Gerenciamento do cuidado de enfermagem no contexto hospitalar: relato de experiência / Management of nursing care in the hospital context: experience repor

Caren Franciele Coelho Dias, Simone Kroll Rabelo, Suzinara Beatriz Soares de Lima, Tanise Martins dos Santos, Daniela Rodrigues Hoffmann

Abstract


Gerenciar o cuidado é um processo que significa efetivar, com auxílio de um conjunto de práticas/atividades, que são interdependentes e complementares entre si. O enfermeiro necessita ser um profissional com competência na dimensão física, emocional e espiritual, preparado a atender as mais diversas situações e entender que uma boa recuperação depende também do gerenciamento do cuidado de enfermagem. Essa reflexão se faz necessária devido a presença de diferentes discursos e divergências do conceito ainda presentes na prática do enfermeiro. Dessa forma, o objetivo do estudo foi relatar as discussões sobre o conceito de gerenciamento do cuidado de enfermagem no contexto hospitalar. Trata-se de um relato de experiência de uma atividade desenvolvida durante a disciplina de seminário temático II: trabalho e gestão, do curso de pós-graduação em enfermagem de uma universidade federal na região Central do Rio Grande do Sul. Ao final da dinâmica, pode-se perceber que gerenciamento do cuidado é compreendido como um instrumento que possa contribuir, efetivamente, para que a assistência de enfermagem se torne um modelo de produção de serviço e que seja capaz de produzir qualidade para todos. Para que as ações possam ser planejadas, o enfermeiro necessita ter conhecimento, assim, as ações serão eficazes, uma vez que se possa aliar o conhecimento comprovado cientificamente com as situações específicas do serviço. A partir deste relato, percebe-se que o gerenciamento do cuidado abrange as ações de gerenciar e cuidar, que estão interligadas entre si e são fundamentais para a qualidade dos cuidados prestados aos pacientes. Desta forma, entende-se que unir essas ações se torna importante aos profissionais que dela se utilizam, pois estarão realizando uma assistência de acordo com as necessidades sentidas pelos pacientes.


Keywords


Enfermagem, Gestão em Saúde, Administração dos Cuidados ao Paciente, Papel do Profissional de Enfermagem.

References


Christovam, B. P., Porto, I. S., Oliveira, D. C. (2012). Gerência do cuidado de enfermagem em cenários hospitalares: a construção de um conceito. Revista da escola de enfermagem da USP, 46(3), 734-41.

Furukawa, P. O., Cunha, I. C. K. (2011). O Perfil e competências de gerentes de enfermagem de hospitais acreditados. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 19(1), 106-14.

Melo, M. R. A. C., Fávero, N., Trevizan, M. A., Hayashida, M. (1996). Expectativa do administrador hospitalar frente as funções administrativas realizadas pelo enfermeiro. Revista latino-Americana de Enfermagem, 4(1),131-44.

Palhano, R. A. R., Santos, C. A., Santos, L. F., Torres, L. M. (2020). Competências profissionais para o gerenciamento de recursos humanos na equipe de enfermagem. Brazilian Journal of health Review, 3(6), 17315-23.

Santos, J. L. G., Lima, M. A. D. S. (2011). Gerenciamento do cuidado: ações dos enfermeiros em um serviço hospitalar de emergência. Revista Gaúcha Enfermagem, 32(4), 695-702.

Santos, J. L. G., Pestana, A. L., Guerrero, P., Meirelles, B. S. H., Erdmann, A. L. (2013). Práticas de enfermeiros na gerência do cuidado em enfermagem e saúde: revisão integrativa. Revista Brasileira de Enfermagem, 66(2), 257-63.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-158

Refbacks

  • There are currently no refbacks.