A promoção de saúde e seus impactos no envelhecimento ativo sob a ótica da teoria de Nola j. Pender: um relato histórico / Health promotion and its impacts on active aging under the view of Nola j. Pender's theory: a historical report

Daiane de Oliveira Campos da Veiga, Aylla Monteiro Maconato, Richardson Lemos de Oliveira, Michele Cristina de Oliveira, Rebecca Rodrigues de Barros, Silvana Pereira Pinheiro, Thayná Victorio Costa Cavalcanti, Itaécio Felipe Silva

Abstract


Introdução: O Envelhecimento Ativo é o processo da otimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o propósito de aumentar e promover a qualidade de vida do idoso e a elevação da autonomia. O enfermeiro que atua no campo da gerontologia, na equipe multidisciplinar de atenção a saúde do idoso, contribui para estimular e favorecer o autocuidado e bem estar do indivíduo. A utilização da Teoria de Promoção de Saúde de Nola Pender sistematiza a assistência prestada e desenvolve mecanismos facilitadores durante a consulta.  Objetivo: Avaliar a efetividade das ações de promoção à saúde da pessoa idosa implementadas a partir do MPS de Nola Pender. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa, com abordagem qualitativa e cunho descritivo. Os descritores utilizados foram: Promoção da Saúde do Idoso, Enfermagem e Teoria de Enfermagem. Tendo como base de dados BVS, MEDLINE e BDENF. Os critérios de inclusão são publicações completas, escritas em português, inglês e espanhol, com recorte temporal de 6 anos (2010-2016) e em formato de artigo. Já os critérios de exclusão são artigos anteriores a 2010, em outro formato ou duplicados.  Obtendo para analise o total de 289 artigos, porém após os filtros restaram 16. Resultado: A enfermagem utiliza os mecanismos que enfatizam a promoção de saúde e a cultura, traçando assim, estratégias para melhorar a adesão ao cuidado em prol da saúde e qualidade de vida, consequentemente, o profissional reflete sobre sua função diante das metas e, a partir daí, traça planos que visam incentivar o idoso sobre as suas atividades diárias, reduzindo o isolamento e o aparecimento de doenças. Conclusão: A enfermagem identifica os agravantes e implementar métodos que contribuam para solução e prevenção de patologias futuras. A família, parte primordial no envelhecimento ativo, deve ser envolvida no processo de cuidado para a maior efetividade das ações de promoção de saúde auxiliando para que tudo aconteça de modo tranquilo e prazeroso.

 

 


Keywords


Promoção da Saúde do Idoso, Enfermagem, Teoria de Enfermagem

References


ACS, Silva AFL, Caldas CP, Berardinelli LMM, Santana RF. O grupo pesquisador construindo ações de autocuidado para o envelhecimento saudável: pesquisa sociopoética. Santana RF. Esc Anna Nery (impr.) 2011

ALVES, Aila Cristina dos Santos. Sociopoetizando a construção das ações de autocuidado no envelhecimento saudável: uma aplicação da teoria de Nola Pender / The construction of self-care action in the healthful aging: application of the Nola Pender’s theory: sociopoetic study. Rio de Janeiro; s.n; 2010. 162 p. ilus, graf.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e Saúde da pessoa idosa. Brasília: Ministério da Saúde, 2007. p.192 (Cadernos de Atenção Básica Nº 19) (Série A. Norma e Manuais Técnicos). Acessado em: 27/07/17

Brasil. Portaria nº 1.625, de 10 de julho de 2007. Altera as atribuições dos profissionais das Equipes de Saúde da Família (ESF), dispostas na Política Nacional de Atenção Básica. Diário Oficial da União 2007; 11 jul.

Caldas CP, Conceição IRS, José RMC, Silva BMC. Terapia comportamental para incontinência urinária da mulher idosa: uma ação do enfermeiro. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2010 Out-Dez; 19(4): 783-8.

Carvalho HB C. A integração do idoso a pratica de saúde. Rio de janeiro: Guanabara Koogan, 2009.

Conceição, Ivone Renor da Silva. A consulta de enfermagem na adesão ao tratamento de doenças crônicas não transmissíveis em idosos. Rio de Janeiro, 2012. Dissertação (mestrado) - Faculdade de Enfermagem, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 janeiro. 2018.

Convivência da pessoa idosa com diabetes buscando autonomia para o autocuidado: estudo sociopoético / Renata Gomes Machado Guerra- Tese/ 2013. UERJ

COREN. Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro. Código de Ética e Legislação. Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a consulta de enfermagem. COREN, Rio de Janeiro, 2013.

FALLER, Jossiana Wilke; MELO, Willian Augusto de; VERSA, Gelena Lucinéia Gomes Silva and MARCON, Sonia Silva. Qualidade de vida de idosos cadastrados na estratégia saúde da família de Foz do Iguaçu-PR. .Esc. Anna Nery [online]. 2010, vol.14, n.4, pp.803-810.

