Impactos da implementação do Bundle de pneumonia associada à Ventilação Mecânica: Manutenção da cabeceira da cama elevada de 30º a 45º / Impacts of implementing the Bundle of Ventilator-Associated Pneumonia: Maintenance of the bed head from 30º to 45º

Magali Francisca de Oliveira Silva, Márcia Andrea Seibert Campara, Flávia Vieira Reis da Silva, Paulo Tadeu de Souza Figueiredo, Rafael Gonçalves Campolino

Abstract


As Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) representam um dos principais eventos adversos na prestação do cuidado e entre os pacientes diagnosticados com essas infecções 10% evoluem a óbito. Por meio de análise de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adulto no Brasil, encontramos uma taxa de prevalência geral de IRAS em torno de 10,8%. A manutenção da cabeceira da cabeceira da cama elevada de 30º a 45º é um dos itens de cuidados do bundle, pacote de medidas utilizado para prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV), justifica-se o estudo pela importância dos impactos desse cuidado no desfecho dos pacientes nas UTIs, melhoria na assistência, redução de custos e vidas salvas. Este trabalho tem como objetivo mostrar os impactos da implementação do bundle de PAV: manutenção da cabeceira da cama elevada de 30º a 45º  na adesão e na prevalência,  no período de abril de 2018 a setembro de 2020, em uma UTI. Para isso, foi realizado um estudo comparativo através de gráficos, por meio de dados públicos fornecido pela Comissão de Controle de Infecções, sobre a adesão e prevalência de PAV nesse período. Após a implementação do item do bundle de PAV, percebeu-se que houve aumento da adesão da manutenção da cabeceira elevada de 30º a 45º pela equipe multidisciplinar nos 6 (seis) meses iniciais seguindo em melhorias. Consequentemente, a prevalência de PAV tende a diminuir com as medidas instituídas continuamente. É necessário que a coleta e registros dos dados diários sejam fidedignos pela equipe responsável e que haja educação permanente no setor para que a melhoria seja mantida e contínua, com a finalidade de reduzir infecções, custos e mortalidade e assim salvando mais vidas.


Keywords


Infecções, Bundle, Pneumonia.

References


World Health Organization (WHO). Guidelines on core components of infection prevention and control programmesat the national and acute health care facility level [internet]. Geneva: World Health Organization; 2016 [acesso em17 ago 2020]. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/251730/9789241549929-eng.pdf;jsessionid=4CB5695BBABD541A911F464D9C27D122?sequence=1

Zingg W, Holmes A, Dettenkofer M, Goetting T, Secci F, Clack L, Allegranzi B, Magiorakos AP, Pittet D; systematic review and evidence-based guidance on organization of hospital infection control programmes (SIGHT) study group. Hospital organisation, management, and structure for prevention of health-care-associated infection: a systematic review and expert consensus. Lancet Infect Dis. 2015 Feb;15(2):212-24. doi: 10.1016/S1473-3099(14)70854-0. Epub 2014 Nov 11. Erratum in: Lancet Infect Dis. 2015 Mar;15(3):263. PMID: 25467650.

Fortaleza CMCB, PadovezeMC, KifferCRV, Barth AL, CarneiroICDRS, GiamberardinoHIG, et al. Multi-state survey of healthcare-associated infections in acute care hospitals in Brazil. JHospInfect. 2017;96(2):139-44. doi: 10.1016/j.jhin.2017.03.024.

França DC, Apolinário AQ, Velloso M, Perreira VF. Reabilitação pulmonar na unidade de terapia intensiva: revisão de literatura. Fisioter. Pesqui. 2010 Mar, 17(1): 81-87.

Ribeiro DC, França RO. Estratégias pra prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica In: Associação Brasileira de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Fisioterapia em Terapia Intensiva; Martins JÁ, Reis LFF, Andrade FMD, organizadores. PROFISIO Programa de Atualização em Fisioterapia em Terapia Intensiva Adulto: Ciclo 8. Porto Alegre: Artmed Panamericana; 2017. p. 11-43. (Sistema de Educação Continuada a Distância, v. 2).

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Boletim Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde nº17: Avaliação dos indicadores nacionais das infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) e resistência microbiana do ano de 2017. Brasília: Anvisa; 29 abr 2019 [acesso em 17 ago 2020]. Disponível em: https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/publicacoes/item/boletim-seguranca-do-paciente-e-qualidade-em-servicos-de-saude

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Medidas de prevenção relacionadas à assistência à saúde. Brasília: ANVISA; 2017.

Institute for Healthcare Improvement (IHI) - 100,000 Lives Campaign- How-to Guide: Prevent Ventilator –Associated Pneumonia.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-279

Refbacks

  • There are currently no refbacks.