Avaliação da qualidade de vida do paciente com doença renal crônica em terapia renal substitutiva / Quality of life assessment in patients with chronic kidney disease undergoing renal replacement therapy

Gabrielli Butyn, Gabriele Mello de Carvalho, Cleiton José Santos de Castro, Giovana Rodrigues da Silva, Guilherme Arcaro, Camila Marinelli Martins, Juliana Regina Dias Mikowski

Abstract


A Doença Renal Crônica (DRC) é um problema de saúde pública que provoca mudanças no cotidiano do paciente e afeta sua Qualidade de vida (QV) de forma direta. Objetivo: Avaliar os efeitos da Doença Renal na QV de pacientes em Terapia Renal Substitutiva (TRS) com Doença Renal Crônica, modalidade hemodiálise (HD). Metodologia: Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, transversal e retrospectivo, realizado na clínica de TRS do Hospital Santa Casa de Misericórdia em Ponta Grossa-PR e envolveu 97 pacientes. O instrumento utilizado para avaliação da QV foi o questionário estruturado KDQOL-SFTM, aplicado no período de 2016 a 2019. Resultados: O impacto maior na QV foi identificado nos escores papel físico (limitação) (49,5±41,6), Dor (45,8±30,8), Fardo da DRC (44,4±29,8), Status de Trabalho (18,9±32,5), Qualidade das Interações sociais (11,8±17,4) e Função cognitiva (6,2±10,8). Conclusão: O presente estudo mostrou quais situações estão mais impactadas na vida diária do paciente em terapia renal substitutiva, onde as complicações presentes nos pacientes mostram-se como obstáculos que necessitam da atenção dos profissionais enfermeiros.


Keywords


Doença Renal Crônica, Hemodiálise, Qualidade de vida.

References


BASTOS, MG, BREGMAN, R, KIRSZTAJN, GM. Doença renal crônica: frequente e grave, mas também prevenível e tratável. Rev Assoc Med Bras 2010; 56(2): 248-53;

BETTONI, L. C.; OTTAVIANI, A. C.; ORLANDI, F. S. Associação entre o autocuidado e a qualidade de vida de pacientes com doença renal crônica. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 19, 28 nov. 2017;

CAVALCANTE, MCV, LAMY, ZC, LAMY FILHO, F, FRANÇA, AKTC, SANTOS, AM, THOMAZ, EBAF, SILVA, AAM, SALGADO FILHO, N. Fatores associados à qualidade de vida em adultos do nordeste brasileiro. J Bras Nefrol 2013;35(2):79-86;

CHILOF CLM, CERQUEIRA ATAR, BALBI AL.Qualidade de vida no tratamento da doença renal crônica: um desafio. Braz. J. Nephrol. (J. Bras. Nefrol.) 2017;

CONTENTE SR et al. Rotina e qualidade de vida de usuários em terapia renal substitutiva. Rev. SPAGESP, Ribeirão Preto, v. 19, n. 2, p. 81-93, 2018;

DUARTE PS, MIYAZAKI, MCOS, CICONELLI, RM, SESSO, R, Tradução e adaptação transcultural do instrumento de avaliação de Qualidade de vida para pacientes renais crônicos (KDQOL-SFTM). Rev Assoc Med Bras 2003; 49(4): 375-81;

DUARTE PS, CICONELL RM, SESSO R. Cultural adaptation and validation of the "Kidney Disease and Quality of Life-Short Form (KDQOL-SF 1.3)" in Brazil. Braz JMed Biol Res 2005;38:261- 70;

ERBS GC, LUZ HA, DEBONI LM et al. A insuficiência renal crônica: A qualidade de vida e as questões de gênero. Fundação pró rim, portal dos psicólogos online, psicologia-pt, 24-04-2011;

GORDIA, A. P. et al. Sociodemographic variables as determinant of the environment domain of quality of life of adolescents. Cien Saude Colet. v. 14, n. 6, p. 2261-2268, 2009;

GRASSELI SMC, CHAVES CLE, SIMÃO TP, BOTELHO PB, SILVA RR. Avaliação da qualidade de vida dos pacientes submetidos à hemodiálise. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica. 2012;10(6):503–7;

LAURENTY, R. A mensuração da qualidade de vida. Rev Assoc Med Bras, 49(4): 349-66,2003;

LOPES JM, MOR FUKUSHIMA RL, INOUYE K, LOST PAVARINI SC, SOUZA FO. Qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes renais crônicos em diálise. 2014;

LÓPEZ-NOVOA, J. M. et al. Etiopathology of chronic tubular, glomerular and renovascular nephropathies: Clinical implications. Journal of Translational Medicine. 2011.

MACEDO TTS, PORTELA PP, PALAMIRA CS, MUSSIL FC. Percepção de pessoas obesas sobre seu corpo. Universidade Federal da Bahia. Salvador - BA, Brasil. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 19(3) Jul-Set 2015;

MALTA DC, BERNAL RT, LIMA MG et al. Doenças Crônicas não transmissíveis e a utilização de serviços de saúde: análise da Pesquisa Nacional de Saúde no Brasil. Rev. Saúde Pública vol.51 (Sup. 1) São Paulo 2017;

MARTINS MRI, CESARINO CB. Qualidade de vida de pessoas com doença renal crônica em tratamento hemodialítico. Rev Latino-am Enfermagem, 2005;

OLIVEIRA APB, SCHIMIDT DB, AMATNEEKS TM, SANTOS JC, CAVALLET LHR, MICHEL RB. Qualidade de vida em hemodiálise e sua relação com mortalidade, hospitalização e má adesão ao tratamento. J. Bras. Nefro 2016;

ONUIGBO, M. A. C. et al. Chronic kidney disease prediction is an inexact science: The concept of “progressors” and “nonprogressors” World Journal of Nephrology. v. 3, n. 3, p.31-49, 2014;

ORLANDI FS, PEPINO BG, PAVARINI SC et al. Avaliação do nível de esperança de vida de idosos renais crônicos em hemodiálise. Ver. Escola de Enfermagem USP, São Paulo, 2012;

RICARDO, A. C. et al. Healthy lifestyle and risk of kidney disease progression, atherosclerotic events, and death in CKD: findings from the Chronic Renal Insufficiency Cohort (CRIC) Study. Am J Kidney Dis. v.65, n. 3, p. 412-24, 2015.

SILVA KAL, CARGNIN MCS, VENTURA J et al. Qualidade de vida de pacientes com insuficiência renal em tratamento hemodialítico. Rev. enferm UFPE online, Recife, 11(Supl. 11):4663-70, nov., 2017;

SILVA MR, MOURA LMS, BARJUD LLE, BATISTA GS, SILVA FILHO ML. Qualidade de vida de pacientes renais crônicos submetidos a hemodiálise: Uma revisão integrativa. Braz. J. Hea. Rev. Curitiba, v. 3, n. 4, p. 9344-9374 jul./aug. 2020.

The WHOQOL Group. The World Health Organization Quality of Life assessment (WHOQOL): position paper from the World Health Organization. Soc Sci Med, v. 41, n. 10,p. 1403-1409, nov. 1995.

VAN MANEN JG, KOREVAAR JC, DEKKER FW, et al. Psychosocial factors and quality of life in Young hemodialysis patients with low comorbidity. J Nephrol, 2003;




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-223

Refbacks

  • There are currently no refbacks.