Pacientes sequelados por acidente vascular encefálico em cuidado domiciliar: caracterização de um grupo de doentes e cuidadores / Patients sequelated by stroke in home care: characterization of a group of sick and caregivers

Eveline Michelle Lima da Silva, Consuelo Helena Aires de Freitas, Huana Carolina Cândido Morais, Vanuza Nunes de Oliveira, Nair Assunta Antônia Corso Câmara, Regina Kelly Guimaraes Gomes Campos, Liene Ribeiro de Lima, Samia Jardelle Costa de Freitas Maniva

Abstract


O objetivo foi realizar a caracterização de um grupo de pacientes sequelados por Acidente Vascular Encefálico (AVE) em cuidado domiliciar e de seus cuidadores. Estudo descritivo com abordagem quantitativa, realizado em quatro unidades básicas de saúde (UBS) do município de Quixadá-CE. Participaram 33 pacientes com diagnóstico de AVE, sequelados e que estavam em acompanhamento no domicílio pela UBS.  A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário semi-estruturado, no domicílio.  Com base nos achados, predominaram mulheres (60,7%), com idade média de 69,63 anos. Todos os pacientes utilizavam o Sistema Único de Saúde (SUS), porém 24% estavam insatisfeitos com o atendimento; 75,8% recebiam visita domiciliar apenas dos agentes de saúde, 97% desconheciam qualquer outra rede de apoio para pacientes com AVE. Concluiu-se que a ausência da assistência de redes de apoio na comunidade, influencia na carência do apoio social em suprir necessidades biopsicossociais do paciente e do cuidador.

 


Keywords


Assistência Domiciliar, Acidente vascular encefálico, Enfermagem, Cuidado.

References


Nunes HJ, Queirós PJP. Doente com acidente vascular cerebral: planeamento de alta, funcionalidade e qualidade de vida, Rev Bras Enferm [Internet]. 2017 mar-abr [cited 2019 Set 01]: 70(2):433-42. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v70n2/pt_0034-7167-reben-70-02-0415.pdf.

Almeida SRM. Análise epidemiológica do Acidente Vascular Cerebral no Brasil. Rev. Neurocienc [Internet]. 2012; 20(4): 481-482. Available from: https://www.researchgate.net/profile/Sara_Almeida15/publication/270062800_Analise_epidemiologica_do_Acidente_Vascular_Cerebral_no_Brasil/links/589b5f0e92851c942ddad6ce/Analise-epidemiologica-do-Acidente-Vascular-Cerebral-no-Brasil.pdf.

Lima ACMACC, Silva AL, Guerra DR, Barbosa IV, Bezerra KC, Oriái MOB. Diagnósticos de enfermagem em pacientes com acidente vascular cerebral: revisão integrativa. Rev Bras Enferm [Internet]. 2016 jul-ago [cited 2019 Ago 29];69(4):785-92. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v69n4/0034-7167-reben-69-04-0785.pdf.

Yamashita CH, Jaqueline CG, Amendola F, Alvarenga MRM, Oliveira MAC. Rede social de cuidadores familiares de pacientes com incapacidades e dependência. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2014, [cited 2020 Ago 29]; 48:097-103. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v48nspe/pt_0080-6234-reeusp-48-esp-097.pdf.

Pereira RA, Santos EBS, Fhon JRS, Marques S, Rodrigues RAP. Sobrecarga dos cuidadores de idosos com acidente vascular cerebral. Rev. Esc. Enferm. USP [Internet].2013; [cited 2020 Ago 30]; 47(1): 185-92. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342013000100023.

Gomes RHS, Santos RS. Avaliação da capacidade e comprometimento funcional em pacientes traqueotomizados de um hospital público de Curitiba. Rev. CEFAC [Internet]. 2016 Jan-Fev [cited 2020 Ago 06]; 18(1):120-128. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-18462016000100120&script=sci_abstract.

Goulart BNG, Almeida CPB, Silva MW, Oenning NSX, Lagni VB. Caracterização de acidente vascular cerebral com enfoque em distúrbios da comunicação oral em pacientes de um hospital regional. Audiol Commun Res. [Internet]. 2016 [cited 2020 Set 02]; 21:1603. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2317-64312016000100314&script=sci_abstract&tlng=pt.

