Análise do quantitativo de exame citopatógico em unidades básicas de saúde do município de Aracaju Sergipe / Analysis of cytopathological examination quantitative in basic health units of Aracaju Sergipe

Adão Renato de Jesus Freire, Maiara Rozendo Campos Rocha, Paloma Keisy da Silva Almeida, Aislayne Rodrigues Valentim, Gustavo Venicius da Silva Santos, Deyse Mirelle Souza Santos, Marismar Fernandes do Nascimento

Abstract


Introdução: A realização de exames preventivos deve ser empregada em mulheres entre 25 e 64 anos de idade, que já iniciaram vida sexual, após dois exames anuais consecutivos com resultados negativos para displasia ou neoplasia do colo do útero, a periodicidade de realização passa a ser trienal, cabendo ao enfermeiro a realização deste exame em suas consultas, destaca-se como um dos profissionais responsáveis pelo procedimento e vigilância dessa afecção. Objetivo: Este trabalho tem como objetivo analisar a prevalência do exame citopatológico e sua associação aos fatores sociodemográficos em Aracaju, Sergipe. Metodologia: Trata-se de um estudo ecológico, de caráter quantitativo e analítico, tendo como análise doze unidades básicas de saúde do município de Aracaju, Sergipe, entre os anos de 2012 a 2014. Resultados: A maioria das mulheres que fez o exame eram jovens e a minoria era idosa mais de 60% possui como escolaridade até o ensino fundamental completo. Conclusão: O decrescente número de exames realizados em dez unidades aponta dois problemas: baixa cobertura na realização do exame citopatológico e não alimentação do sistema.

 

 


Keywords


Exame Papanicolau, Consulta de enfermagem, Prevenção, Atenção Básica, Saúde da Mulher.

References


LITTELL, R.D; KUMAR, A; EINSTEIN, M.H; KARAM, A; BEVIS, K; Advanced communication: A critical component of high quality gynecologic cancer care: A Society of Gynecologic Oncology evidence based review and guide;

Gynecol Oncol; 2019 Oct;155(1):161-169.

BRASIL. Assistência integral à saúde da mulher: bases de ação programática I

Ministério da Saúde. - Brasília, Centro de Documentação do Ministério da Saúde,

Disponível

em:.

BRASIL. Atlas do Desenvolvimeto Humano no Brasil, Aracaju. 2010. Disponível em: < http://www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/perfil_m/aracaju_se>.

BRASIL. Quantitativo populacional residente em Aracaju. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. 2010. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/se/aracaju/pesquisa/23/25207?indicador=25189>

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Controle dos cânceres do colo do útero e da mama / Ministério da

Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed.

– Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2013. Disponível em: .

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº399, de 22 de Fevereiro de 2006. Disponível em:< http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0399_22_02_2006.html>.

DE CARVALHO, V.F; KERBER, N.P.C; WACHHOLZ, V.A; POHLMANN, F.C; MARQUES, L.A; FRANCIONI, F.F; Acesso ao exame Papanicolau por usuárias do sistema único de saúde; Rev Rene. 2016. mar-abr; 17(2):198-207.

Corrêa, C. S. L., Lima, A. D. S., Leite, I. C. G., Pereira, L. C., Nogueira, M. C., Duarte, D. D. A. P., ... & Bustamante-Teixeira, M. T; Rastreamento do câncer do colo do útero em Minas Gerais: avaliação a partir de dados do Sistema de Informação do Câncer do Colo do Útero (SISCOLO); Cadernos Saúde Coletiva; 2017;25(3), 315-323.

COFEN. RESOLUÇÃO COFEN Nº 381/2011. Publicado Portal do Cofen - Conselho Federal de Enfermagem, e no DOU nº 140, pág. 229 - seção 1. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen-n-3812011_7447.html.

ELEJE, G.U; EKE, A.C; IGBERASE, G.O; IGWEGBE, A.O; ELEJE, L, I; Palliative interventions for controlling vaginal bleeding in advanced cervical cancer. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2019. Mar 19;3(3).

FERREIRA, J. E. L., ALVES, M. C., MARTINS, M. DE C. V., DE SANTA ROSA, M. DA P. R., & GONÇALVES, M. C; PERFIL DA POPULAÇÃO ATENDIDA EM UM CONSULTÓRIO DE ATENDIMENTO INTEGRAL Á SAÚDE DA MULHER. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT – SERGIPE; 2015 3(1), 127-140.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Comprehensive cervical cancer control: a guide to essential practice – 2nd ed. Genebra. 2014.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Estimativa 2018: incidência de câncer no Brasil. Coordenação de Prevenção e Vigilância. – Rio de Janeiro: INCA, 2017.

MELO, W.A; PELLOSO, S.M; ALVARENGA, A. CARVALHO, M.D.B; Fatores associados a alterações do exame citopatológico cérvico-uterino no Sul do Brasil. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. 2017, vol.17, n.4, pp.637-643.

OLIVEIRA, M.M.H.N; SILVA, A.A.M; BRITO, L.M.O; COIMBRA, L.C; Coverage and factors associated with not performing Pap smear screening tests in São Luís, Maranhão, Brazil. Rev. bras. epidemiol. 2006, vol.9, n.3, pp.325-334.

SANTOS, L.V; INAGAKI, A.M.; ABUD, A.C.F; OLIVEIRA, J.K.A; RIBEIRO, C.J.N; OLIVEIRA, M.I, A; Características sociodemográficas e risco para doenças sexualmente transmissíveis entre mulheres atendidas na atenção básica; Rev enferm UERJ; 2014 jan/fev; 22(1):111-5.

SILVEIRA, N.S.P; VASCONCELOS, C.T.M; NICOLAU, A.I.O; ORIÁ, M.O.B; PINHEIRO, P.N.C; PINHEIRO, A.K.B; Conhecimento, atitude e prática sobre o exame colpocitológico e sua relação com a idade feminina. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2016, vol.24, e2699.

DE SOUZA, A. F.; COSTA, L. H. R. Conhecimento de Mulheres sobre HPV e Câncer do Colo do Útero após Consulta de Enfermagem. Revista Brasileira de Cancerologia, 2015, v. 61, n. 4, p. 343-350.

VAZ, G.P; BITENCOURT, E, L; MARTINS, G.S; DE CARVALHO, A.A.B; JUNIOR, P.M.R; Perfil epidemiológico do Câncer de Colo de Útero na Região Norte do Brasil no Período de 2010 a 2018; Revista de Patologia do Tocantins; 2020; 7(2).




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-144

Refbacks

  • There are currently no refbacks.