Ações de promoção e cuidados à saúde para trabalhadores hipertensos terceirizados de um restaurante universitário: relato de experiência / Health promotion and care actions for hypertensive outsourced workers of a university restaurant: experience report

Eliane Santos Cavalcante, Viviane Peixoto dos Santos Pennafort, Iago Matheus Bezerra Pedrosa, Cleonice Andréa Alves Cavalcante, Roberval Edson Pinheiro de Lima, João Mário Pessoa Júnior, Verbena Santos Araújo

Abstract


Objetivo: relatar a experiência de professores e alunos do curso Técnico em Enfermagem da Escola de Saúde da UFRN por meio da realização de monitoramento da pressão arterial, a fim de promover o autocuidado e prevenir complicações cardiovasculares em trabalhadores terceirizados com hipertensão arterial. Método: estudo descritivo do tipo relato de experiência de ação de vigilância em saúde desenvolvido pelos professores e alunos da Escola de Saúde da UFRN. As aferições da pressão arterial foram realizadas em sala reservada no Restaurante Universitário da UFRN, no período de janeiro a julho de 2017, às segundas, quartas e sextas-feiras através da técnica de mensuração da pressão arterial com esfigmomanômetro e estetoscópio devidamente calibrado, nas posições deitado, sentado e em pé, após trinta minutos de repouso, sem ingestão recente de café, com bexiga esvaziada e abstenção de tabaco, de acordo com as normas do Ministério da Saúde. O presente trabalho foi desenvolvido com 56 trabalhadores do restaurante de uma universidade federal no município de Natal/RN. Descrição da Experiência: Em um restaurante universitário foram realizados encontros semanais regulares de forma interativa, com acolhimento das demandas dos trabalhadores, ênfase nos cuidados de enfermagem como verificação da pressão arterial e orientações educativas sobre a importância da mudança de hábitos na alimentação, prática de atividade física regular, controle dos fatores de riscos cardiovasculares e da importância da adesão ao tratamento e a prevenção de sequelas evitáveis. Conclusão: A extensão mostrou-se relevante, pois possibilitou uma escuta qualificada, a identificação de problemas relacionados  aos hábitos de vida e das condições de trabalho que comprometem a qualidade de vida dos trabalhadores. Além disso, foi possível desenvolver algumas atividades de promoção à saúde além dos cuidados por meio da atividade de monitoramento da pressão arterial dos trabalhadores hipertensos. Por fim, foram feitas recomendações quanto às formas de controle, prevenção e promoção do autocuidado por meio de orientações sobre hábitos saudáveis de vida e da importância da adesão ao tratamento da doença como estratégias de redução de danos e sequelas.


Keywords


Saúde do Trabalhador, Hipertensão, Educação em Saúde, Restaurante.

References


Pannain GD, Ribeiro CC, Jacob MB, Almeida AL, Pires MLA. Relato de experiência: Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral. HU rev. 2019; 45(1):104-8. DOI: https://doi.org/10.34019/1982-8047.2019.v45.25663

Hernandez CRP. Principais fatores de riscos modificáveis no desenvolvimento das doenças cardiocirculatórias. FIOCRUZ: Unidade Cerrado Pantanal, 2016. Disponível em: https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/3364.

Ministério da Saúde (Brasil). Síntese de evidências para políticas de saúde : prevenção e controle da hipertensão arterial em sistemas locais de saúde. Brasília : Ministério da Saúde, 2016. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/sintese_evidencias_politicas_hipertensao_arterial.pdf

Malachias MVB, Póvoa RMS, Nogueira AR, Souza D, Costa LS, Magalhães ME. 7th Brazilian Guideline of Arterial Hypertension: Chapter 3 - Clinical and Complementary Assessment. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2016 Sep [citado 2020 Abr 23] ; 107( 3 Suppl 3): 14-7. Avaliable from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2016004800014&lng=es DOI: http://dx.doi.org/10.5935/abc.20160153.

Macedo C, Aras JR, Macedo IS. Clinical Characteristics of Resistant vs. Refractory Hypertension in a Population of Hypertensive Afrodescendants. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. [cited 2020 May 19]. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2020005005203&lng=en. In press 2020. Epub Mar 30, 2020. https://doi.org/10.36660/abc.20190218.

Mol MAL, Castro JM de, Costa WJT. Tabagismo e desfechos cardiovasculares entre hipertensos. Revista Artigos [Internet]. 2019 dez [citado 2019 dez 03].Disponivel em: https://www.acervomais.com.br/index.php/artigos/issue/view/116

. Ministério da Saúde (Brasil). Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC n° 216: Dispõe sobre o regulamento técnico de boas práticas para serviço de alimentação. Diário oficial [da] República Federal do Brasil: Brasília (DF): Ministério da Saúde. 2004.Disponível em: https://consultoradealimentos.com.br/legislacao/resolucao-rdc-216-de-setembro-de-2004/. Acesso em: 11 mar.2021.

SAMPAIO, Samyra Maria Lima et al. Promoção da saúde de pacientes hipertensos: uma revisão integrativa.Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v.4, n.2, p. 5238-5249 mar./apr. 2021. Disponível em: file:///C:/Users/Eliane%20Cavalcante/Downloads/26176-67258-1-PB.pdf. Aceso em: 12 mar. 2021.

SIQUEIRA, Diego Silveira et al . Characterisation of patients with hypertensive crisis admitted to an emergency hospital. Rev. Enf. Ref., Coimbra , v. serIV, n. 5, p. 27-36, June 2015 . Available from . access on 12 Mar. 2021. http://dx.doi.org/10.12707/RIV14057.

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (OIT). Trabalho decente. Disponível em Acesso em: 12/03/2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-229

Refbacks

  • There are currently no refbacks.