Perfil nutricional de idosos residentes em regime institucional: um estudo descritivo/ Nutritional profile of elderly residents in institutional regime: a descriptive study

Ariane da Silva, Izabella Chrystina Rocha, Satie Katagiri, Priscilla Nicácio da Silva

Abstract


Objetivo: investigar a situação nutricional de idosos residentes em uma Instituição de Longa Permanência. Método: estudo descritivo, transversal, exploratório, com abordagem quantitativa, que teve como população pessoas com 60 anos ou mais, residentes em uma instituição de longa permanência para idosos do interior de Goiás. Para coleta de dados foi utilizado um formulário de investigação sociodemográfica e o Mini Avaliação Nutricional. Resultados: participaram da pesquisa 24 idosos sendo 83,3% do sexo masculino e 16,7% do sexo feminino. A idade média geral de foi de 80,2 anos. Na avaliação nutricional verificou-se que 41,7% dos participantes apresentaram padrão nutricional normal, 58,4% estavam em risco nutricional e nenhum idoso apresentou desnutrição e obesidade. Conclusão: a prevalência de idosos sob risco nutricional demonstra que a avaliação nutricional é de alta relevância para a vigilância do quadro de saúde do idoso, o que evidencia a necessidade de apoio técnico nutricional e a implantação de protocolos de avaliação e acompanhamento nutricional nessas instituições.


Keywords


Saúde do idoso, Nutrição do idoso, Saúde do idoso institucionalizado.

References


Miranda GMD, Mendes ACG, Silva ALA. O envelhecimento populacional brasileiro: desafios e consequências sociais atuais e futuras. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., Rio de Janeiro, 2016; 19(3):507-519. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1809-98232016019.150140.

Garcia CAMS, Moretto MC, Guariento ME. Associação entre Autopercepção de Saúde, Estado Nutricional e Qualidade de Vida de Idosos. Rev Ciênc Med. 2018;27(1):11-22. Disponível em: http://dx.doi.org/10.24220/23 18-0897v27n1a3959.

Alves MB, Menezes MDR, Felzemburg RDM, Silva VA, Amaral JB. Long-stay institutions for theelderly: physical-structural and organization al aspects. Esc. Anna Nery Rev. Enferm. [Internet]. 2017[cited 2020 Mar 17]; 21 (4): e20160337. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v21n4/1414-8145-ean-2177-9465-EAN-2016-0337.pdf.

Reis CCA, Menezes TMO, Freitas AVS, Pedreira LC, Freitas RA, Pires IB. Being an institutionalized elderly person: meaning of experiences based on Heidegger’s phenomenology. Rev Bras Enferm. 2019;72(6):1632-8. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0763

Pereira DS, Oliveira ACS, Pereira MHQ, Pereira MLAS. Mini Avaliação Nutricional: Utilização e Panorama nos Diferentes Cenários de Atenção ao Idoso. Rev. Saúde.Com 2017; 13(1): 824-832. Disponível em: http://dx.doi.org/10.22481/rsc.v13i1.426.

Galati PC, Vicentini FC, Toledo GCG. Caracterização do Estado Nutricional de Idosos Acamados Atendidos em Unidades de Estratégias de Saúde da Família no Município de Batatais – SP. RASBRAN - Revista da Associação Brasileira de Nutrição. São Paulo, SP, Ano 9, n. 2, p. 111-117, Jul-Dez. 2018. Disponível em: https://www.rasbran.com.br/rasbran/article/view/526.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Protocolos do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN na assistência à saúde. Brasília : Ministério da Saúde, 2008. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/protocolo_sisvan.pdf.

Frisancho AR. Anthropometric Standards for the Assessment of Growth and Nutritional Status. Ann Arbor, Michigan: University of Michigan Press, 1990.

World Health Organization. Physical Status: The use and interpretation of anthropometry. Geneva, 1995.

Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Diretrizes Brasileiras de Obesidade/ABESO - Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica [Internet]. São Paulo; 2016. Disponível em: https://abeso.org.br/wp-content/uploads/2019/12/Diretrizes-Download-Diretrizes-Brasileiras-de-Obesidade2016.pdf.

Menezes CS, Fortes RC. Nutritional Status and Clinical Evolution of the Elderly in Home Enteral Nutritional Therapy: a retrospective cohort study. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2019;27:e3198. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.2837.3198.

Fagundes KVDL, Esteves MR, Ribeiro JHM, Siepierski CT, Silva JV, Mendes MA. Instituições de Longa Permanência como Alternativa no Acolhimento das Pessoas Idosas. Rev. Salud Pública. 19 (2): 210-214, 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.15446/rsap.v19n2.41541.

