Manifestações clínicas do Covid-19 na população pediátrica e neonatal / Clinical manifestations of Covid-19 in pediatric and neonatal population

Sersie Lessa Antunes Costa Almeida, Jéssica Chávare, João Carlos Halfeld, Jonathan Fernandes dos Santos Costa, Júlia Fontes Parizzi, Jully Miranda Primavera, Kesley Silveira de Albuquerque, Laura Coelho Pires Rocha, Lays França de Oliveira

Abstract


INTRODUÇÃO: Surgido na China, o vírus Sars-Cov-2 - causador da COVID-19 - logo se espalhou para todos os continentes do mundo, caracterizando uma pandemia. Os dados envolvendo adultos e idosos estão bastante difundidos, entretanto, o envolvimento de crianças e adolescentes, no espectro de manifestações clínicas da COVID-19, ainda carece de discussões, questionamentos e comprovações. METODOLOGIA: Revisão narrativa da literatura sobre as manifestações clínicas do COVID-19 na população pediátrica e neonatal. Nas bases PubMed, ScienceDirect e UptoDate, utilizando os descritores: pediatrics, COVID-19 e neonatal.

RESULTADOS: Ao analisar o perfil do paciente infectado pelo coronavírus, percebe-se que a maioria das crianças apresentam sintomas moderados, com  quadro clínico típico de febre e tosse. Laboratorialmente, o que predomina é a alteração na contagem de leucócitos e marcadores inflamatórios. Na avaliação radiológica, os achados são inespecíficos em relação aos dos adultos, sendo os infiltrados unilaterais/bilaterais os mais comuns, em seguida vem a opacidade em vidro fosco. DISCUSSÃO: Não foi possível encontrar uma evidência concreta igual a dos adultos. Geralmente as crianças se apresentam como assintomáticas e necessitam de um cuidado maior quando apresentam sintomas gastrointestinais.  CONCLUSÃO: Diversas são as teorias existentes para justificar as diferenças clínicas entre adultos e crianças. A transmissão intrauterina e perinatal é rara. Crianças assintomáticas são importantes transmissores para o resto da população. Tal grupo carece de mais estudos.

 

 


Keywords


Pediatria, COVID-19, Neonatal.

References


CHANG, TH; WU JL; CHANG, LY. Clinical characteristics and diagnostic challenges of pediatric COVID-19: A systematic review and meta-analysis. J Formos Med Assoc. v. 119, n. 5, p.982–989, 2020.

DE SOUZA, Tiago H. et al. Clinical manifestations of children with COVID‐19: a systematic review. Pediatric pulmonology, v. 55, n. 8, p. 1892-1899, 2020.

JIANG, Li et al. COVID-19 and multisystem inflammatory syndrome in children and adolescents. The Lancet Infectious Diseases, v. 20, n. 11, p. 276-288, nov. 2020.

LIGUORO, I.et al. SARS-COV-2 infection in children and newborns: a systematic review. European Journal of Pediatrics, v. 179, p. 1029-1046, 2020.

MARTINS, M.M et al . Clinical and laboratory characteristics of SARS-COV-2 infectiob in childreb and adolescents. Rev. paul. pediatr., São Paulo , v. 39, e2020231, 2021.

MEHTA, N. S. et al. SARS-CoV-2 (COVID-19): What do we know about children? A systematic review. Clinical Infectious Diseases, v. 71, n. 9, p. 2469-2479, 2020.

ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DE SAÚDE (OPAS). Folha informativa COVID-19, 2021. Disponível em: . Acesso em: 20/01/2021.

SAMPAIO, C. A. C. et al. Arranjo socioprodutivo de base comunitária: Interconectando o turismo comunitário com redes de Comércio justo. Turismo Visão e Ação, v. 10, n 2. p. 244-262, 2008.

SINGER, P. Introdução à economia solidária. 3ª ed. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2002.

TOUBIANE, J et at. Kawasaki-like multisystem inflammatory syndrome in children during the covid-19 pandemic in Pariz, France: prospective observational study. BMJ. v. 369, 2020.

ZIMMERMANN, Petra; CURTIS, Nigel. COVID-19 in children, pregnancy and neonates: a review of epidemiologic and clinical features. The Pediatric infectious disease journal, v. 39, n. 6, p. 469, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-047

Refbacks

  • There are currently no refbacks.