Critérios de escolha de fármacos anti-hipertensivos em adultos / Criteria for choosing anti-hypertensive drugs in adults

Lara Coqui Machado, Júlia Ferreira dos Santos, Emilly Mendes dos Santos Barros, Renata Almeida de Paula, José Guilherme Pinheiro Pires

Abstract


Introdução: A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma doença crônica, caracterizada por altos níveis da pressão arterial (PA) e sua prevalência está relacionada a múltiplos fatores. Objetivo: A proposta do presente artigo é, com base na literatura vigente, analisar quais são os parâmetros utilizados na escolha de medicamentos anti-hipertensivos como forma de tratamento ambulatorial em pacientes adultos. Metodologia: Foi realizada uma revisão de literatura nos idiomas português, inglês e espanhol publicados nos últimos 11 anos. Discussão: Os principais fármacos utilizados no tratamento da HAS podem ser divididos em cinco grupos: diuréticos, β-bloqueadores, antagonistas de cálcio, inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA) e bloqueadores do receptor de angiotensina-II (BRA). Conclusão: Ao buscar os medicamentos mais adequados ao paciente deve-se considerar o menor efeito colateral, melhor adesão ao tratamento, eficácia em alcançar a PA alvo, contraindicações, farmacocinética e associações possíveis.

 

 


Keywords


hipertensão, hipertensão arterial, adulto, anti-hipertensivo, fármaco, tratamento.

References


BRUNTON, L. L. et al. As Bases Farmacológicas da Terapêutica de Goodman e Gilman. 13. ed. Porto Alegre: AMGH, 2018.

CAMPOS, D.L. et al. Conformidade da prescrição anti-hipertensiva e controle da pressão arterial na atenção básica do município de Imperatriz - MA. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v. 3, n. 4, p. 10111-10126, jul/ago. 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/14757/12212 Acesso em: 13 mar. 2021.

FIGUEIREDO, F. S. BRANDÃO, A. A. Combinação de fármacos no tratamento da hipertensão arterial: vantagens e desvantagens. Rev. bras. Cardiol, v. 26, n. 5, p. 325-328, set.-out. 2013. Disponível em: http://www.rbconline.org.br/wp-content/uploads/PV_RBC_26_5_Art_105_Fabio_Figueredo_site.pdf. Acesso em: 2 fev. 2021.

GOLAN, D. E. et al. Princípios de Farmacologia: a base fisiopatológica da Farmacoterapia. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

GRADMAN, A. H. et al. Combination therapy in hypertension. Journal of the American Society of Hypertension, v. 4, n. 2, p. 90-98, 2010. Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.698.8598&rep=rep1&type=pdf. Acesso em 6 fev. 2021.

GROSSMAN, S.; PORTH, C. M. Fisiopatologia. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2015.

GUPTA, A. K.; ARSHAD, S.; POULTER, N. R. Compliance, Safety, and Effectiveness of Fixed-Dose Combinations of Antihypertensive Agents: A Meta-Analysis. Hipertension, v. 55, n. 2, p. 399-407, 2010. Disponível em: https://www.ahajournals.org/doi/epub/10.1161/HYPERTENSIONAHA.109.139816. Acesso em: 2 fev. 2021.

KATZUNG, B. G. et al. Farmacologia básica e clínica. 13. ed. Porto Alegre: AMGH, 2017.

KUBOTANI, K. P. S.; FERNANDES, D. R.; TERRA JÚNIOR, A. T. Utilização de fármacos vasodilatadores de ação direta e indireta no tratamento de hipertensão arterial: artigo de revisão. Rev Cient da Fac Educ e Meio Ambiente, Ariquemes, v. 10, n. 1, p. 148-155, jan./jun. 2019. Disponível em: http://www.faema.edu.br/revistas/index.php/Revista-FAEMA/article/view/775. Acesso em: 12 jan. 2021.

MALACHIAS, M. V. B. et al. 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, Rio de Janeiro, v. 107, n. 3, supl. 3, p. 1-104, set. 2016. Disponível em: http://publicacoes.cardiol.br/2014/diretrizes/2016/05_HIPERTENSAO_ARTERIAL.pdf. Acesso em: 8 jan. 2021.

MANCIA, G. et al. Guidelines for management of arterial hypertension. The Task Force for the management of arterial hypertension of the European Society of Hypertension (ESH) and the European society of Cardiology (ESC). J Hypertens, v. 31, n. 7, p. 1281-1357, 2013. Disponível em: https://academic.oup.com/eurheartj/article/34/28/2159/451304. Acesso em: 3 fev. 2021.

MANN, J. F. E. Choice of drug therapy in primary (essential) hypertension. Disponível em: https://www.uptodate.com/contents/choice-of-drug-therapy-in-primary-essentialhypertension#:~:text=Thiazide%20diuretics%20%E2%80%94%20The%20preferred%20thiazide,shown%20benefit%20with%20this%20regimen. Acesso em: 3 fev. 2021.

MARQUES, A. P. et al. Fatores associados à hipertensão arterial: uma revisão sistemática. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, n. 6, p. 2271-2282, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232020000602271. Acesso em: 12 jan. 2021.

NÚCLEO DE TELESSAÚDE HC UFMG. No tratamento da hipertensão, como realizar a escolha inicial e a progressão dos medicamentos anti-hipertensivos? ID: sof-23918. 2016. Disponível em: https://aps.bvs.br/aps/no-tratamento-da-hipertensao-como-realizar-a-escolha-inicial-e-a-progressao-dos-medicamentos-anti-hipertensivos/#:~:text=Se%20n%C3%A3o%20houve%20nenhuma%20resposta,segunda%20medica%C3%A7%C3%A3o%20deve%20ser%20introduzida. Acesso em: 16 fev. 2021.

THE MEDICAL LETTER. Drugs for hypertension. The Medical Letter® on Drugs and Therapeutics, v. 62, n. 1598, p. 73-79, 2020. Disponível em: https://secure.medicalletter.org/articleshare?a=1598a&p=tml&title=Drugs%20for%20Hypertension&cannotaccesstitle=1. Acesso em: 18 jan. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-226

Refbacks

  • There are currently no refbacks.