FONSECA, António. O envelhecimento. Uma abordagem psicológica. [Em linha]. Lisboa: Universidade Católica Editora, 2008.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar Projetos de Pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GONÇALVES, L.H.T; ALVAREZ, A.M; SANTOS, S.M.A. Os cuidadores leigos de pessoa idosa. In: YOU, DUARTE; DIEGO, M.J.D.E (Org). Atendimento domiciliar: Um enfoque gerontologico. São Paulo: Atheneu. 2000.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio: acesso e utilização de serviços de saúde. IBGE: Rio de Janeiro, 1998.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Projeções da população do Brasil por sexo e idade 1980-2050. Rio de Janeiro: IBGE; 2008. Série Estudos e Pesquisas, Informação demográfica e socioeconômica- nº 24 [citado 2009 fev 14]. Disponível em: Acessado em: 05/06/17

Kyriacou C, Vladeck F. A new model of care collaboration for community-dwelling elders: findings and lessons learned from the NORC-Health Care linkage evaluation. International Journal of Integrated Care. 2011;11:e017.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de políticas de saúde, projeto promoção da saúde. As cartas da promoção da saúde. Brasília (DF): MS; 2002.

OLIVEIRA , TAVARES. Atenção ao idoso na estratégia de Saúde da Família: atuação do enfermeiro. Rev. esc. enferm. USP vol.44 no.3 São Paulo Sept. 2010

Organização Mundial da Saúde (Brasil). Organização Pan-americana. Envelhecimento ativo: Uma politica de saúde. OMS: 2005.60 p.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS) - Envelhecimento Ativo: Uma política de Saúde: [Em linha]. Brasília: OMS, 2005.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS). Envelhecimento ativo: um projeto de política de saúde: Madrid: OMS, 2002.

Pender N, Murdaugh C, Parsons MA. Health Promotion in Nursing Practice. New Jersey: Pearson, 2011.

PIMENTEL, J. Um breve panorama da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2013 (com correções divulgadas pelo IBGE). Rio de Janeiro: Portal DSS Brasil; 2014 Set 18. Disponível em: Acessado em: 05/06/17 Enfermagem. Teoria. Promoção da saúde. Autocuidado. Gerontologia.

ROCHA, Renata de Paula Faria. Necessidades de orientação de enfermagem para o autocuidado visando a qualidade de vida de clientes em terapia de hemodiálise / The needs of nursing guidance for the self-care aimed the clients’ quality of life on hemodialysis therapy. Rio de Janeiro; s.n; 2010. 97 p. ilus, tab.

SAMPAIO, VILELAII, SIMÕES. Representações sociais e prática do enfermeiro: limites, avanços e perspectivas. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, 2012.

Santos Silva, Aila Cristina dos, Santos, Iraci dos. Promoção do autocuidado de idosos para o envelhecer saudável: aplicação da teoria de nola pender. Texto & Contexto Enfermagem [en linea] 2010

SANTOS, Silvana Sidney Costa. Concepções teórico-filosóficas sobre envelhecimento, velhice, idoso e enfermagem gerontogeriátrica. Rev. bras. enferm. [online]. 2010, vol.63

Silva, Aila Cristina dos Santos; Santos, Iraci dos; Berardinelli, Lina Márcia Miguéis.

A imagem corporal do idoso no reflexo do autocuidado no envelhecimento saudável: Estudo sociopoético / Body image of the elderly in the reflex of self-care for healthy aging: A social-poetic study. Online Brazilian Journal of Nursing 9(1) · January 2010 with 9

Silva, Aila Cristina dos Santos; Santos, Iraci dos; Berardinelli, Lina Márcia Miguéis. A imagem corporal do idoso no reflexo do autocuidado no envelhecimento saudável: Estudo sociopoético / Body image of the elderly in the reflex of self-care for healthy aging: A social-poetic study. Online braz. j. nurs. (Online); 9(1)abr. 2010.

THUMÉ; FACCHINI; TOMASI; VIEIRA. Assistência domiciliar a idosos: fatores associados, características do acesso e do cuidado. Rev. Saúde Pública vol.44 no.6 São Paulo Dec. 2010 Epub Sep 17, 2010.

TOCANTINS, F.R. O agir do enfermeiro em uma unidade básica de saúde: análise das necessidades e demandas. Tese (Doutorado em Enfermagem). Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: 1993.

VERAS, R. P. LOURENÇO. et al. Novos paradigmas do modelo assistencial no setor saúde: consequências da explosão populacional dos idosos no Brasil. In: VERAS, Renato Peixoto. (Org). Gestão Contemporânea em Saúde: terceira idade. Rio de Janeiro: Relume-Dumará/ UnATI-UERJ, 2002. p. 11-79.

VERAS, R.P.; CALDAS, C.P.; Promovendo a saúde e a cidadania do idoso: o movimento das universidades da terceira idade. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 9, n. 2, June 2004 . Disponível em. acesso em 20 Nov. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232004000200018.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Men, Ageing and Health. Achieving health across the span: [Em linha]. Genebra: WHO, 2001

YAMAMOTO, Cintia Missue Kitano. Promoção da saúde do idoso: revisão de literatura brasileira / Health promotion for the elderly: revision of the Brazilian literature. São Paulo; s.n; 2010. [116] p. tab, graf, ilus.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-256

Refbacks

  • There are currently no refbacks.