Hanseníase: uma revisão de literatura / Leprosy: a literature review

Bianca Silva Peres, Amanda Silva Peres, Carolina Silva Peres, Alberto Stoessel Sadalla Peres, Stéfane Mariano Rêgo Crispim, Vítor Bittar Prado, Yury Rhander Ferreira Gonçalves, Pedro Lemgruber Xavier Mattoso Pavie

Abstract


INTRODUÇÃO: A Hanseníase, doença infecciosa crônica granulomatosa, é causada pelo bacilo álcool-acido resistente, Mycobaterium leprae, e afeta a humanidade desde os tempos antigos; porém, seu tratamento só foi descoberto em 1940. Esta doença é conhecida, principalmente, por ser um fardo moral e social, sendo, portanto, muito estigmatizada. OBJETIVO: Este trabalho foi realizado com a finalidade de reunir dados da literatura para tentar elucidar a doença com o intuito de auxiliar na melhor compreensão como um todo da hanseníase. DISCUSSÃO: A hanseníase é uma doença que inflige sumariamente os nervos e a derme, podendo provocar danos severos e irreversíveis.

 


Keywords


“Imunologia da Hanseníase”, “Leprosy Immunology” e “Hansen disease”

References


Bhat RM, Prakash C. Leprosy: An Overview of Pathophysiology. Interdiscip Perspect Infect Dis. 2012: 181089. 2012

World Health Organization. Leprosy Elimination. Leprosy: the Disease.

World Health Organization. Leprosy Elimination. WHO multidrug therapy (MDT).

World Health Organization. Weekly epidemiological Record. No. 35, 2013, 88, 365–380.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Coordenação Geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação. Casos novos de hanseníase por estados e regiões Brasil 2001 a 2012.

Pinheiro OR, Salles JS, Sarno EN e cols. Mycobacterium leprae–host-cell interactions and genetic determinants in leprosy: an overview. Future Microbiol. 2011 February; 6(2): 217–230. 2011.

Walker SL, Lockwood DNJ. The clinical and immunological features of leprosy. British Medical Bulletin. Volume 77-78. Paginas 101-123. 2006.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-201

Refbacks

  • There are currently no refbacks.