Avaliação do conhecimento da população residente no município de Pacaraima/RR sobre leishmaniose / Assessment of knowledge of the population living in the municipality of Pacaraima/RR on leishmaniasis

Gisele Fernanda Bacetti, Ana Laura Freitas Alencar, Gabriela Stephanie Urbina Guadarismo, André Buzutti de Siqueira, Heloísa Pinto de Godoy Siqueira

Abstract


A Leishmaniose é uma enfermidade de caráter zoonótico, causada por protozoários do gênero Leishmania, parasita bifásico e intracelular obrigatório das células do sistema fagocítico mononuclear de hospedeiros vertebrados. Existem dois tipos desta enfermidade: a Leishmaniose Visceral e a Tegumentar Americana, as quais tem como forma de transmissão a picada de vetores, da fêmea de mosquitos flebotomíneo infectado. A pesquisa foi realizada no município de Pacaraima/RR por meio do uso de questionários com a população e, quando questionados se já tinham desenvolvido essa doença, 8,37% (15/179) dos entrevistados afirmaram que sim. No entanto, quando perguntados sobre conhecer alguém que já teve essa enfermidade, 77% (138/179) disseram que sim e, além disso, essas pessoas conhecidas apresentaram manifestação cutânea da doença, sendo dados essenciais para verificar a Leishmaniose como uma enfermidade endêmica naquela região. Com isso, se faz necessária a realização de trabalhos que demostrem a real situação deste do município acerca desta Zoonose.


Keywords


Mosquito, vertebrados, zoonose.

References


ALMEIDA, S. C. B. de; et al. Leishmaniose Tegumentar Americana: perfil epidemiológico no município de rio branco - Acre (2007-2015), Revista South American, of Basic Education, Technical and Technological, Vol. 5, n. 1, p. 20-31, 2018.

ALVARENGA, D.G.; et al. Leishmaniose visceral: estudo retrospectivo de fatores associados à letalidade, Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, vol. 43, n.2, p. 194-197, mar-abr, 2010.

BARBOSA, C.C.; OBREGON, M.F.Q. Venezuela Para Além Das Fronteiras: Análise d o Impacto na Crise Venezuelana na População e na Saúde Pública De Roraima, Revista Derecho y Cambio Social, n. 54, set. 2018.

BRASIL, Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Vigilância Agropecuária, animais de estimação, Disponível em: acesso em: 28 out. 2018.

COELHO, H.E.; et al. Ocorrência de Leishmaniose Visceral em um cão em Uberaba, Minas Gerais, Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, ano IX, n. 16, Jan, 2011.

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA VETERINÁRIA, CFMV defende o cumprimento de portaria interministerial que normatiza o tratamento da leishmaniose, disponível em: acesso em: 10 nov. 2018.

IBGE divulga as Estimativas de População dos municípios para 2018. IBGE. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2018.

LOBO, K. dos S.; et al. Conhecimentos de estudantes sobre Leishmaniose Visceral em escolas públicas de Caxias, Maranhão, Brasil, Revista Ciência & Saúde Coletiva, Vol.18, Nº 8, Rio de Janeiro, 2013.

LOLLI, M. C. G. dos S.; et al. Conhecimento e Epidemiologia da Leishmaniose Tegumentar Americana em Mandaguaçu – PR, Revista UNINGÁ, vol. 30, n. 1, 2011.

MONTEIRO, E. M.; et al, Leishmaniose visceral: estudo de flebotomíneos e infecção canina em Montes Claros, Minas Gerais, Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Mar-Abr, 2004.

SILVEIRA, F.T.; et al. Revendo a trajetória da leishmaniose visceral americana na Amazônia, Brasil: de Evandro Chagas aos dias atuais, Revista Pan-Amazônica de Saúde, n.7 esp:15-22, 2016.

SINAN, Leishmaniose Tegumentar Americana - casos confirmados notificados no sistema de informação de agravos de notificação – Roraima Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2018.

VIOL, M. A.; et al. Avaliação do grau de conhecimento sobre leishmaniose e toxoplasmose em moradores do município de Araçatuba, SP, Revista Veterinária e Zootecnia, vol. 21, n.2, p. 306-313, jun 2014.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-001

Refbacks

  • There are currently no refbacks.