Revisão de aplicativos de smartphones não relacionados à saúde para idosos: realidade Brasileira / Review of non-health related smartphone applications for the elderly: Brazilian reality

Luana Gontijo Lino, Gabriela Alves Mendes, Claudio Marcelo Raposo de Almeida, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante Oliveira, Keila Cristianne Trindade da Cruz

Abstract


Com o envelhecimento da população brasileira, algumas peculiaridades merecem ser estudadas, uma delas é a relação dessa população idosa com as tecnologias da informação e comunicação (TICs). Dessa forma, a pesquisa objetivou caracterizar os aplicativos não relacionados à saúde para idosos e analisar o seu conteúdo e layout considerando as especificidades do envelhecimento. Utilizando-se os descritores “idoso”; “idosos”; “idoso(s)”; “envelhecer” e “envelhecimento” nas plataformas Google Play Store e iTunes Apple Store, foram encontrados 1931 aplicativos, sendo que apenas 19 aplicativos se encaixaram nos critérios de inclusão da pesquisa, todos eles do sistema operacional Android. O tamanho dos aplicativos variou de 1,94 MB à 35,89 MB. Quanto ao ano de publicação, variam de 2012 a 2019. Os resultados mostram que 16 aplicativos têm a função principal de alterar o layout para facilitar o uso pela pessoa idosa; um deles tem a função principal de levar informações pertinentes ao idoso; um possui a função de promover o transporte de idosos e/ou pessoas com mobilidade reduzida e um possui a função de relacionamento e namoro entre pessoas idosas. Concluiu-se que há escassez de aplicativos não direcionados à saúde e voltados ao lazer que considerem as especificidades da pessoa idosa.

Keywords


Aplicativos móveis, idoso, envelhecimento, atividade de lazer.

References


ANJOS, Thaiana Pereira dos; GONTIJO, Leila Amaral. Recomendações de usabilidade e acessibilidade para interface de telefone celular visando o público idoso. Production, Volume 25, Número 4, p. 791-811, 2015. Disponível em: Acesso em: 30 ago 2020.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Projeção da População 2018: número de habitantes do país deve parar de crescer em 2047, 2018. Disponível em: . Acesso em: 19 de Março de 2019.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). População do Brasil, 2019. Disponível em:. Acesso em: 19 de Março de 2019.

CONFORTIN, Susana Cararo, Schneider, Ione Jayce Ceola, Antes, Danielle Ledur, et al. Condições de vida e saúde em idosos: resultados do estudo de coorte EpiFloripa Idoso. Epidemiol. Serv Saúde, Brasília, volume 26, número 2, p. 305-317, junho de 2017. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2237-96222017000200305&lng=en&nrm=iso. acesso em 20 de abril de 2019. http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742017000200008.

CURY, Lucilene; CAPOBIANCO, Ligia. Princípios da História das Tecnologias da Informação e Comunicação Grandes Invenções. In: ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA, 8., 2011, Guarapuava-PR. Disponível em: http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/cpedagogica/Capobianco-Princpios_da_Histria_das_Tecnologias_da_Informao_e_Comunicao__Grandes_Histrias_Principles_of_ICT_History.pdf . Acesso em: 10 de março de 2019.

FLORES, Luis. O envelhecimento da população brasileira. Revista Eletrônica do Departamento de Ciências Contábeis n-REDECA, Volume 2, número 1. 2015. Disponível em: < https://revistas.pucsp.br/index.php/redeca/article/view/27901>. Acesso em: 10 out 2017.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Meirelles, Fernando de Souza. In: 31ª Pesquisa Anual do Uso de TI nas Empresas, 2020. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://eaesp.fgv.br/ensinoeconhecimento/centros/cia/pesquisa. Acesso em: 13 jan 2020.

GOLDANI, Ana Maria. Desafios do" preconceito etário" no Brasil. Educação & Sociedade, volume 31, número 111, p. 411-434, 2010.

JUNIOR, Vanderlei de Freitas Nascimento; RUSSO, Thiago Nogueira. A inclusão digital do idoso enquanto garantia fundamental de um envelhecimento digno. In: 1º Simpósio sobre Constitucionalismo, Democracia e Estado de Direito. São Paulo, 2014.