Duarte LMN.O Processo de Institucionalização do Idoso e as Territorialidades: Espaço como Lugar?. Estud. interdiscipl. envelhec., Porto Alegre, v. 19, n. 1, p. 201-217, 2014. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/RevEnvelhecer/article/view/33754/31010.

Sampaio LS, Carneiro JAO, Coqueiro RS, Fernandes MH. Indicadores Antropométricos como Preditores na Determinação da Fragilidade em Idosos. Ciência & Saúde Coletiva, 22(12):4115-4123, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-812320172212.05522016.

Fernandes ISN, Mezzomo TR. Estado Nutricional de Participantes de um Centro de Atividades para Idosos em Colombo, PR. RASBRAN - Revista da Associação Brasileira de Nutrição. São Paulo, SP, Ano 8, n. 1, p. 46-51, Jan-Jun. 2017 - ISSN 2357-7894. Disponível: https://www.rasbran.com.br/rasbran/article/view/337/157.

Souza R, Fraga JS, Gottschall CBA, Busnello FM, Rabito EI. Avaliação Antropométrica em Idosos: Estimativas de Peso e Altura e Concordância entre Classificações de IMC. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, vol. 16, núm. 1, enero-marzo, 2013, pp. 81- 90. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232013000100009.

Pagotto V, Santos KF, Malaquias SG, Bachion MM, Silveira EA. Calf Circumference: Clinical Validation for Evaluation of Muscle mass in the Elderly. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018;71(2):322-8. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0121.

Silva ALSC, Silva BS, Brandão JM, Barroso SG, Rocha GS. Anthropometric Assessment in Elderly Patients Receiving Nutritional Consultation in a Reference Center in Assistance of Elderly Health at Universidade Federal Fluminense, in Niterói-RJ, Brazil. Demetra; 2015; 10(2); 361-374. Disponível em: https://doi.org/ 10.12957/demetra.2015.15949.

Cavalcante LS, Coutinho PTQ, Burgos MGPA. Aplicabilidade da MAN – Mini Avaliação Nutricional em Idosos diabéticos. Nutr. clín. diet. hosp. 2017; 37(1):67-74. Disponível em: https://doi.org/10.12873/371liliansouza.

Vieira DB, Marinho MS, Reis LA, Nobre TTX, Reis LA. Fatores associados à circunferência abdominal em idosos participantes de grupos de convivência. Saúde (Sta. Maria). 2018; 44(2), 1-8. Disponível em: https://doi.org/ 10.5902/2236583428064.

Silveira EP, Vieira LL, Souza JD. High prevalence of abdominal obesity among the elderly and its association with diabetes, hypertension and respiratory diseases. Ciência & Saúde Coletiva, 23(3):903-912, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232018233.01612016.

Nascimento CM, Ribeiro AQ, Sant’Ana LFR, Oliveira RMS, Franceschini SCC, Priore SE. Estado nutricional e condições de saúde da população idosa brasileira: revisão da literatura. Rev. Assoc. Méd. Minas Gerais. 2011; 21(2):174-80. Disponível em: http://rmmg.org/artigo/detalhes/195.

Lima APM, Gomes KVL, Pereira FGF, Barros LM, Silva MG, Frota NM. Avaliação Nutricional de Idosos Residentes em Instituições de Longa Permanência. Rev baiana enferm. 2017;31(4):e20270. Disponível em: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v31i4.20270.

Damo CC, Doring M, Sant’Anna AL, Portella MR. Risco de desnutrição e os fatores associados em idosos institucionalizados. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., Rio de Janeiro, 2018; 21(6): 735-742. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-22562018021.180152.

Ferreira JDL, Soares MJGO, Lima CLJ, Ferreira TMC, Oliveira PS, Silva MA. Avaliação Nutricional pela Mini Avaliação Nutricional: uma ferramenta para o enfermeiro. Revista Enfermería Global, Nº 51 Julio 2018. Disponível em: Disponível em: http://dx.doi.org/10.6018/eglobal.17.3.290251.

Gomes Júnior FF, Brandão AB, Almeida FJM, Oliveira JGD. Compreensão de Idosos sobre os Benefícios da Atividade Física. R bras ci Saúde 19(3):193-198, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.4034/RBCS.2015.19.03.04.

Silva PN, Gehn LP, Lopes IR, Rocha IC, Katagiri S. Perfil de medicamentos utilizados por idosos institucionalizados da região Médio-Araguaia/Aragarças-GO. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 2, n. 4, p. 2438-2452, jul./aug. 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.34119/bjhrv2n4-017.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-179

Refbacks

  • There are currently no refbacks.