Impacto na saúde dos profissionais de enfermagem na linha de frente da pandemia de covid-19/ Impact on the health of nursing professionals at the forefront of the covid-19 pandemic

Ingrid Michelly Justino de Souza, Laiza Gessica dos Reis Oliveira, Keylane de Oliveira Cavalcante, Daniele Cristina Alves Fernandes, Elane da Silva Barbosa, Andreza Halax Rebouças França, Márcia Jaínne Campelo Chaves, Richardeson Fagner de Oliveira Grangeiro

Abstract


O cenário mundial é de enfrentamento à pandemia de covid-19 causada pelo novo coronavírus. Representa o maior problema mundial de saúde pública dos últimos 100 anos. Os profissionais de enfermagem (PE) estão na linha de frente da pandemia, presentes em toda a rede de atenção à saúde. O estudo tem como objetivo principal discutir o impacto na saúde destes profissionais. Trata-se de uma revisão bibliográfica, realizada nas bases de dados SCIELO, BVS e LILACS, no período de maio de 2020 e março de 2021. As condições de trabalho dos PE têm interferido agudamente em sua saúde. A razão para isso está diretamente relacionada a realidade encontrada nos serviços de saúde, com extensas e intensas jornadas de trabalho, desvalorização profissional, conflitos interpessoais, escassez de EPIs e altos índices de PE contaminados, doentes e afastados temporariamente das atividades. Fatores alarmantes não só pelo desgaste físico, como psíquico. A enfermagem vivencia ainda mais fortemente, a dualidade entre o seu protagonismo na assistência aos pacientes e o próprio adoecimento. Espera-se que o momento atual, propicie além de visibilidade à classe, o trabalho ativo e engajado dos órgãos fiscalizadores e governo para garantir condições seguras e adequadas de trabalho e valorização profissional, com aprovação de piso salarial e jornada de 30h.


Keywords


Enfermagem, Pandemia, COVID-19.

References


COFEN, Conselho Federal de Enfermagem. Cofen e MS debatem ações no Ano Internacional da Enfermagem [Internet]. Brasília: COFEN; 2020. [Acesso em 28 mai. 2020]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/ministerio-da-saude-e-cofen-debatem-acoes-no-ano-internacional-da-enfermagem_77933.html

DUARTE, P. M. COVID-19:A origem do novo coronavírus. Brasilian Journal of Health Review. v. 3, n. 2, p.3585-3590, 2020.

FARIAS, R.D; KUROBA, D.S. Acidentes ocupacionais com materiais perfurocortantes envolvendo a equipe de enfermagem: revisão bibliográfica. Revista Saúde e Desenvolvimento.v.12, n.11, p. 41-56, 2018.

FIHOA, J. M.J et al. A saúde do trabalhador e o enfrentamento da COVID-19. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional. V. 45 n. 14.p. 1-3, 2020.

LANA, R.M. et al. Emergência do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o papel de uma vigilância nacional em saúde oportuna e efetiva. Caderno de Saúde Pública. v. 36. n. 3, p. 1-5, 2020.

LIMA, C.M.A. O. Informações sobre o novo coronavírus (COVID-19). Revista Radiol Bras. V. 53. n. 2, 2020.

MEDEIROS EA. A luta dos profissionais de saúde no enfrentamento da COVID-19. Acta

Paul Enferm. v. 33, EDT20200003, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.37689/acta-ape/2020EDT0003.

MIRANDA, F.M.D. et al. Condições de trabalho e o impacto na saúde dos profissionais de enfermagem frente a covid-19. Cogitare enferm. [Internet]. 2020. [Acesso em 28 de mai. 2020]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.72702.

ORNELL, F.et al. The impact of the COVID-19 pandemic on the mental health of healthcare professionals. Caderno de Saúde Pública. v. 4. N. 36, 2020.

SHEN, X. et al. Psychological stress of ICU nurses in the time of COVID-19. Revista Critical Care. v. 24. n.200. p. 1-3, 2020.

THOMAS, L. S. et al. Atuação do enfermeiro emergencista na pandemia de covid-19: Revisão narrativa da literatura. Brasilian Journal of Health Review. v. 3, n. 6, p. 15959-15977, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-214

Refbacks

  • There are currently no refbacks.