Fisiopatologia e prevenção da hipoglicemia neonatal: revisão de literatura / Pathophysiology and prevention of neonatal hypoglycemia: literature review

Luís Fernando Mendes Pereira, Rômullo Vinícius Dutra Menezes, Thales Rezende Correa, Vitor Carreira Braga, Gabriel Albuquerque Mesquita, Victoria Cristina Lodron Pires, João Victor de Miranda Avelar, João Pedro Santana Vieira, Beatriz Martins Guerra Pantuza Almeida, Lucas Borba Paulino Coelho

Abstract


INTRODUÇÃO: Hipoglicemia neonatal é uma importante causa de morbimortalidade em recém nascidos, devido a sua elevada prevalência. O atraso no diagnóstico pode levar a períodos prolongados de hipoglicemia e desfechos neurológicos tardios ruins. O objetivo foi fazer uma revisão de literatura para elucidar a fisiopatologia dessa doença e avaliar o que há de consenso na literatura com relação ao rastreio e prevenção primária da hipoglicemia neonatal. METODOLOGIA: Foi realizado uma revisão de literatura, utilizando a base de dados U.S National Library of Medicine (PubMed), no período de Janeiro a Fevereiro de 2021. Artigos do UptoDate e documentos científicos nacionais também foram incluídos. RESULTADOS E DISCUSSÃO: A fisiopatologia da hipoglicemia neonatal envolve três mecanismos que podem coexistir: hiperinsulinismo, baixas reservas de glicogênio, e causas mistas associadas. Em última análise, a interrupção abrupta do fornecimento de glicose ao feto pela placenta, após o parto, associada a manutenção da produção de insulina, culmina na depleção das reservas de glicose do recém-nascido. De uma forma geral, os desfechos neurológicos tardios são a principal causa de morbimortalidade relacionados. O rastreio da hipoglicemia neonatal ainda apresenta divergências na literatura, e sua elevada prevalência gera altos custos operacionais para os hospitais. A identificação de fatores de risco, como fetos GIG e diabetes materno, permite que medidas de profilaxia primária sejam estabelecidas. CONCLUSÃO: A hipoglicemia neonatal é uma entidade prevalente em nosso meio que, se não rastreada e tratada adequadamente, pode gerar sequelas tardias graves e irreversíveis ao recém-nascido. Diante das divergências ainda encontradas na literatura, faz-se necessário a padronização dos protocolos de rastreio da hipoglicemia neonatal, com base em evidências atuais, a fim de minimizar seus efeitos deletérios. Além disso, a prevenção primária destaca-se como importante medida de redução de custos operacionais e desfechos desfavoráveis dessa condição a longo prazo.


Keywords


“Hipoglicemia”, “Neonatal”, “Prevenção”, “Doenças Neonatais”.

References


Puchalski ML, Russell TL, Karlsen KA – Neonatal Hypoglycemia Is There a Sweet Spot? Crit Care Nurs Clin N Am 30 (2018) 467–480. doi: https://doi.org/10.1016/j.cnc.2018.07.004

Thompson-Branch A, Havranek T – Neonatal Hypoglycemia. Pediatrics in Review 2017;38;147. doi: 10.1542/pir.2016-0063

Adamkin DH – Neonatal hypoglycemia. Seminars in Fetal & Neonatal Medicine, p.1-6 (2016). doi: http://dx.doi.org/ 10.1016/j.siny.2016.08.007

Garbers RI – Doenças Frequentes do Recém-Nascido – distúrbios metabólicos. Tratado de Pediatria: Sociedade Brasileira de Pediatria, vol.2 (4.2), 4ª ed, Barueri, SP: Manole, 2017.

Diva D De Leon-Crutchlow, MD, MSCE Katherine Lord, MD - Causes of hypoglycemia in infants and children (2020). 2021, Disponível em: < Causes of hypoglycemia in infants and children >. Acesso em: 10 de fev. de 2021.

George T Mandy – Infants with fetal (intrauterine) growth restriction (2020). UpToDate, Disponível em: < Infants with fetal (intrauterine) growth restriction - UpToDate>, 2021. Acesso em: 10 de fev. de 2021

Bateman BT, Patorno E, Desai R J et al. – Late Pregnancy ? Blocker Exposure and Risks of Neonatal Hypoglycemia and Bradycardia. Pediatrics. 2016;138(3): e20160731. doi: 10.1542/peds.2016-0731

Riskin A, Garcia-Prats J A – Infants of women with diabetes (2020). UpToDate 2021 Disponível em: . Acesso em:10 de fev. de 2021.

Thompson-Branch A, Havranek T – Neonatal Hypoglycemia. Pediatrics in Review, 2017;38(4). doi:

Lucas A, Morley R, Cole T J – Adverse neurodevelopmental outcome of moderate neonatal hypoglycaemia. British Medical Journal 1998; 297 - doi: https://doi.org/10.1136/bmj.297.6659.1304

Departamento Científico da Sociedade Brasileira de Pediatria – Diretrizes SBP: Hipoglicemia no período neonatal. Disponível em . Acesso em: 10 de fev. de 2021.

Dirk Wackernagel; Anna Gustafsson; Anna?Karin Edstedt Bonamy; Annika Reims; Fredrik Ahlsson; Maria Elfving; Magnus Domellöf; Ingrid Hansen Pupp. Swedish national guideline for prevention and treatment of neonatal hypoglycaemia in newborn infants with gestational age ?35 weeks (2018) DOI: 10.1111/apa.14955

Paul J Rozance 2020 Pathogenesis, screening, and diagnosis of neonatal hypoglycemia (2020) UpToDate 2021, Disponível em: . Acesso em: 10 de fev. de 2021

Paul J Rozance 2020 Management and outcome of neonatal hypoglycemia (2020) UpToDate 2021, Disponível em: < Management and outcome of neonatal hypoglycemia >. Acesso em: 10 de fev. de 2021

Stomnaroska O, Petkovska E, Ivanovska S, Jancevska S, Danilovski D. Hypoglycaemia in the Newborn. Pril (Makedon Akad Nauk Umet Odd Med Nauki). 2017 Sep 1;38(2):79-84. doi: 10.1515/prilozi-2017-0025. PMID: 28991764. Acesso em: 10 de fev. de 2021

Nörby U, Forsberg L, Wide K, Sjörs G, Winbladh B, Källén K. Neonatal Morbidity After Maternal Use of Antidepressant Drugs During Pregnancy. Pediatrics. 2016 Nov;138(5):e20160181. doi: 10.1542/peds.2016-0181. PMID: 27940758. Acesso em: 10 de fev. de 2021

Hayfaa A. Wahabi, Amel Fayed, Samia Esmaeil , Hala Elmorshedy, Maher A. Titi, Yasser S. Amer, Rasmieh A. Alzeidan, Abdulaziz A. Alodhayani , Elshazaly Saeed , Khawater H. Bahkali , Melissa K. Kahili-Heede, Amr Jamal, Yasser Sabr. Systematic review and meta-analysis of the effectiveness of pre-pregnancy care for women with diabetes for improving maternal and perinatal outcomes. PLOS ONE August 2020. Doi https://doi.org/10.1371/journal.pone.0237571 Acesso em: 10 de fev. de 2021

Ionara Baquião; Trabalho de parto prematuro: Fatores de risco e estratégias de para sua predição e prevenção 2011. Disponivel em < https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/2941.pdf > Acesso em: 10 de fev. de 2021




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-148

Refbacks

  • There are currently no refbacks.