Fatores determinantes da insegurança alimentar e do estado nutricional antropométrico de adolescentes de Alegre-ES / Determinants of food insecurity and anthropometric nutritional status of adolescents from Alegre-ES

Liz Keyla Salcedo Bandera, Manuella Domiciano do Nascimento, Flávia Vitorino Freitas, Alcemi Almeida de Barros, André Gustavo Vasconcelos Costa, Letícia Côgo Marques, Wagner Miranda Barbosa

Abstract


O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de Insegurança Alimentar e Nutricional e identificar seus fatores determinantes, bem como traçar o perfil socioeconômico e antropométrico de crianças e jovens desportistas da cidade de Alegre-ES. A pesquisa, de caráter transversal, foi conduzida por entrevista pessoal e aconteceu no projeto esportivo denominado “Alegrenses do Futuro”, desenvolvido no município de Alegre-ES, com crianças e adolescentes de 12 a 20 anos. Após a codificação das amostras, os dados foram tabulados e analisados usando o Stata® software estatístico, versão 14. A variável dependente de interesse foi INSAN. Foi utilizada a regressão logística univariada, seguida da multivariada. De acordo com os resultados, a prevalência de INSAN esteve presente na metade da população estudada. Observou-se também associação entre a prevalência de INSAN com o menor número de refeições realizadas por dia e menor nível de escolaridade, evidenciando a influência de fatores socioeconômicos na INSAN.

 

 


Keywords


insegurança alimentar e nutricional, saúde pública, crianças e adolescentes.

References


ALMEIDA, J.A., et al. Fatores associados ao risco de insegurança alimentar e nutricional em famílias de assentamentos rurais. Ciência & Saúde Coletiva, Sergipe. v.22. n. 2. p. 479 - 488, 2017.

BARROS, R. P.; HENRIQUES, R.; MENDONÇA, R. Desigualdade e pobreza no Brasil: retrato de uma estabilidade inaceitável. Revista Brasileira de Ciências Sociais.. - VOL. 15, n 42. 2000. Disponível em: . Acesso em 24 Ago. 2020.

BEZERRA, T. A.; OLINDA, R. A. de; PEDRAZA, D. F. Insegurança alimentar no Brasil segundo diferentes cenários sociodemográficos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 22, n. 2, p. 637–651, 2017

BRASIL. Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. O direito humano à alimentação adequada e o sistema nacional de segurança alimentar e nutricional / organizadora, Marília Leão. – Brasília: ABRANDH, 2013. 263 p.: Disponível em: . Acesso em 24 Ago. 2020.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Educação Alimentar e Nutricional uma estratégia para a promoção do Direito Humano à Alimentação Adequada. Brasília, 2014a.

BRASIL. Pesquisa Nacional de Saúde. [S.l: s.n.], 2014b. Disponível em: Acesso em 11 Jun.2018.

BRASIL. Orientações para a coleta e análise de dados antropométricos em serviços de saúde: Norma técnica do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - SISVAN. Brasilia: [s.n.], 2011.

FAO, OPS, W. y U. Panorama de la seguridad alimentaria y nutricional en América Latina y el Caribe 2018. Santiago: FAO, OPS, WFP y UNICEF, 2018, 2018.

IBGE. Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar : 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009: Antropometria e Estado Nutricional de Crianças, Adolescentes e Adultos no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2010.

IPEA. Brasil em desenvolvimento 2013: estado, planejamento e políticas públicas / Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; editores: Rogério Boueri, Marco Aurélio Costa. - Brasília: Ipea, 2013. 3 v. : gráfs., mapas. – (Brasil: o Estado de uma Nação).

KAC, G., SICHIERI, R., GIGANTE, D. (org). Epidemiologia nutricional. Rio de Janeiro: Fiocruz/Atheneu, 2007. v. 24.

LOPES T.S., SICHIERI R., SALLES-COSTA R., VEIGA G.V., PEREIRA R.A. Family Food Insecurity and Nutritional Risk in Adolescents from a Low-Income Area of Rio De Janeiro, Brazil. J Biosoc Sci 2013; 45(05):661-674 Disponível em: < https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23149069>. Acesso em: 15 Ago. 2019.

LOPES, A.S.; PIRES-NETO, C. S. Composição Corporal E Equações Preditivas da Gordura Em Crianças E Jovens. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v. 1, n. 4, p. 38–52, 1996. Disponível em: . Acesso em 29 Abril. 2018.

LOPES, S.; PIRES-NETO, C. S. ANTROPOMETRIA E COMPOSIÇÃO CORPORAL DE CRIANÇAS COM DIFERENTES CARACTERÍSTICAS ÉTNICO-CULTURAIS NO ESTADO DE SANTA CATARINA , BRASIL. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, v. 1, p. 37–52, 1999

MARQUES, P. A. et al. ESTADO NUTRICIONAL DE ESCOLARES PRATICANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA Priscila. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, v. 12, n. 71, p. 288–294, 2018.

NERI, M. C. A Nova Classe Média. Fundação Getúlio Vargas. Rio de Janeiro: [s.n.], 2008

SANTOS, A. M. dos; GROSSI, P. K. Infância comprada: hábitos de consumo na sociedade contemporânea. Revista Textos & Contextos. Porto Alegre v. 6 n. 2 p. 443-454. jul./dez. 2007. Disponível em: . Acesso em 13 Ago. 2019.

SARAIVA, D. A. et al. Características antropométricas e hábitos alimentares de escolares Anthropometric features and food habits of students. Revista Ciência & Saúde, v. 8, n. 2, p. 59–66, 2015

SEGALL-CORRÊA, A. M.; MARIN-LEON, L. A segurança alimentar no Brasil: proposição e usos da escala brasileira de medida da insegurança alimentar (EBIA) de 2003 a 2009. Segurança Alimentar e Nutricional, v. 16, n. 2, p. 1–19, 2009




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-108

Refbacks

  • There are currently no refbacks.