.2017v5i2.P19-25

Silveira EL, et al. Prevalência e distribuição de fatores de risco cardiovascular em portadores de doença arterial coronariana no Norte do Brasil. Rev Fac Ciênc Méd Sorocaba. 2018;20(3):167-73. Available at: DOI: 10.23925/1984-4840.2018v20i3a9.

Lermen AFB. Saúde Digital: Interseções Entre A Pesquisa Científica E Sua Midiatização / Digital Health: Intersections Between Scientific Research And Its Mediatization / Salud Digital: Intersecciones Entre La Investigación Científica Y Su Mediatizaci, RECIIS (Online) , 2019; 13(2): 340-350. Available at:

Teixeira IP. Coletas de dados por meio de tablets – prático, barato e de fácil programação / Data collection using tablets - practical, low-cost and with easy programming. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde, 2019; 23: 1-6. Available at: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0014.

Silva DML, Carreiro FDA, Mello R. Tecnologias educacionais na assistência de enfermagem em educação em saúde: revisão integrativa. Rev de Enferm UFPE online, Recife, fev., 2017. Available at: DOI: 10.5205/reuol.10263-91568-1-RV.1102sup20172.

Oxford Centre for Evidence-based Medicine: levels of evidence (March 2009). Available from: http://www.cebm.net/oxford-centre-evidence-based-medicine-levels-evidence-march-2009.

Trindade CS, Kato SK, Gurgel LG, Reppold CT. Processo de construção e busca de evidências de validade de conteúdo da equalis-OAS. Aval. psicol. 2018; 17(2): 271-277. Available at: http://dx.doi.org/10.15689/ap.2018.1702.14501.13.

Oliveira JMT, Paula LJC, Marcolino MS, Canesin MF. Resumo Executivo - Diretriz de Telecardiologia no Cuidado de Pacientes com Síndrome Coronariana Aguda e Outras Doenças Cardíacas. Arq. Bras. Cardiol, 2015; 105(2): 105-111. Available at: https://doi.org/10.5935/abc.20150104.

Aguilar BF, et al. Importância Dos Cuidados De Enfermagem No Cateterismo Cardíaco. Rer Ciência De Enfermagem. 2016 Jul/Set; 15(3): 460-465. Available at: http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v15i3. 24894.

Souza RKT, et al. Prevalência de fatores de risco cardiovascular em pessoas com 40 anos ou mais de idade, em Cambé, Paraná (2011): estudo de base populacional. Epidemiol. Serv. Saúde, 2013; 22(3): 435-444. Available at: http://dx.doi.org/10.5123/S1679-4974201300030 0008.

DIAS RR, Lisboa LAF, Jatene FB. Procedimentos Cardiovasculares Híbridos/ Hybrid Cardiovasculares Procedus, Rev.Soc.Cardiol.Estado De São Paulo;29(4):356-361, Out- Dez. 2019. Available at: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1047212.

Marques JBV, Freitas D. Método DELPHI: caracterização e potencialidades na pesquisa em Educação. Pro-Posições [online]. 2018, vol.29, n.2, p.389-415. Available at: https://doi.org/10.1590/1980-6248-2015-0140.

Medeiros PA, et al. Prevalência e simultaneidade de fatores de risco cardiovasculares em idosos participantes de um estudo de base populacional no sul do Brasil. Rev. bras. Epidemiol, 2019; 22: e190064. Available at: https://doi.org/10.1590/1980-54972 0190064.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-331

Refbacks

  • There are currently no refbacks.