Ribeiro KSQS, Vasconcelos EM. As redes de apoio social nas práticas de educação popular e saúde: reflexões de uma pesquisa-ação. Interface (Botucatu), [Internet]. 2014 [cited 2020 Ago 27];18(2): 1453-1462. Available from: http://www.scielosp.org/pdf/icse/v18s2/1807-5762-icse-18-s2-1453.pdf.

Costa TF, Costa KNFM, Martins KP, Fernandes MGM, BRITO SS. Sobrecarga de cuidadores familiares de idosos com acidente vascular encefálico. Esc Anna Nery, [Internet]. 2015 [cited 2020 Set 01]; 19(2):350-355. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452015000200350.

Santos WMS, Cerqueira GS, Oliveira MVV, Sousa MJF, Ferreira FFC. Perfil epidemiológico dos pacientes sequelados de acidente vascular cerebral: um estudo transversal. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer, Goiânia, [Internet]. 2012 [cited 2020 Set 03]; 8(15): 1997. Available from: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/espacoparasaude/article/viewFile/23198/pdf.

Lopes Junior JEG, Freitas Junior JHA, Figueiredo ADJ, Santana FM. Perfil dos Pacientes Acometidos por Acidente Vascular Encefálico Cadastrados na Estratégia de Saúde da Família. Rev. Fisioter S Fun. Fortaleza, Jan-Jun. [Internet]. 2013 [cited 2017 Ago 29]; 2(1):21-27. Available from: http://www.fisioterapiaesaudefuncional.ufc.br/index.php/fisioterapia/article/view/193/pdf.

Brasil. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Rio de Janeiro, Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Percepção do estado de saúde, estilos de vida e doenças crônicas Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação, 2013. [cited 2020 Ago 26] Available from: ftp://ftp.ibge.gov.br/PNS/2013/pns2013.pdf.

Cruz DMC, Silva NSS, Patti LP, PAIVA G, Paolillo AR. Correlação entre sensibilidade, função manual e independência em indivíduos pós-acidente vascular cerebral. Rev. Paraense de Medicina, [Internet]. 2015 [cited 2020 Ago 26];29(1). Available from: http://files.bvs.br/upload/S/0101-5907/2015/v29n1/a4654.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria Nº 963, de 27 DE maio DE 2013. Redefine a Atenção Domiciliar no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Disponivel em:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0963_27_05_2013.html.

Ferreira SMD. Cuidados Paliativos: o necessário para o idoso com acidente vascular encefálico. Rev. Kairós Gerontologia, [Internet]. 2015 [cited 2020 Ago 26]; 16(5), pp. 293-308. Online ISSN 2176-901X. Print ISSN 1516-2567. São Paulo (SP), Brasil: FACHS/NEPE/PEPGG/PUC-SP, setembro de 2013. Available from: https://revistas.pucsp.br/index.php/kairos/article/view/18649/13837.

Silva AG, Arieli SSA, Souza ICP, Machado MAF, Sampaio ME, Souza NO, Andrade SR, Luzimar RLR; Viana, M.B.O. Perfil de cuidadores familiares no ambiente hospitalar e a rede de suporte para assistência domiciliar. Rev. Enfermagem Revista, [Internet]. 2011 [cited 2020 Ago 26]; 15(01). Available from: http://periodicos.pucminas.br/index.php/enfermagemrevista/article/view/3271/3651.

Aerosa SVC, Henz LF, Lawisch D, Aerosa RC. Cuidar de si e do outro: estudo sobre os cuidadores de idosos. Psic., Saúde & Doenças, [Internet]. 2014 [cited 2020 Ago 26]; 15(2). Available from: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-00862014000200012.

Paiva ACJP, Vila VSC, Almy LDA, Silva LK. A experiência vivenciada por pessoas que sobreviveram ao acidente vascular cerebral e seus cuidadores familiares. Atas CIAIQ. Investigação Qualitativa em Saúde, [Internet]. 2015 [cited 2020 Ago 26]; 1:182. Available from: http://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2015/article/view/43/41




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-153

Refbacks

  • There are currently no refbacks.