Métodos de ensino em Fisiologia aplicados à geração Z: uma experiência voltada para os estudantes do primeiro ano de Medicina/ Teaching methods in Physiology applied to Generation Z: an experience aimed at first year medical students

Patrícia Raquel Maba, Juliana Trindade Clemente Napimoga, Danilo Roberto Xavier de Oliveira Crege, Giovana Tofoli, Ana Beatriz Albino de Almeida

Abstract


A Educação Superior tem vivido uma grande transformação em vários campos do conhecimento, especialmente relacionado ao processo de ensino-aprendizagem. O rápido crescimento das novas tecnologias apresentam um importante desafio às antigas práticas e técnicas de ensino, principalmente devido as novas gerações possuírem acesso a uma ampla base de informações geradas em tempo real. Com isso, o objetivo da pesquisa foi desenvolver materiais de ensino complementares (texto, podcast e cartilha), a fim de verificar suas contribuições no processo de ensino-aprendizagem na disciplina de Fisiologia aos estudantes ingressantes do curso de Medicina. Para tanto, realizou-se um estudo observacional descritivo, que foi desenvolvido através de um questionário estruturado e aplicado após a aula expositiva e ao acesso ao material, de acordo com os diferentes estilos de aprendizagem. Os resultados obtidos permitem levantar considerações sobre as vantagens de se aplicar métodos complementares de ensino, pois apresentam-se no processo de ensino-aprendizagem, como facilitadores na apropriação do conhecimento compartilhado no ambiente educacional. Além disso, permite que o estudante seja um agente co-participativo da sua formação acadêmica conferindo-lhe autonomia durante o seu desenvolvimento profissional.


Keywords


Métodos de ensino, fisiologia, geração Z.

References


ALMEIDA, L. S.; SOARES, A. P.; FERREIRA, J. A. Questionário de vivências acadêmicas (QVA-r): avaliação do ajustamento de estudantes universitários. Revista de Avaliação Psicológica. v. 1, n. 2, p. 81-93, 2002.

DUNN, R.; DUNN, K. Teaching students through their individual learning styles: a practical approach. Reston, VA: Reston Publishing Co., 1978.

FERREIRA, J. A.; ALMEIDA, L. S.; SOARES. A. P. Adaptação acadêmica em estudantes do 1o ano: diferenças de gênero, situação de estudante e curso. Psico-USF. v. 6, n. 1, p. 1-10, 2001.

FRYDENBERG,M. Principles and Pedagogy: The Two Ps of Podcasting in the Information Technology Classroom. Information Systems Education Journal, v.6, n.6, 2008.

GREGORC, A. F. Learning/teaching styles: their nature and effects. NASSP Monograph, 1979.

KÄMPF, C. A geração Z e o papel das tecnologias digitais na construção do pensamento. Campinas, ComCiência, n.131, 2011.

KENNEDY, G. E. et al. First year students’ experiences with technology: Are they really digital natives? Australasian Journal of Educational Technology, v. 24, n. 1, SE-Articles, 2008.

LIMA, R. L. DE et al. Estresse do Estudante de Medicina e Rendimento Acadêmico. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 40, n. 4, p. 678-684, 2016 .

LUKASIK, K. M. et al. The Relationship of Anxiety and Stress With Working Memory Performance in a Large Non-depressed Sample . Frontiers in Psychology , 2019. Disponível em: .

MOHR, K. A. J.; MOHR, E. S. Understanding Generation Z Students to Promote a Contemporary Learning Environment. Journal on Empowering Teaching Excellence. v. 1, n. 1, p. 84–94, 2017.

NATHAN, P.; CHAN, A. Engaging undergraduates with podcasting in a business subject. ICT: Providing choices for learners and learning. Proceedings ascilite, Singapore, 2007.

OLIVEIRA, E. B. P.; ALENCAR, E. M. L. S. DE. Importância da criatividade na escola e no trabalho docente segundo coordenadores pedagógicos.Estudos de Psicologia (Campinas), v. 29, n. 4, p. 541-552, 2012.

SCHMITT, C. DA S.; DOMINGUES, M. J. C. DE S. Estilos de aprendizagem: um estudo comparativo. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas),Sorocaba, v. 21, n. 2, p. 361-386, 2016.

TEIXEIRA, M. A. P. et al. Adaptação a universidade em jovens calouros. Psicologia Escolar e Educacional, v. 12, p. 185–202, 2008.

VARK-LEARN. As Modalidades Vark. Disponível em: . Acesso em: 24 de abril 2019.

WALKER, J. D. et al. A delicate balance: integrating active learning into a large lecture course. CBE life sciences education, v. 7, n. 4, p. 361–367, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-163

Refbacks

  • There are currently no refbacks.