Os efeitos da música como terapia complementar na rotina de crianças sob tratamento oncológico / The effects of music as complementary therapy in the routine of children under oncologic treatment

Lucas Antônio Guimarães, Karine Cristine de Almeida, Natália de Fátima Gonçalves Amâncio

Abstract


Introdução: O tratamento contra as complicações oncológicas, principalmente em crianças, é árduo e desgastante, suscitando então, a necessidade de minimizar os impactos causados por esse tipo de intervenção através, por exemplo, de recursos terapêuticos complementares. Objetivo: O presente estudo objetivou-se em avaliar a influência da musicoterapia como ferramenta auxiliar no tratamento oncológico em nível pediátrico. Materiais e Métodos: Trata-se de uma revisão de literatura acerca dos efeitos da musicoterapia no tratamento oncopediátrico. Utilizou-se a estratégia PICO para a elaboração da pergunta norteadora e o consequente cruzamento dos descritores “Câncer”; “Tratamento Oncológico”, “Crianças”; “Música”; nas bases de dados Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) e Google Scholar. Resultados e Discussão: Os estudos selecionados convergem na ideia de que a musicoterapia pode exercer grandes influências sobre inúmeros aspectos fisiológicos que, em última análise, interferem diretamente no âmbito psicoemocional, proporcionando, na maioria das vezes, ação analgésica, relaxamento muscular, redução da frequência cardíaca,  etc., fatores esses que são positivamente observados quando se visa a diminuição de efeitos negativos advindos dos procedimentos terapêuticos convencionais usados no combate ao câncer. Conclusão: A musicoterapia se mostrou como uma estratégia de cuidado capaz de atender os pacientes em nível multidimensional, atendendo aspectos físicos, psicológicos, sociais e espirituais, além de se mostrar altamente viável financeira e quanto ao quesito adaptação para ser implementada de modo complementar em praticamente todos os tratamentos oncológicos.

 

 


Keywords


musicoterapia; tratamento oncológico; pediatria.

References


BUENO, P. C.; NEVES, E. T.; RIGON, A. G. O manejo da dor em crianças com câncer: contribuições para a enfermagem. Revista Cogitare Enfermagem, Santa Maria, v. 16, n. 2, p. 226-231, abr./jun. 2011.

CARDOSO, E. E.; FERREIRA; E. A. B. F.; SOUZA, G. C. X. S. Humanização da Assistência Hospitalar: a escuta e o olhar musicoterápicos junto a familiares acompanhantes de crianças portadoras de câncer. In: XVIII Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação (ANPPOM), 2008, Salvador. Trabalho aceito pela Comissão Científica do XVIII Congresso da ANPPOM. Salvador, 2008. p. 500-506.

IAMIN, S. R. S.; ZAGONEL, I. P. S. Estratégias de enfrentamento (coping) do adolescente com câncer. Revista Psicologia Argumento, Curitiba, v. 29, n. 67, p. 427-435, out./dez. 2011.

KANDA, M. H.; CONTIM, GONÇALVES, J. R. L.; SANTOS; E. A. dos. A percepção dos familiares cuidadores sobre o tratamento quimioterápico em crianças e adolescentes. Revista Cogitare Enfermagem, Colina, v. 19, n. 1, p. 84-88, jan./mar. 2014.

KARST, L.T. A musicoterapia na assistência domiciliar aos cuidadores da criança em cuidados paliativos oncológicos. 2015. 139 f. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.

MENDES, J. L. V.; SANTOS, N. A. R. dos. Musicoterapia aplicada dentro da oncologia no controle de queixas álgicas: uma revisão integrativa. Revista Educação, Meio Ambiente e Saúde, Manhuaçu, v. 9, n. 2, p. 15-27, abr./jun. 2019.

MOTTA, A. B.; ENUMO, S. R. F. Intervenção psicológica lúdica para o enfrentamento da hospitalização em crianças com câncer. Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa, Vitória, v. 26, n. 3, p. 445-454, jul./set. 2010.

NEMES, M. C.; SOUZA, L. M. F. O. L. Musicoterapia receptiva no tratamento da dor crônica. Revista InCantare, Curitiba, v. 9, n.1, p. 47-66, jan./jun. 2018.

PINTO JUNIOR, F. E. L.; FERRAZ, D. L. M. de.; CUNHA, E. Q. da.; SANTOS, I. R. M. dos.; BATISTA, M. C. da. Influência da música na dor e na ansiedade decorrentes de cirurgia em pacientes com câncer de mama. Revista Brasileira de Cancerologia, Natal, v. 2, n. 58, p. 135-141, 2012.

SCHEIN, C. F.; MARQUES, A. R.; VARGAS, C. L.; KIRSTEN, V. R. Efeitos colaterais da quimioterapia em pacientes oncológicos hospitalizados. Revista Disciplinarum Scientia, Santa Maria, v. 7, n. 1, p. 101-107, 2006.

SILVA, F. O.; SÁ, L. C. de. A emergência das emoções e sentimentos de pacientes adolescentes portadores de câncer, através da canção. In: XVI Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM), 2006, Brasília. Trabalho aceito pela Comissão Científica do XVI Congresso da ANPPOM. Brasília, 2006. p. 598-604.

SILVA, L. A. G. P. da.; BARAN, F. D. P.; MERCÊS, N. N. A. das. A música no cuidado às crianças e adolescentes com câncer: revisão integrativa. Revista do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina: Texto & Contexto Enfermagem, Cascavel, v. 4, n. 25, p. 1-10. 2016.

SILVA, A. C. P. da.; OLIVEIRA, M. L. de.; CARVALHO, L. C.; LIMA, C. C. de. Efeitos da música clássica aplicada em crianças hospitalizadas. Revista Eletrônica Acervo Saúde. Alfenas, v. 48, n. 48, p. 1-9. 2020.

SIQUEIRA, H. B. O. M. de.; SANTOS, M. A. dos.; GOMEZ, R. R. F.; SALTARELI, S.; SOUSA, F. A. E. F. Expressão da dor na criança com câncer: uma compreensão fenomenológica. Revista Estudos de Psicologia, Campinas, v. 4, n. 32, p. 663-674, out./dez. 2015.

SOUZA, J. B. de.; CAMPAGNONI, J. P.; BARBOSA, S. S. P. dos.; SAUER, A. G.; ZENENVICZ, L. T.; BRUM, C. N. de.; MARTINS, E. L.; REINALDO, R. D. Música no hospital: promoção da saúde na oncologia. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, Chapecó, n. 32. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-078

Refbacks

  • There are currently no refbacks.