KACHAR, Vitória. Envelhecimento e Perspectivas de inclusão digital. Revista Kairós Gerontologia, volume 13, número 2. INSS 2176-901X, São Paulo, novembro/2010: 131-147.

KACHAR, Vitória. Inclusão Digital e Terceira Idade. In: Novas necessidades de Aprendizagem. Barroso, Á.E.S. (Coordenação geral). São Paulo: Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social/ Fundação Padre Anchieta. p 11-26, 2009.

KRUG, Rodrigo de Rosso; XAVIER, André Junqueira; D’ORSI, Eleonora. Fatores associados à manutenção do uso da internet, estudo longitudinal EpiFloripa Idoso. Rev. Saúde Pública, São Paulo, volume 52, número 37, 2018. Disponível em . Acesso em: 20 abr. 2019. Epub 09-Abr-2018. http://dx.doi.org/10.11606/s1518-8787.2018052000216.

LAROQUE, Mariana Fonseca et al. Sexualidade do idoso: comportamento para a prevenção de DST/AIDS. Revista Gaúcha de Enfermagem, volume 32, número 4, p. 774, 2011. Disponível em: Acesso em: 7 set 2020.

MEDEIROS, Felipe de Luca, Xavier, André Junqueira, Schneider, Ione Jayce Ceola, et al . Inclusão digital e capacidade funcional de idosos residentes em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil (EpiFloripa 2009-2010). Rev. bras. epidemiol., São Paulo , volume 15, número 1, p.106-122,Mar.2012. Disponível em: Acesso em: 21 abr 2019 http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100010.

MOL, Artur Martins; ISHITANI, Lucila. Avaliação de interface de um aplicativo para uso em telefone celular e voltado para a terceira idade. In: Proceedings of the IX Symposium on Human Factors in Computing Systems. 2010. p. 1-10.

OLIVEIRA, Maria Engel de. Orkut: O Impacto da Realidade da Infidelidade Virtual. Rio de Janeiro, 2007. 103 p. Dissertação de Mestrado – Departamento de Psicologia, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

PEREIRA, Antonio Wesley Barbosa et al. A relação da hidroterapia e a fragilidade do idoso: revisão de literatura sistemática. Brazilian Journal of Health Review, volume 3, número 6, p. 17786-17796, 2020.

QUEIROZ, Maria Amélia Crisóstomo et al. Representações sociais da sexualidade entre idosos. Revista brasileira de enfermagem, volume 68, número 4, p. 662-667, 2015. Disponível em: Acesso em: 3 set 2020.

SANTOS, Paloma Ariana; HEIDEMANN, Ivonete Teresinha Schülter Buss; MARÇAL, Cláudia Cossentino Bruck; ARAWAKA-BELAUNDE, Aline Megumi. A percepção do idoso sobre a comunicação no processo de envelhecimento. Audiology-Communication Research, volume 24, 2019. Disponível em:< https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2317-64312019000100312> Acesso em: 9 set 2020.

SCHWAMABACH, Gislene CS; SILVA, Tatiana Dias. Inclusão Digital: interação do idoso com o computador e a internet. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. 2011. Disponível em: Acesso em: 2 set 2020.

SILVA, Rafael Celestino da; FERREIRA, Márcia de Assunção. Construindo o roteiro de entrevista na pesquisa em representações sociais: como, por que, para que. Escola Anna Nery, volume 16, número 3, p. 607-612, 2012. Disponível em: Acesso em: 4 set 2020.

SOUZA, Clarisse Machado de; SILVA, Arnislane Nogueira. Aplicativos para smartphones e sua colaboração na capacidade funcional de idosos. 2016. Disponível em: Acesso em: 3 set 2020.

XAVIER AJ, D’ORSI E, OLIVEIRA CM, ORRELL M, DEMAKAKOS P, BIDDULPH JP, et al. English Longitudinal Study of Aging: can internet/e-mail use reduce cognitive decline? J Gerontol A Biol Sci Med Sci. 2014; volume 69, número 9: 1117-21. doi: 10.1093 / gerona / glu105.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-190

Refbacks

  • There are currently no refbacks.